Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Cidade

ACESSIBILIDADE: A A A A

Consultas ao SPC Uberaba crescem 1,26% em dezembro

08/01/2017

Enerson Cleiton

Presidente da CDL Uberaba, Fúlvio Ferreira, divulgou balanço do SPC Uberaba

 

Balanço divulgado neste sábado (7) pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Uberaba) registrou aumento de 1,26% nas consultas ao banco de dados no mês de dezembro de 2016, comparado ao mesmo período do ano anterior. Os dados foram liberados pelo presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Uberaba (CDL Uberaba), Fúlvio Ferreira. “O Natal é a principal data para o comércio varejista e em 2016 verificou-se uma ligeira elevação nas vendas, comparando com o Natal de 2015. O SPC Uberaba é mantido pela parceria CDL Uberaba e a Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Uberaba (Aciu)”, ressaltou.

Fúlvio avalia que o resultado pode ser visto com otimismo. “Podemos considerar esse resultado como animador, diante do quadro econômico e político nacional do ano passado, o que pode aumentar a confiança dos empresários para 2017. Na realidade, na movimentação de vendas natalinas, pôde ser constatado um considerável nível de variação de resultados com base no segmento e nas estratégias utilizadas por cada empresa”, pontuou.

Presidente da CDL Uberaba enalteceu o trabalho realizado pelos lojistas. “A criatividade, promoções, atendimento e opções diversificadas de presentes ajudaram os lojistas a driblar o cenário e fez a diferença em muitos casos. Na véspera de Natal e ao longo de toda semana que antecedeu a data sazonal, foi bom o movimento nas lojas, comprovando as pesquisas anteriores, muita gente deixou para comprar na última hora”, destacou.

Ferreira ainda comenta que por outro lado, o SPC Uberaba apurou que, em dezembro, a quantidade de novos consumidores incluídos como inadimplentes apresentou queda de (-) 6,10%, configurando-se tendência dos consumidores evitarem atraso nos pagamentos de compras anteriores. “Ao mesmo tempo, diminuiu em (-) 3,91% o volume de pessoas que estavam registradas e excluíram seus nomes da lista de inadimplência junto ao serviço. O uberabense é muito bom pagador e tem procurado fazer compras, de acordo com a sua capacidade de endividamento, além de evitar prazo alongado na compra parcelada”, finalizou. (DC)