Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Cidade

ACESSIBILIDADE: A A A A

Hospital de Clínicas da UFTM registra nova doação de múltiplos órgãos

18/05/2017

L.Aldofo/HC/UFTM

Avião da FAB veio a Uberaba buscar o coração captado pela Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes (CIH-DOTT) do HC-UFTM. Órgão foi levado para o ICDF, em Brasília

 

Danilo Cruvinel

 

Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (HC-UFTM), registrou, ontem, nova doação de múltiplos órgãos. Segundo o coordenador da Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes (CIH-DOTT) do HC-UFTM, Ilídio Antunes de Oliveira Júnior, foram captados o coração e dois rins.

“Um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) veio até Uberaba para buscar o coração e levá-lo para o Instituto de Cardiologia do Distrito Federal (ICDF), em Brasília. Já os rins, ficaram no HC-UFTM e serão transplantados até hoje. Um deles vai para um paciente em Uberaba e o outro para um paciente em Uberlândia”, explicou Ilídio Antunes.

Coordenador, Ilídio Antunes prosseguiu: “É preciso enaltecer a parceria com a FAB. A ordem do presidente Temer de que um avião da FAB fique sempre à disposição é muito bem-vinda. Ainda mais quando temos um órgão, como o coração, no qual precisamos ser rápidos, pois temos de 2 a 4 horas para transplantá-lo”, pontuou.

De acordo com Ilídio Antunes, o doador era natural do estado de Alagoas. “O doador foi um paciente de 32 anos, que morava em Iturama-MG, mas era natural do estado de Alagoas. A morte encefálica foi confirmada na terça-feira (16), às 9h50. A família autorizou a doação dos órgãos, o que possibilitou a captação do coração e dos dois rins”, argumentou Ilídio Antunes.

Coordenador do CIH-DOTT do HC-UFTM, Ilídio Antunes ainda concluiu: “Espero que a atitude dessa família motive e conscientize as pessoas para a importância da doação de órgãos e tecidos. É uma atitude que salva vidas. Celebre a vida”, encerrou.

 

Em janeiro

Doação. Em janeiro, foi registrada a primeira captação de múltiplos órgãos do ano, no HC-UFTM. Na ocasião, foram captados o fígado e dois rins, de um doador de 52 anos, oriundo de Araxá, que teve morte encefálica confirmada em decorrência de um acidente vascular cerebral hemorrágico. Segundo a assessoria de comunicação do HC-UFTM, o fígado seguiu para o Hospital Felício Rocho, em Belo Horizonte, onde foi transplantado. Já os rins foram recebidos por dois pacientes renais crônicos que aguardavam na fila para recebimento de órgãos, no HC-UFTM.