Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Esporte

ACESSIBILIDADE: A A A A

Atlético, Cruzeiro e América: realidades distintas no Brasileirão

10/01/2017

Atlético, Cruzeiro e América: realidades distintas no Brasileirão

Faltando sete rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro, os clubes começam a definir suas aspirações na tabela de classificação, e os times mineiros vivem situações diferentes na competição: o Atlético-MG, com 56 pontos, está na briga pelo título e tem vaga praticamente assegurada na Libertadores. Já o Cruzeiro, com 38 pontos, e o América-MG, na lanterna e com apenas 21 pontos, sofrem para fugir das últimas colocações e escapar do risco de rebaixamento.

 

Galo em terceiro lugar e lutando pelo título


Fonte: trivela.uol.com.br

 

Terceiro colocado na competição, o Galo está a oito pontos do líder Palmeiras e continua na briga pelo título. Com três vitórias nos últimos cinco jogos, o Galo ficou mais perto da vice-liderança com a suspensão da partida entre Flamengo e Fluminense: a diferença do Galo para o Fla agora é de apenas 1 ponto. Como vantagem nas próximas rodadas, o Atlético-MG jogará em casa contra os dois adversários diretos na luta pelo título, Flamengo e Palmeiras.

 

O técnico Marcelo Oliveira está confiante: “O espírito do Atlético é acreditar sempre, e vamos lutar muito até o final para tentar encostar novamente. Pode ser que aconteça, tudo é possível no futebol”, afirmou o treinador no site oficial do clube Atlético Mineiro.

 

O  clube possui larga vantagem na disputa pela Libertadores, já que está oito pontos à frente do xará Atlético-PR, que possui 48 pontos e fecha o G-6. Também estão na briga pelas seis vagas: Santos, com 55 pontos, Botafogo (50), Corinthians (48), Grêmio (47), Fluminense (46) e Ponte Preta (45).

Fora de casa, o Galo enfrenta adversários que estão na parte de baixo da tabela: Coritiba, Santa Cruz e Chapecoense.

 

Robinho e Fred no topo da artilharia

Com 51 gols marcados, o diferencial do Atlético está na sua dupla de goleadores: Fred chegou aos 12 gols no campeonato na partida contra o Botafogo e é o artilheiro isolado do Brasileirão. Seu parceiro de ataque, Robinho, vem logo atrás, com 11.

Destaques também do Galo nesta temporada, o argentino Lucas Pratto e o venezuelano Otero foram convocados para a disputa das eliminatórias por suas suas seleções; e Carlos César, que ganhou a vaga de titular na lateral-direita por conta das boas atuações na competição.

Para o jogo contra o Figueirense, no Independência, o Atlético-MG é o grande favorito, segundo os internautas do Betsson: 78,1% apostam na vitória do Galo, e apenas 10.7% acreditam em triunfo do Figueirense na partida.

 

Reforços ajudam, mas Cruzeiro ainda luta contra o rebaixamento


Fonte: JC Notícias

 

Com 38 pontos, o Cruzeiro está em situação delicada na tabela: faltando oito rodadas para o fim da competição, o clube está na 13ª colocação e possui 12.5% de chances de ser rebaixado.

Com os reforços dos atacantes Rafael Sóbis, que veio do Tigres, do México, e do argentino Ramón Ábila, um dos artilheiros do clube na temporada, o Cruzeiro melhorou o desempenho no segundo turno e conseguiu sair da zona do rebaixamento.

Com o empate em zero contra a Chapecoense, no último final de semana, o Cruzeiro completou o quarto jogo sem levar gols, e o técnico Mano Menezes elogiou a qualidade do seu elenco e a campanha da equipe no returno.

“Nós merecemos ganhar. No segundo tempo, embora o jogo tenha se tornado dramático, tivemos o lance da penalidade máxima. Se naquela hora você faz o gol, toda a tensão e a dramaticidade dão lugar a uma lucidez maior”, explicou o treinador.

Na próxima rodada, o Cruzeiro visita o Vitória no Barradão, no domingo, dia 23, às 17h, em confronto direto para fugir das últimas colocações do Brasileirão. Com 35 pontos, o Vitória é o primeiro clube na zona do rebaixamento e pode alcançar o Cruzeiro na pontuação caso vença a partida. As apostas mostram equilíbrio: segundo o site Betsson, 39.2% acreditam em vitória do Cruzeiro, e 38.5% apostam no clube baiano.

Além do Vitória, os cruzeirenses enfrentam dois clubes que lutam contra o rebaixamento, ambos fora de casa: o Sport Recife, na 35ª rodada, e o Internacional, no Beira- Rio, no dia 27 de novembro, em partida válida pela penúltima rodada.

 

América precisa dos três pontos em todos os jogos


Fonte: site oficial do América-MG


União e luta: essas são as palavras de ordem no elenco do América-MG na reta final do campeonato. O clube amarga a lanterna da competição e, para sonhar com a fuga do rebaixamento, a equipe precisa vencer todos os seus jogos e alcançar os 42 pontos na tabela.

Para o meia Tony, o que não falta é empenho para tirar o clube dessa situação.

“A gente tem que ser realista e não pode enganar o torcedor. A situação é difícil. Mas, enquanto houver esperança, vamos lutar. Se tivermos condições de ganhar os sete jogos e escapar, nós vamos lutar. Vou lutar o tempo inteiro pela camisa que eu visto”, explicou Tony em depoimento no site oficial do clube.

O próximo desafio do América-MG será dia 24 de outubro, segunda-feira, contra o Atlético Paranaense, na Arena Independência. Os outros jogos do América na sequência: São Paulo (em casa), Santa Cruz (fora), Flamengo (casa), Grêmio (fora), Sport (casa) e Santos (fora).