Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Geral

ACESSIBILIDADE: A A A A

Vereadores não têm poder para entregar casa popular

11/08/2017

Vereadores pediram para o presidente da Cohagra, Marcos Jammal, procurar saber dentro da entidade quem está orientando os cidadãos inscritos no Programa Minha Casa Minha Vida - MCMV, dando a entender que eles, vereadores, teriam poderes para garantir as suas casas próprias. “Os vereadores hora nenhuma me pediram nada que não pudesse ser feito, a não ser atender a população, o que é minha obrigação. Nem eu, como presidente  da Cohagra, nem o prefeito Paulo Piau e nem os vereadores dão casa para ninguém”, afirma.

O presidente esclareceu que as pessoas que procuram a Cohagra são informadas da sua situação no sistema. Diz que entende o fato de os eleitores irem atrás dos seus parlamentares, porque os elegeram para representá-los no Legislativo, mas isso não interfere no processo. “O vereador irá nos cobrar uma posição, se for procurado por algum cidadão, e nós iremos repassar a mesma situação. Se a pessoa virá a ser sorteada ou não, se trata de outro departamento, porque o sistema é fechado e a companhia não tem controle sobre essa questão”, garante.

A companhia informa que existem 26 mil inscritos e estão sendo construídas 6 mil casas habitacionais, o que comprova que existe um déficit habitacional significativo em Uberaba. “Muitas vezes os vereadores me perguntam como está a situação de alguém e chegamos a informá-los que a inscrição está cancelada, porque não realizaram o recadastramento. Dependendo do caso, os parlamentares pedem para reabrirmos a inscrição para que a pessoa possa ter a possibilidade de conseguir sua casa própria”, conta.

Sem politicagem– Ele lembrou que, no ano passado, realizaram o recadastramento habitacional, posteriormente à eleição, e que nem 15% das pessoas que estavam cadastradas no programa antes de 2012 compareceram à companhia. Nesse momento, foi separado o “joio do trigo”, porque descobriram pessoas de fora que pleiteavam moradias.