Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Política

ACESSIBILIDADE: A A A A

Prefeito recebe grupo de trabalho para tratar do fortalecimento da rede de proteção social

28/12/2016

Divulgação

Profissionais da SGDA e da Roda de Conversa foram recebidos pelo prefeito Paulo Piau no gabinete

 

Luciana Rodrigues

 

O prefeito Paulo Piau recebeu o Grupo de Trabalho (GT) formado por profissionais do Sistema de Garantia de Direitos da Criança e Adolescentes (SGDCA) de Uberaba, no dia 19 de dezembro, no gabinete, no Centro Administrativo da prefeitura. Para encerrar as atividades da Roda de Conversa deste ano, o Grupo de Trabalho entregou uma carta ao prefeito contendo as principais reivindicações dos profissionais para conseguirem garantir o fortalecimento da rede de proteção social no nosso município. Esse grupo de trabalho é composto por profissionais de Assistência Básica e Especializado da Secretaria Municipal de Saúde e da Assistência Social, além de representantes da Promotoria da Infância e Juventude, do Hospital de Clínicas/UFTM e do Instituto Agronelli de Desenvolvimento Social.

No documento entregue ao prefeito o grupo apresenta um breve diagnóstico referente ao atendimento de crianças e adolescentes vítimas de violência sexual e pede a estrutura dos equipamentos sociais e contratação de equipe multiprofissional, visando a efetivar a sistematização do fluxo e fortalecer o atendimento da rede. Especialmente, a demanda encaminhada para o Centro de Referência da Infância e Adolescência. Na reunião, Piau afirmou que apesar das dificuldades econômicas, o município tem como prioridade para 2017 a manutenção dos serviços essenciais e reconhece que a criança e o adolescente precisam de proteção. Para encerrar a discussão, Piau assumiu o compromisso de realizar uma nova agenda com o GT em fevereiro, quando estiver formulada a nova equipe de governo.

A técnica de projetos do Instituto Agronelli e coordenadora do referido GT, Lília Coelho, informou que foram realizadas cerca de dez reuniões durante esse ano, envolvendo diferentes profissionais de diversos segmentos de Uberaba, sendo a pauta de discussão a sistematização do fluxo de atendimento de crianças e adolescentes vítimas de violência sexual. “Estamos envolvidos com essa discussão desde o início do ano. Fizemos vários levantamentos e chegamos à conclusão de que é preciso fortalecer a rede para efetivar o atendimento dessas crianças e adolescentes, cujos direitos estão sendo violados. No ponto que chegamos, não há como recuar, será preciso somar esforços para efetivar esse atendimento”, finaliza Lílian, se mostrando otimista com a devolutiva do prefeito de Uberaba.