Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Política

ACESSIBILIDADE: A A A A

Conferência discutirá políticas públicas melhorias na saúde

19/03/2017

A Prefeitura de Uberaba, por meio da Secretaria Municipal de Uberaba (SMS) e o Conselho Municipal de Saúde realizaram uma assembleia, na terça-feira (21), que darão subsídio para a IX Conferência Municipal de Saúde de Uberaba – cujo tema será “Saúde Pública de Qualidade para cuidar das pessoas – Direito do cidadão uberabense. O foro municipal de debate sobre políticas públicas para saúde do município, aberto a todos os segmentos da sociedade, acontecerá no dia 25 de março (sábado), das 8h às 18h, no anfiteatro da Prefeitura de Uberaba. As pré-conferências acontecerão simultaneamente nos três distritos: Distrito I (Cemea Abadia); Distrito II (sede do SSPMU) e Distrito III (Cemea do Boa Vista)

Segundo a representante da SMS, Elaine Teles, as pré-conferências promoverão a eleição dos delegados, que avaliarão as propostas no dia 25, bem como os participantes terão também um espaço para colocar suas propostas. Ainda no sábado, na nona edição da Conferência Municipal de Saúde de Uberaba, haverá discussões variadas, com a presença do secretário municipal de saúde, Iraci Neto, da presidente do Conselho Municipal de Saúde, Maria José de Oliveira Cunha Freitas e de representantes de entidades classistas, Ongs, usuários do SUS – Sistema Único de Saúde e de todas as pessoas interessadas nas propostas de saúde pública para o município.

A conselheira Maria José destacou que o objetivo dessa iniciativa é para discutir os seguintes temas: apresentação da situação de saúde atual na cidade e da execução das propostas aprovadas na VIII Conferência Municipal de Saúde; apreciar as ações prioritária a serem implementas na rede pública de saúde; e referendar as ações, ainda não executadas, aprovadas na VIII Conferência Municipal para comporem o Plano Municipal de Saúde de Saúde 2018/2021, além de possibilitar a participação dos diversos segmentos da sociedade na gestão do SUS, como prática efetiva da cidadania, participação e inclusão social. “Também serão analisadas as propostas recolhidas no Planeja Uberaba, referentes a saúde”, finaliza. (LR)