Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Política

ACESSIBILIDADE: A A A A

Presidente do PSDB de Uberaba fala sobre a delação contra Aécio Neves

19/05/2017

Enerson Cleiton

O presidente do PSDB de Uberaba, Karim Abud, se posiciona sobre denúncias divulgadas pelo O GLOBO, envolvendo Aécio Neves

 

Luciana Rodrigues

 

O senador Aécio Neves (PSDB/MG), se afastou de sua função, nesta quinta-feira (18), conforme determinou o ministro do Superior Tribunal Federal (STF), Edson Fachin e também anunciou que está deixando também a presidência nacional do partido. Os agentes da Polícia Federal e do Ministério Público Federal deflagram, após a delação e operação Patmos, cumprindo vários mandatos de busca e apreensão em vários patrimônios públicos da família de Aécio, inclusive foram na fazenda e no seu gabinete. Esse trabalho resultou na prisão da sua irmã e assessora parlamentar, Andrea Neves e do seu primo, Frederico Pacheco, entre outros mencionados na delação.

O presidente do PSDB de Uberaba, Karim Abud informou ao JORNAL DE UBERABA que também estava surpreso com as informações que foram divulgadas na mídia, porque não ouviu as delações e que vem acompanhando as notícias. “O senador soltou uma nota dizendo que estava tranquilo. Agora, temos que aguardar às ‘cenas do próximo capitulo’ para saber o que vai acontecer. Eu não vi as gravações, mas não posso duvidar de que houve isso, pelo tanto que esta sendo divulgado pela mídia. ‘Dizem que contra fatos não há argumentos’ e o que eu espero é que ele [Aécio Neves] consiga explicar que não foi isso ou não dessa forma como foi divulgada pela imprensa”, pontua.

O Brasil estava dando sinais que estava conseguindo sair da recessão econômica. Porém, segundo análise do Karim, as denúncias tanto em relação ao presidente da República, Michel Temer (PMDB) quanto ao senador, Aécio Neves (PSDB), novamente, começou a causar estabilidade política no Brasil, e isso já começou a trazer sérias consequências para economia do País. “O PSDB ainda tem detém cacique de maior envergadura, inclusive os melhores ministérios no governo federal”, finaliza.