Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Amigo Animal

ACESSIBILIDADE: A A A A
Marcos Moreno 08/08/2014
Marcos Moreno
kikitomoreno@terra.com.br
Amigo Animal por Marcos Moreno

“Se comparamos o homem e os animais, em relação à inteligência, parece difícil estabelecer a linha de demarcação, porque certos animais têm, nesse terreno, notória superioridade sobre certos homens”- Allan Kardec

Bioética e Bem-Estar Animal


Professor dr. Cláudio Yudi participa de importante congresso em Curitiba

Professor e Médico Veterinário Cláudio Yudi participou do III Congresso Brasileiro de Bioética e Bem-Estar Animal, que foi realizado esta semana em Curitiba, organizado pela Universidade do Paraná. O Evento é internacional e contou em sua 3ª edição com palestrantes de renomes  na área de bem-estar animal, medicina veterinária, zootecnia e  afins. O Congresso teve como um dos temas centrais, o bem- estar animal na cadeia produtiva da carne e leite, bem como as pesquisas científicas que usam animais na experimentação e em cosméticos. A área pet também foi muito destacada no congresso, principalmente com referência ao controle de animais de rua.

O uso de animais em testes de laboratórios, com fins didáticos ou de pesquisa científica, ainda é um assunto controverso no Brasil. Integrante da Comissão de Ética, Bioética e Bem-estar Animal, do CFMV, a médica veterinária e PhD Dra. Carla Molento ressaltou a importância da valorização de alternativas à experimentação animal e de métodos que minimizem experimentos dolorosos.  Há bons exemplos  disto no Brasil.O maior rigor na fiscalização e no controle sobre a experimentação de animais em laboratórios foi uma necessidade apontada pela Dra. Carla.

Cláudio Yudi tem sido destaque na mídia nacional pelos trabalhos realizados em Uberaba e, é ele quem nos trará novidades nos vários temas apresentados e debatidos no Congresso.

***

Flash Pet


 

Ulla literalmente não cai no chão. Quando não está brincando com o Leone, está no colo da avó do garoto, Ilza, que, claro, tem o maior zelo por ela Christiane Ribeiro segura essas meninas super queridas. Elas são “a cara de uma, o focinho de outra”. Chiquinha é matriarca do clã Bella, a beagle da amiga  uberabense Norma Maria Coelho que mora em Santos,  acaba de completar 14 anos. Elas têm muito o que comemorar!!!

***

Saúde Animal

Transtornos psicológicos


Com a “humanização” dos bichinhos, cada vez mais eles sentem os sintomas que antes eram exclusivos do homem, como os 
transtornos psicológicos. Proprietários e mascotes sofrem as conseqüências desses problemas, mas alguns ainda não perceberam que eles normalmente são desencadeados por um comportamento inadequado do próprio dono. Como os pets aprendem por repetição, o humano pode acabar ensinando ou reforçando um comportamento, além de certos medos, com as suas atitudes. Se o filhote se assusta com o barulho de um trovão, por exemplo, e o dono pega o bichinho no colo e treme com ele a cada novo som, a pessoa está reforçando que aquilo é perigoso. Assim como na psicologia humana, o melhor remédio para evitar que a mascote tenha esses sintomas é a prevenção. “O comportamento humano influência no agir dos animais”, alerta Carlos Gomes Ferreira, professor da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Federal de Uberlândia (MG). Ter uma rotina com o pet e lembrar que, apesar de ser considerado parte da família ele é um animal, e tem que cumprir tal hierarquia, pode ser uma boa maneira de prevenir futuros desconfortos.

***

Dicas de Raças

Por que não uma tartaruga?


Muitos amantes dos 
animais  escolhem ter uma tartaruga como animal doméstico.

Sua tartaruga de estimação requer muitas proteínas, minerais e fibras, contidos em rações de tartarugas genéricas, compradas  em mercados. 

Alimentar sua tartaruga com pequenas frutas sortidas, como uvas e cerejas picadas, ajuda a fornecer a ela vitaminas extras, assim como dá um pouco de estímulo intelectual. A estimulação vem de experimentar novas variedades de frutas, que aumentam a saúde mental da sua tartaruga.

Alimente-a com três peixes vivos por semana e deixe-a persegui-los para conseguir sua refeição. Isso evita problemas de peso, que existem para elas também.

Com alto teor de nutrientes importantes para sua tartaruga e um sabor agradável (estímulo intelectual), verduras e vegetais devem ser picados em pedaços do tamanho de uma mordida de sua tartaruga. Você deve dar a ela cerca de uma caneca por semana.

Importante se informar de tudo sempre antes de levar para casa um pet pra chamar de seu.

***

Pet Aventura

O requintado gosto de Mike


“O Mike tem jeitinho de anjinho, né? Mas faz arte também. Uma vez o Edgar estava sentado na copa, lendo jornal, e o viu  passar em direção aos quartos correndo com algo na boca. Quando conseguiu pegá-lo, surpresa: tinha um bife duro, ressecado na boca dele. E não é que ele tirou do lixo!!! Arteiro!!! Uma outra vez ele se enfiou numa sacola que o Edgar tinha trazido de uma viagem a SP e, quando  tirei ele lá de dentro, estava com a cara lambuzada de alixi chileno comprado no Mercadão de SP. KKKK . E dessa iguaria ele gostou muuuuito”. Assim nos conta Sílvia Ferraz Kawano, a tutora de Mike, que tem por ele um luxo danado. E não é pra menos. Ele é lindo, carinhoso e já é o xodó da família há muitos anos. Tantas atividades em torno do cãozinho fazem a família viver uma verdadeira “pet aventura”.