Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Amigo Animal

ACESSIBILIDADE: A A A A
Marcos Moreno 05/09/2014
Marcos Moreno
kikitomoreno@terra.com.br
Amigo Animal por Marcos Moreno

"Um homem é verdadeiramente ético apenas quando obedece sua compulsão para ajudar toda a vida que ele é capaz de assistir, e evita ferir toda a coisa que vive." - Albert Schweitzer

Um olhar mais atento aos animais de transporte

Em Curitiba, um projeto de lei pretende proibir a circulação de veículos que utilizam animais para se movimentar. “O objetivo do projeto é acabar com os maus-tratos que os animais utilizados em veículos de tração sofrem diariamente. Muitos deles são tratados como escravos, sendo mal alimentados e tendo que carregar peso superior à sua capacidade”, afirmou o autor da proposta.

De acordo com o projeto, nenhum tipo de meio de transporte que utilize cavalos, mulas, cabras, carneiros ou bois, poderá transitar em vias públicas, à exceção daqueles utilizados pelo Exército ou pela Polícia Militar

Quanto aos animais, a lei dispõe sobre seu recolhimento pelos órgãos competentes e também sobre os procedimentos a que ele deve ser submetido, como exame clínico realizado por médico veterinário, entre outros.

No nordeste, o jumento, que até há pouco tempo era muito utilizado para transporte, agora está sendo substituído por motocicletas. A questão é que os animais estão sendo ao mesmo tempo, abandonados à própria sorte. Então, o controle da população de jumentos, no caso, também tem que ser estudada. De um modo geral, devemos dar a mesma atenção que damos aos cães, aos cavalos também. Claro que não podemos ter um cavalo em um apartamento ou casa na área urbana, mas é preciso prestarmos mais atenção nas campanhas a favor dos animais domésticos de transporte.

*** 

Menininho é um pônei super querido, de propriedade da família de Marina Junqueira Caetano. Toda criança adora, e a recíproca é verdadeira Barruã é um cavalo já idoso. Muito manso, está na família Caetano desde muito novo E, finalmente esse é Galileu, uma manga larga que ficou órfão aos 15 dias e foi criado na mamadeira, também pela mesma família

***

Dicas de Raça

O cavalo Crioulo


O cavalo crioulo se originou dos animais de sangue Andaluz e Jaca introduzidos no
continente americano pelo aventureiro espanhol Álvar Núñez Cabeza de Vaca nos primeiros anos após o descobrimento.  Mais adiante se inicia no que hoje é o Rio Grande do Sul, criações com os equinos trazidos pelos padres jesuítas Cristóvão de Mendonça e Pedro Romero . Alguns que foram se perdendo da comitiva de Cabeza de Vaca durante as suas campanhas na região passaram a se criar livremente nas planícies do conesul do continente americano, vivendo em estado selvagem por cerca de quatro séculos. Nesse período, as duras condições do clima acabaram criando, através da seleção natural, uma raça extremamente resistente a alta amplitude térmica, quanto à seca e à falta de alimento. Normalmente são criados livres, em grandes pastos, e quando chegam à idade adulta são laçados e domados.

Atualmente, a raça crioula está espalhada por todo o Brasil, mas especialmente no Rio Grande do Sul.

***

Saúde Animal

Examine bem os dentes do seu cavalo

O cavalo é um herbívoro nômade e portanto, tem seus dentes preparados para o pastoreio. Na natureza alimentava-se dos diversos tipos de forragens existentes em seu ambiente, assim causando um desgaste lento e mais homogêneo.

O homem alterou as dietas e padrões alimentares dos cavalos com a domesticação e confinamento, desta forma tornou os eqüinos mais suscetíveis aos problemas que se referem aos dentes e a mordedura.

São necessários exames periódicos que se inicia logo após o nascimento, a fim de identificar uma possível alteração congênita. Esse exame deve ser contínuo e de acordo com cada fase do animal.

Todos os cavalos devem ter seus dentes examinados no mínimo uma vez por ano, mesmo sem apresentar sintomas de problemas .

Cavalos que tem acompanhamento dos seus dentes periodicamente possuem melhor mastigação e digestão, apresentam uma considerável melhora no aproveitamento dos alimentos diminuindo o risco de cólica. Percebesse conforto nas rédeas, regularidades de andamento e manobras.

A odontologia favorece melhoras notáveis nos animais, nos aspectos nutricionais e comportamentais , promovendo uma boa saúde e melhor desempenho dentro de suas atividades eqüestres. Sem contar o aumento da longevidade e vida útil.

Os exames e as correções dos dentes só devem ser feitos por um Médico Veterinário, naturalmente.

 

***