Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Amigo Animal

ACESSIBILIDADE: A A A A
Marcos Moreno 29/05/2015
Marcos Moreno
kikitomoreno@terra.com.br
Amigo Animal

“Todos os mamíferos experimentam ansiedade, medo, raiva, são atingidos pela dor e detestam de maneira semelhante o sofrimento que esta provoca, quer se trate do Homem, do cavalo ou do touro”- autor desconhecido

A praça é de todos!

Há algum tempo, as pessoas que viajavam à Europa, com a capital da Espanha como parte do roteiro, inevitavelmente chegavam de volta contanto como grande vantagem que tinham “assistido” a uma tourada em Madri. Músicas e cartazes faziam propaganda das famosas touradas como um grande e imperdível espetáculo. Felizmente as coisas estão mudando.

O partido político Ahora Madrid se comprometeu a desenvolver uma portaria que faça da capital “uma cidade amiga dos animais”. Isto, naturalmente, vai contra as touradas, os “espetáculos” feitos à custa de sangue e sofrimento dos touros.  Um ponto chave para essa “cidade amiga dos animais” é a eliminação dos subsídios ou auxílios municipais a touradas ou escolas de formação de toureiros.

As famosas “praças de touros” agora serão praças de todos. Não que os touros possam andar livremente no meio do povo, mas livremente onde devem ficar e ser tratados e não mortos para delírio de uma raça que, em tempos ainda bem mais remotos, ia a praças para assistir o assassinato de indivíduos da sua própria espécie. “Roma” mudou. Madri mudará.

Na esfera das competências da Municipalidade e do Conselho Municipal de Saúde de Madri, Ahora Madrid pretende criar um escritório de proteção animal que reordene e faça o acompanhamento das propostas, garantindo os princípios e a atuação contra os maus-tratos a animais, “assim como o respeito, defesa e proteção dos mesmos”.

Uma conquista aqui, outra acolá. Assim vamos tentando deixar para trás o descaso com os animais. Que esse partido político sirva de exemplo para outros em qualquer parte do mundo.

***

Flash Pet

O olhar deles fala. São “resgatados” da má sorte e esperam por alguém que os visitem no Lar do Pulguinha e os adotem com amor.


Essa menina com a carinha tão delicada é a Angelina. Castrada, vermifugada, só esperando para dar alegria em um novo lar.

Esse é o pequeno Polegar. Pequenino, fácil de ser cuidado e também vacinado e vermifugado. Até guarda-roupa de inverno já tem.

E essa belezura é a Fafá, também muito bem cuidada pela Guanaíra Maria. Vale a pena adotar, acredite!

***

Saúde Animal

Eles e nós


Hoje vamos falar do contrário. Da nossa saúde em relação ao contato com certos animais. É claro que ratos e outros animais considerados “pragas”  são transmissores de doenças aos humanos, mas os hamsters, apesar de serem roedores,  não devem ser confundidos com ratos. Como todos os animais domésticos, podem também transmitir zoonoses, ou seja, doenças transmissíveis dos animais ao homem. Contudo, se criados em ambiente limpo, longe de ratos e camundongos, oferecem mínimos riscos à saúde humana. Os hamsters estão se tornando animaizinhos populares entre as crianças e, na verdade, podem ser muito úteis na sensibilização das crianças.

Eles também podem transmitir a Salmonella, assim como aves, jabotis e outros animais domésticos e exóticos. Alguns cuidados devem ser tomados, que incluem a lavagem das mãos com sabão após o manejo dos animais, não levar a mão à boca quando estiver com os hamsters, não beijá-los, evitar comer e beber quando estiver manejando os animaizinhos e manter a gaiola sempre limpa.

Não é necessário vacinar o hamster contra raiva ou qualquer outra doença. No momento não existem vacinas específicas para hamsters no mercado.

***

Dicas de Raça

Não me confunda!


À primeira vista, o Boston Terrier é idêntico ao Buldogue Francês, mas essas duas raças têm muitas diferenças!

Ele foi criado a partir do cruzamento de Bull Terriers, Buldogue Inglês e de uma raça hoje extinta chamada English White Terrier.

Conhecido como o "Cavalheiro Americano", por sua padronagem aparentar ser um smoking, é calmo e amoroso. No entanto, pode ser teimosa, e por isso é recomendado que se faça a socialização do bichinho quando ele ainda for filhote. Essa socialização precoce consiste na exposição a pessoas diferentes, outros pets, sons e experiências. Em geral, ele se dá bem com outros cães e gatos.

Além de serem de fácil adestramento, os Boston Terriers aprendem rápido as lições mais básicas, como o local correto de xixi e fezes. São cães que quase nunca latem, o que os fazem perfeitos para apartamentos.

É um cão alegre e sempre bem disposto, mas não tem tanta necessidade de atividades físicas. Para essa raça, um passeio ao lado do dono, em horários em que a temperatura está amena, é mais que o suficiente. De fácil manutenção, seu pelo curto, macio e fino não costuma acumular sujeira.O Boston Terrier é muito sensível às temperaturas. Não se dá bem nem com o calor extremo nem com o frio excessivo.

***

Pet Aventura

Viagem Inesquecível


Hoje temos o relato de uma viagem inesquecível, verdadeira aventura vivida e contada aqui por Júlia Márcia e Ricardo:

 “Tiramos férias, meu marido e eu. Resolvemos ir para uma praia deserta para descansar. Qual seria nossa companhia ideal? Nossas lindas e amadas cadelas. Levamos ao "pediatra" tomaram os medicamentos para irem para a praia. Compramos coleira com ajuste no cinto de segurança , colocamos no banco traseiro e fomos para Paraty. São duas lindas pastoras, uma belga, Duda e outra canadense, Pipoca. Já sabíamos que seria uma viagem agradável, mas não tínhamos certeza se seria para elas. Fizemos planejamento para parar de duas em duas horas, saímos de madrugada tudo para que tivessem um ambiente agradável . Foi uma viagem maravilhosa. Comportaram como duas ladies. Em Paraty íamos para a praia, elas corriam na areia com uma felicidade pulavam uma na outra, foi muito gostoso. Alugamos uma casa com amplo quintal, não diferente do ambiente delas. Não tomaram nem remédio para enjôo. Ficamos 10 dias. Nos passeios na cidade elas iam na guia, sentavam ao nosso lado tanto nos barzinhos como nos restaurantes. Não incomodaram ninguém, muito pelo contrário eram atração onde parávamos. Na maioria dos barzinhos e restaurantes que fomos eram bem recebidas e bajuladas. Agradeço muito à cidade de Paraty que nos  recebeu muito bem. Foi uma viagem maravilhosa. Na rodovia Dom Pedro, há restaurante que recebe animais com área específica para eles. Em Ubatuba, no caminho para Paraty também encontramos um restaurante muito bom com área reservada para quem viaja com animais. Ficamos tão felizes que já estamos planejando a próxima com nossa Duda e Pipoca.”.