Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Amigo Animal

ACESSIBILIDADE: A A A A
Marcos Moreno 09/10/2015
Marcos Moreno
kikitomoreno@terra.com.br
Amigo Animal

“O homem não sabe mais que os outros animais; sabe menos. Eles sabem o que precisam saber. Nós não.”-Fernando Pessoa

Denuncie já
Centenas de pessoas estão revoltadas com as imagens que circulam na internet de um cavalo sendo maltratado, na Fercal, em Sobradinho, região do Distrito Federal. Um homem aparece no vídeo montando no cavalo e dando duas chicotadas no animal. Depois, o bicho se estressa e o agressor continua batendo no animal. Pessoa que estava próxima ao homem chega a comentar que o animal é manso e apenas está incomodado com o peso em cima dele. Mas, em seguida, um outro homem aparece nas imagens e usa um pedaço de pau para continuar batendo no animal. O vídeo deixa muito claro os maus-tratos e é uma covardia: o animal é pequeno ainda.
Ele foi obrigado a uma doma brutal com dois homens que batem na cara dele o tempo inteiro com pedaços de pau e cordas.Autoridades da região receberam a denúncia e já começaram uma operação para resgatar o animal. Segundo autoridades do Ibram (Instituto Brasileiro de Museus),uma  moradora do local onde o animal foi maltratado, disse que comprou o cavalo para dar de presente ao filho e que o homem que aparece nas imagens teria sido contratado para amansar o bicho.O cavalo não estava na chácara no momento em que as autoridades chegaram, nem tampouco o agressor foi encontrado.
Contudo, ele tem cinco dias para se apresentar, caso contrário, poderá pagar multa de até R$ 30 mil e, se condenado pela justiça, ainda poderá ter que cumprir pena de um ano de prisão.Não existe mais aceitação de que o animal vai aprender apanhando. Pois bem, mas os casos não acabam. Só que por aqui em Uberaba, já ouvi dizer que nada ou pouco é feito em relação às denúncias. Aí fica difícilNa cidaade de Tupã, conheça também por ser a terra natal da atriz Ver Holts, a Policia Militar foi chamada, na semana passada para averiguar o suposto crime de maus-tratos a animais, no conjunto habitacional.
De acordo com as informações uma denúncia
anônima informou os policiais que um homem havia deixado seu cachorro preso na janela da residência sem água e sem comida.Quando chegaram ao local os policiais confirmaram a denúncia e encontraram o cachorro bastante debilitado. Além de permanecer sem água ou comida, o animal estava amarrado de maneira que o impossibilitava até de deitar.Enquanto os policiais registravam a ocorrência o tutor do cachorro chegou no local e alegou que havia amarrado o animal na janela porque havia recebido aplicação de veneno contra pulgas e carrapatos. Mesmo com a justificativa apresentada os policiais elaboraram boletim de ocorrência por maus-tratos aos animais. O tutor do animal poderá responder criminalmente, além de estar sujeito ao pagamento de multa no valor de R$ 3 mil. Portanto, denuncie sim. E a polícia deveria aceitar denúncia anônima sim. Porque às vezes o cidadão comum tem medo de ser “vingado” porque denunciou. Afinal, quem maltrata animais, pode fazer o mesmo com o ser humano.

***

Flash Pet


A Nega foi adotada pela Raquel Sottero. Olha que linda é ela. Dócil, vai no colo.  Ela é muito querida mesmo. E agora tem um lar.

Tobias, da Mariana, é aquele baixinho que todas adoram. E ele é lindo mesmo. Elas têm razão.

Mel é da Lílian. Gosta de fazer uma pode e, claro, que lacinhos que a deixam ainda mais charmosa.

***

Saúde Animal

A cárie, nos animais


Entre os problemas orais que mais acometem os pets está a doença periodontal. Causada pelo acúmulo de tártaro, afeta as gengivas e causa mau hálito. Praticamente todos os cães acima de oito anos de idade sofrem com isso. As pessoas notam a doença apenas quando sentem o mau cheiro na boca, causado pela grande quantidade de tártaro e a gengiva que está sendo destruída. No entanto, o maior perigo da doença periodontal é a migração de micro-organismos para o sangue, que causa sérios danos em rins, fígado, articulações e pode até matar. 

A frequência da limpeza de tártaro depende de cada animal e raça. Alguns precisam fazer anualmente a partir dos três anos de idade, outros a cada três anos. O procedimento começa com anestesia geral, raspagem de todo tártaro e placa bacteriana. Depois é preciso deixar as raízes que ficaram expostas pela doença lisinhas, extrair os dentes comprometidos e fazer polimento.

Higienizar os dentes do animal e fazer a limpeza de tártaro garante que os dentes sejam mantidos durante a vida toda. Perder dentes não é normal, nem em seres humanos, nem em animais, quando ocorre é porque não foram limpos. O que pode ajudar são os biscoitinhos que prometem limpar os dentes, mas o especialista já avisa: “biscoitos ajudam, mas nada é melhor que escovar diariamente”. Claro que não é fácil escovar dentes de cães e gatos. Então é preciso “arrumar” um jeito. Segundo pesquisa, o cães são mais sujeitos à gengivite e os gatos às cáries.

***

Dicas de Raça

Quanto mais trabalho, melhor!


O
 Flat Coated Retriever é uma das 6 raças desenvolvidas com o objetivo de serem auxiliares na prática da caça e sua função básica era recuperar a ave abatida devolvendo-a intacta ao caçador. Apesar de sua função ser clara e bem definida, sua origem é bastante controversa.

O Flat Coated é um cão que será tanto mais feliz quanto mais trabalho puder realizar. O que isso significa? Que é um cão que, apesar de seu porte médio, precisa de espaço e exercícios – físicos e mentais – para ser um cão equilibrado.

É um cão muito versátil e pode desenvolver muitas atividades, quer seja na caça, nas provas de obediência ou simplesmente como cão de companhia. Pode até ser criado em apartamentos, desde que seus donos estejam absolutamente conscientes das necessidades instintivas deste cão.

São cães extremamente apegados aos donos, a quem seguirão como uma sombra, apesar de não serem do tipo que vai implorar carinho e atenção constantemente. Querem apenas estar ‘perto’ dos donos.

Em função de seu amadurecimento tardio, os filhotes são plenos de energia e vontade de descobrir o mundo. Desde muito cedo seus instintos de retriever afloram e fazem com que, na maior parte do tempo, estejam procurando algo para trazerem para seus donos... na boca, claro!

Uma boa recomendação para aproveitar essa energia acumulada é promover treinamentos de obediência desde cedo, ocupando assim o tempo e a mente do filhote em atividades produtivas. Um fator importante no sucesso do treinamento é que ele deve ser feito, principalmente, pelo próprio dono e de preferência ser bastante dinâmico para que o filhote não se entedie e assim deixe de aproveitar as aulas.