Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Amigo Animal

ACESSIBILIDADE: A A A A
Marcos Moreno 22/01/2016
Marcos Moreno
kikitomoreno@terra.com.br
Amigo Animal

“As palavras nos permitiram elevar-nos acima dos animais, mas também é pelas palavras que não raro descemos ao nível de seres demoníacos”-  Aldous Huxley

Safira

Rolando em todos os veículos de comunicação, a história da mãe que jogou o bebê recém-nascido fora, ainda com o cordão umbilical, e o bebê foi salvo por uma cadela. E ainda tem gente que quando quer ofender uma mulher sem caráter e/ou escrúpulos, “xinga” de cadela.  Uma mãe (se é que podemos chamá-la assim) jogou o seu filho recém-nascido fora após o nascimento e um cachorro, identificado como ‘Safira‘, imediatamente o pegou e o levou até uma casa mais próxima, na qual moradores da residência acionaram a polícia. O menino foi levado pelos policiais ao hospital e foi salvo. O ato desumano aconteceu em Caucaia, região metropolitana de Fortaleza (CE). 

Após ser atendido no hospital, o recém-nascido, que aparentava ter 5 dias de vida, foi encaminhado ao Conselho Tutelar de Menores. A polícia informou que vai investigar para tentar identificar algum familiar do menino e, se não conseguir, o recém-nascido vai ser colocado na lista de crianças para adoção. O instinto materno nem sempre está presente onde se espera. Acontece de fêmeas de animais selvagens comerem suas próprias crias, o que é visto como uma aberração.  Agora, uma outra espécie, “conhecida” como irracional, salvar um bebê humano que a própria mãe jogou fora... Esse é o instinto, inspirado naturalmente por Deus. Como esse, estamos sempre nos deparando com exemplos de generosidade, atos heróicos vindo de animais para com o ser humano. Cães, via de regra. Mas também estamos vendo aumentar a crueldade contra eles, os indefesos, os que nos ajudam e nos são fiéis.  Esse menino, que foi salvo pela cadela, deveria crescer sendo grato a Deus e aos cães, e fazer por eles o melhor que puder durante sua vida. Seria a lógica. Como se o ser humano tivesse lógica. Talvez seja o único que não tenha.

***

Flash Pet


 “Olha a Gaia, na janela”!!!...Foto inspiradora dessa menina linda da Sallete Bernardes, grande amigo do Rio de Janeiro. “Ela é carioca...”. Inspiração é o que não falta


Sissi, a “imperatriz” de Cecília Cecílio. É tão linda e chique que foi eternizada pelos pincéis da artista plástica Mariane Niedhart. Ela merece!!!


Pepê ainda está “hospedada” pela Rosana. É alegre, companheira e tem uma história muito comum de abandono entre os “mestiços”. Quem der um lar para essa menina, não vai se arrepender. Contatos pelo telefone 99270-9489

 

***

Saúde Animal

Cuidado com a chuvarada!


Tanto quanto com o calor excessivo, devemos ter cuidado com os cães também na época de muita chuva, como agora. Quando os levamos para passear, os machos  costumam levantar a perna e fazer pipi em caules de arbustos, como é natural da espécie. Ao fazer isto, pode cair águas das folhas das plantas dentro do ouvido do cachorro, provocando a famosa e dolorosa otite. Poucas pessoas pensam nisto, mas acontece.

Alguns animais demonstram atitude agressiva quando você encosta nas suas orelhas e outros deixam de se alimentar devido à dor excessiva. 

Uma orelha saudável possui pouca cera e tem uma cor rosada, com pele fina, além de não ter odor. Quando o cachorro está com otite, a orelha acumula cera e sujeiras em quantidade maior, fica avermelhada e mais espessa com mau cheiro e secreções amareladas ou marrons.

Água no ouvido é uma das principais causas da otite.

Vento em excesso nas orelhas dos animais também são causas comuns. Se for fazer um passeio de carro, deixe a janela um pouco fechada para evitar que o cachorro fique exposto ao vento direto nos ouvidos. 

O tratamento pode ser feito com o uso de pomadas e cremes, aplicados no ouvido e/ou por meio de medicamentos administrados por via oral. Quando o caso está mais grave, a realização de uma lavagem otológica sob sedação, pelo médico veterinário, pode ser a melhor solução para eliminar as bactérias que estão causando a doença. Em casos crônicos, a intervenção cirúrgica é a solução, pois neste caso, o tímpano do cão já pode estar comprometido, e somente a cirurgia pode impedir que o pet fique surdo.

Se não tratada a tempo ou se o tratamento for realizado de maneira incorreta, a otite em cachorros leva o animal à surdez. Jamais use medicamentos por conta própria e saiba que uso inadequado dos mesmos pode acabar piorando o quadro da doença. Procure sempre um veterinário aos primeiros indícios da inflamação. 

***

Pet Aventura

Salvos do gás tóxico


Esta semana morreu a primeira pessoa no litoral de São Paulo, vítima do vazamento de gás que teve na região. O ano começou com mais este terrível acidente no Brasil. E mais uma vez temos a notícia, felizmente, de algum herói que lembrou dos animais.

Um guarda portuário de Guarujá, no litoral de São Paulo, conseguiu salvar a vida de vários cães que atuam para a corporação após o vazamento de gás que começou nesta quinta-feira (14) na área da empresa Localfrio, no Terminal 1 do Porto de Santos, que fica no Distrito de Vicente de Carvalho.

Eduardo Soares de Souza trabalha com os animais no canil da Guarda Portuária há cerca de oito anos e correu para o local onde eles ficam, assim que soube do incidente.

“Me deparei com aquela fumaça toda e todo mundo já tinha evacuado o terminal. Acabei entrando no meio da fumaça, porque pensei que não era justo os cães trabalharem toda uma vida ajudando a população e morrerem presos e em agonia como estavam”, afirma.

Os animais estavam passando mal por causa da fumaça emitida do local do vazamento e Eduardo começou a retirá-los do canil um por um.

“Por um instinto e sem me dar conta do perigo que corri, eu consegui resgatá-los. Coloquei cada um deles na nossa viatura e de imediato fui até o Hospital Veterinário de Vicente de Carvalho, onde eles foram prontamente atendidos”, diz.

Todos os cães foram submetidos a tratamento.

Alguns deles precisaram receber soro e já apresentam melhoras no estado de saúde desde que chegaram à unidade. “Graças a Deus hoje eles estão melhor”, comemora.

Esta é mais uma aventura com final feliz. Graças a Deus, assim como no acidente de Mariana, neste que aconteceu na região portuária de Santos, alguém também lembrou das preciosas vidas dos cães.