Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Amigo Animal

ACESSIBILIDADE: A A A A
Marcos Moreno 19/08/2016
Marcos Moreno
kikitomoreno@terra.com.br
Amigo Animal

"Olhe no fundo dos olhos de um animal e, por um momento, troque de lugar com ele. A vida dele se tornará tão preciosa quanto a sua e você se tornará tão vulnerável quanto ele. Agora sorria, se você acredita que todos os animais merecem nosso respeito e nossa proteção, pois em determinado ponto eles são nós e nós somos eles." -Philip Ochoa


Uma boa soneca

A cama é um dos principais fatores que ajudam ou dificultam o nosso descanso, além do nosso humor e da nossa personalidade. Para o seu animal de estimação, também é importante ter um lugar confortável para dormir. Agora, é possível que você tenha escolhido um lugar e preparado uma cama para o seu cão, mas ele nunca vai até lá. Sabe por quê?

É hora de aprender como fazer a cama ideal para o seu animal. Um lugar onde ele possa descansar e onde não tenha frio no inverno e nem calor no verão. Tanto o ambiente quanto a cama em si são importantes para que o cão fique confortável.
Existem diversos fatores que você deve considerar antes de escolher a melhor cama para o seu peludo. Deve ser uma cama redonda ou um colchão? Grossa ou fina? É melhor apenas um cobertor? Grande ou pequeno? Veja o que você deve saber para fazer a escolha certa.

Se o seu cão é um filhote ainda, talvez você esteja pensando em comprar uma cama grande, que também lhe sirva quando ele crescer. Esse é um grande erro. Os cachorros gostam de se sentir cercados, protegidos e seguros, e isso não será possível se na cama de seu animal cabem 7 ou 8 como ele. Você deve escolher para seu bicho uma cama que seja adequada ao tamanho dele, mesmo que isso signifique mais gastos no futuro.
Se o seu cachorro é grande, você deve escolher uma cama adequada ao tamanho dele, mas não muito grande. Ele deve ser capaz de se deitar enrolado, sentindo-se como se a cama o estivesse abraçando.
Há cães que dormem enrolados, outros esticados e alguns nem de um jeito e nem de outro. Observar a posição em que seu bichinho de estimação dorme é essencial na hora de escolher um lugar para ele dormir, já que, de acordo com a posição, ele necessitará de mais ou menos espaço.
Se ele dorme enrolado, escolha uma cama redonda. Você pode descobrir o tamanho exato de que precisa medindo desde a ponta da cauda do animal até o pescoço, assim saberá a largura ideal para a cama de seu cão.
Se o seu animal dorme esticado, meça da cabeça até as patas traseiras e escolha um colchão que não deixe sobrar nada do corpo dele. Essa será a cama ideal para o seu cachorro.
Se o seu animal de estimação é medroso, talvez ele precise de um lugar onde consiga se sentir totalmente protegido, especialmente durante o sono, que é quando se sentem mais indefesos. Para ele, escolha uma cama em forma de iglu, onde o animalzinho poderá entrar e se sentir completamente seguro. Até onde sabemos, só são produzidos modelos como esse para cães pequenos.
O lugar onde você coloca a cama do cão é extremamente importante. Como escolher sem errar? Muito simples: observe seu animal. Está comprovado que os cães têm a capacidade de reconhecer, através de sua temperatura corporal, quais são os lugares mais quentes ou frios.
Por essa razão, eles escolhem o lugar mais quente no inverno e o mais frio no verão. Fique atento a isso e coloque a cama para seu animal no lugar que ele mesmo tenha escolhido.
Pode ser que o seu bichinho de estimação não goste de se sentir sozinho e busque um lugar em seu quarto ou perto de você para se sentir acompanhado e protegido… se assim for e você estiver de acordo com que ele durma perto de você, coloque sua caminha em seu quarto.
Não importa a cama escolhida, certifique-se de que não seja muito dura e que o animal sinta-se confortável nela e poderá descansar bem. Para sua conveniência, verifique se a cama é fácil de lavar e faça isso pelo menos uma vez por semana ou, no máximo, a cada quinze dias, para que seu amigo de quatro patas tenha um lugar sempre limpo para descansar. Tente fazer com que isso coincida com o banho de seu cachorro, assim ambos estarão limpos ao mesmo tempo.
Assim como acontece conosco, o humor dos cães também é influenciado por uma noite de sono ruim, podendo causar apatia, aborrecimento e até mal humor.
Tamanhos e forma variadas de camas, próprias para cada tamanho de cachorro, e todas de qualidade, você pode encontrar na 3P, claro.

***

Pet Flash

Precisamos de um lar. Um lugar para dormirmos tranqüilos. Precisamos de amor. Em torça, damos a nossa fidelidade, a nossa gratidão, nosso carinho e nossa companhia sempre. Nosso amor é incondicional. Não sabemos trair, só sabemos amar. Quem puder  e quiser desfrutar da nossa amizade, entre em contato com o colunista ou com a ONG Santo Focinho. Obrigado.

  

***

Saúde Animal


Uma cadela de 
Santos, no litoral de São Paulo, passou por cirurgia inédita para receber uma prótese dentária impressa em 3D. A técnica é nova e foi um grande desafio para todos que participaram do procedimento cirúrgico.

O dente incisivo, o menor da boca do animal, estava quebrado e provocava muita dor na cadela e, por isso, foi substituído por uma prótese de metal cromo e cobalto. O processo cirúrgico aconteceu no Centro Veterinário da Unimonte. Já a impressão da prótese foi feita no Centro de Tecnologia da Informação (CTI) Renato Archer, em Campinas.

De acordo com a dona do animal, Jeanne Montenegro, a recuperação da Hanna (nome da cadela) está sendo rápida e tranqüila. "Ela está super bem e se alimentando normalmente. Está super satisfeita", conta.

O responsável pelo design da prótese, Cícero Moraes, afirmou que ela foi feita a partir do dente ‘irmão gêmeo’, para que tivesse o tamanho correto. “Neste caso, acredito que o desafio estava no fato de ser uma prótese muito pequena. Resolvemos o problema da precisão e, agora, estamos trabalhando para melhorar ainda mais a fixação”, afirma.

O designer afirmou ainda que a prótese mostrou novos desafios e, apesar do implante ter sido um sucesso, a equipe pensa sempre em evoluir cada vez mais no trabalho com próteses em 3D. Neste caso, a prótese da cadela tem apenas 6,5 milímetros de altura e a cirurgia durou cerca de uma hora.

Já o especialista em odontologia forense Paulo Miamoto, contou ao G1 que tudo deve ser feito com muito cuidado e é importante prestar atenção nos sinais que o animal mostrar. “Se algo estiver incomodando, ele não vai avisar, por isso é necessário atenção. Usamos um material inédito. já tínhamos feito outras próteses impressas em 3D, mas nunca com esse material. É algo novo”, afirma.

De acordo com o médico veterinário Sérgio Camargo, por ser uma prótese muito pequena, existe uma delicadeza e um grande cuidado. “Como era a primeira vez que fazíamos algo parecido, não dava para saber como animal reagiria e, por isso, foi um grande desafio. Mas essa técnica é viável para outros casos, em outros animais”, conta.

Outro médico veterinário que participou da cirurgia foi Rodrigo Rabello, que afirmou ao G1que foi um grande desafio pensar na fixação. “Queríamos pensar em uma forma para que a cadela continuasse a viver normalmente. Nós monitoramos o pós-cirurgico e a adaptação foi quase imediata”, disse.

O grupo já desenvolveu outras próteses impressas em 3D, como a da Gansa Vitória. O ‘Animal Avengers’ é formado por um cirurgião dentista, um designer e quatro médicos veterinários.

***

Pet Aventura

Heróis para adoção?


Phelps, Bolt, Guga, Daiane dos Santos, Serena Williams e Diego Hypólito estão à procura de um dono. Os “atletas” são, na verdade, cachorros resgatados em áreas no entorno da Olimpíada e que agora estão disponíveis para a adoção.

  “A maioria veio de obras das instalações olímpicas. Alguns também foram resgatados durante as competições de rua na Floresta da Tijuca ou no Alto da Boa Vista, por exemplo. São animais que não tinham dono e que estavam perambulando, magros, machucados”, diz Rosângela Ribeiro, da ONG World Animal Protection.

A organização assinou uma parceria com o comitê olímpico em abril deste ano para ajudar a cuidar da questão.

  “Eles estavam preocupados com as interferências dos animais nas provas e também com os danos que as provas pudessem ocasionar neles”, explica.

Além de nomes de atletas, alguns animais foram batizados com nomes de deuses do Olimpo – caso dos cães Zeus, Hércules, Apolo e Athena.

Até a última sexta-feira (12), haviam sido resgatados 20 cachorros, além de 40 gatos que vivem no entorno do Maracanã. Alguns - entre eles a cachorrinha Marta - foram adotados em uma feira organizada no último fim de semana, mas há muitos ainda à procura de um lar.

Os animais receberam tratamento médico e foram castrados. Os candidatos à adoção passam por uma entrevista.

Serviço muito interessante que não faltou na organização do evento.