Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Bastidores

ACESSIBILIDADE: A A A A
Bastidores 18/02/2017
Bastidores
Bastidores
Bastidores

Paulo Nogueira

 

GESTANTES DO BOLSA FAMÍLIA VÃO RECEBER REPELENTES

Um ano após a epidemia de zika e o crescimento expressivo dos casos de microcefalia em recém-nascido relacionada ao vírus, além de o temor de um novo surto das outras doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, como a dengue e a febre chikungunya, o governo federal decidiu distribuir repelentes para gestantes, beneficiárias do Bolsa Família, em todo o Brasil. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, a partir de março, mais de 484 mil gestantes do programa receberam os repelentes. Ao todo, serão distribuídos 15,9 milhões de frascos. Serão sete lotes, sendo que o último será distribuído em dezembro. “Na primeira etapa, serão entregues quase 1 milhão de unidades. As prefeituras ficarão responsáveis por escolher a melhor forma de distribuição, ou no Cras (Centro de Referência de Assistência Social) ou na unidade de saúde”, diz nota divulgada pelo ministério.Em 2015 e 2016, foram notificados 10,2 mil casos de crianças nascidas com alterações no crescimento e desenvolvimento relacionados à infecção pelo vírus zika, no Brasil, sendo 2,2 mil confirmados. Neste período, foram concedidos 1,9 mil BPC (Benefícios de Prestação Continuada) para pessoas com microcefalia.

 EM GOIÁS: DETENTO MANDA CONSTRUIR MOTEL DENTRO DE PENITENCIÁRIA

Um detento mandou construir 112 quitinetes dentro da Penitenciária Odenir Guimarães, no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, na capital de Goiás, gastando aproximadamente R$ 200 mil na obra. A construção, segundo o jornal, O Dia, foi iniciada no fim de 2015 e estava quase terminada. Porém, o “motel” foi descoberto quando estava em fase final de acabamento. O “dono do empreendimento”, o traficante preso Thiago César de Souza, de 32 anos, esperava arrecadar R$ 120 mil por mês com o “aluguel” das quitinetes íntimas. A obra em si, na verdade custou R$ 120 mil, mas o traficante teve que gastar mais R$ 70, com o pagamento de propina ao diretor do presídio, na época que a construção começou, Marcos Vinícius Alves. Ele está afastado desde o fim do ano passado. Foi a Superintendência de Administração Penitenciária que descobriu o motel, ordenando em seguida a sua destruição, como também informando a imprensa.

PESQUISA APONTA: 75% DOS BRASILEIROS DEFENDEM REGRAS IGUAIS PARA APOSENTADOS PRIVADOS, SERVIDORES PÚBLICOS E MILITARES

Reforma da Previdência não acaba com diferenças em regras e valores de benefícios.    A grande maioria dos brasileiros, 75%, defendem regras iguais de aposentadoria para trabalhadores da iniciativa privada e autônomos, servidores públicos e militares, de acordo com pesquisa de opinião feita pelo Instituto Paraná Pesquisas, divulgada ontem. Já 18,4% dos entrevistados acham que algumas categorias devem ter regras diferentes. 6% não sabem ou não responderam. O levantamento foi realizado por meio de entrevistas pessoais com 2.020 pessoas maiores de 16 anos em 146 municípios de 26 Estados e Distrito Federal entre os dias 12 e 15 de fevereiro de 2017. O grau de confiança é de 95% e a margem de erro de 3,5 pontos percentuais para a Região Sudeste, 4,5 pontos para o Nordeste e 6 pontos percentuais para as regiões Norte, Centro-Oeste e Sul. No Brasil, as regras de aposentadoria entre servidores públicos, militares e trabalhadores da iniciativa privada e autônomos são bem diferentes, tanto em relação às contribuições quanto em relação aos benefícios (benefícios dos militares e servidores públicos são cerca de sete vezes maiores do que da iniciativa privada).

FEBRE AMARELA: MINISTÉRIO DA SAÚDE LIBEROU ONTEM MAIS DE 13 MILHÕES PARA VACINAÇÃO

O Ministério da Saúde liberou o repasse de R$ 13.830.085,91 para serem usados na intensificação da vacinação contra febre amarela pelos municípios afetados pela doença em cinco estados: Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. A medida, que já tinha sido anunciada pelo Ministério da Saúde no início do mês, foi publicada, ontem (17/02), no Diário Oficial da União. Segundo a pasta, o recurso foi definido a partir da estimativa da população a ser vacinada em cada um dos 256 municípios. O esquema de vacinação da febre amarela no Brasil é composto de duas doses.

PROVA DO ENEM EM UM SÓ DIA PODE ECONOMIZAR R$ 646 MIL, COM SABATISTAS

Terminou às 23h59 de ontem, o prazo para responder as perguntas da consulta pública sobre as mudanças no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Com a consulta, no ar desde o dia 18 de janeiro, o Ministério da Educação quer referendar a possibilidade de aplicar o exame em apenas um dia, no domingo, e não mais em dois. Caso isso ocorra, o governo vai atender a uma antiga reclamação dos sabatistas, candidatos que por questão religiosa só podem estudar ou trabalhar no sábado após o sol se pôr. Todos os anos eles entram para as provas às 13h (pelo horário de Brasília) junto com os demais candidatos, e ficam isolados em uma sala para começar o exame somente às 19h. No Acre, por conta do fuso horário, o tempo de espera chega a 9h. Segundo o Inep, responsável pela aplicação do exame, cada candidato sabatista custa para o governo R$ 16,39 a mais do que os demais participantes, por conta das despesas extras de ter de aplicar o exame no período noturno. Como o custo médio de cada participante é R$ 68,71, o sabatista gera uma despesa de R$ 85,10 para o MEC. Se a regra estivesse vigorando no ano passado, o governo teria economizado cerca de R$ 646 mil com os 76 mil sabatistas que fizeram as provas. No total, o exame de 2016, foi o mais caro da história com custo de R$ 788 milhões, e arrecadação foi de R$ 136 milhões, com inscrições. O governo anunciou que o edital do Enem 2017, com as possíveis mudanças, será divulgado no mês de março.