Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Bastidores

ACESSIBILIDADE: A A A A
Bastidores 18/02/2014
Bastidores
Bastidores
Bastidores

Nipo-brasileiro

Em atividade desde 1946 e considerado o mais tradicional veículo de comunicação dirigido à comunidade nipo-brasileira, o jornal São Paulo Shimbun publicou, com destaque, notícia de que o grupo Toyo-Setal, joint venture entre a brasileira SOG Óleo e Gás e a japonesa Toyo Engineering Corporation, será responsável pela construção da Unidade de Fertilizantes Nitrogenados-V (a planta de amônia) da Petrobras em Uberaba.

 

O gasoduto

O texto do jornal nipo-brasileiro também informa que o duto que vai transportar  a matéria-prima essencial para a produção do fertilizante - o gás natural, sairá de Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, até Uberaba, conforme anúncio feito pelo governador do Estado de Minas Gerais, Antonio Anastasia (PSDB). “A previsão é que as obras do gasoduto sejam concluídas em maio de 2016 ao custo estimado de R$ 1,8 bilhão” revela.

 

Curiosidade

histórica

Coincidentemente, a primeira página da primeira edição do Jornal São Paulo Shimbun – veiculada dia 12 de outubro de 1946, traz, em destaque, matéria com fortes relações com Uberaba. Em entrevista, o criador Netto de Campos conta detalhes da sua viagem para o México, quando transportava mais de 300 reprodutores de zebu, e acabou barrado por causa de problemas sanitários.

 

Ligações

Em entrevista à colunista, o historiador Sylvio Netto Lorenzi – de Catalão, GO, e responsável pelo blog nossocatalao.blogspot.com, revela que seu avô João Netto de Campos morava em Uberaba, onde fazia a maior parte de suas negociações, e antes de levar o zebu para o México. E foi um uberabense – Mário de Almeida Franco, segundo Lorenzi, quem tomou providências para liberar seu avô e o zebu presos num navio.

 

O objetivo

Leitor de Bastidores – também jornalista, manda e-mail concordando com nota publicada na última edição da coluna sobre a criação de um troféu para homenagear os profissionais da imprensa que se destacaram durante o ano. Não tenho nada contra homenagear jornalistas, se esta ideia não desse pano pra manga toda vez que acontece em Uberaba. O colega jornalista acha que tenho razão, e faz uma sugestão muito das boas.

 

O troféu

Também penso como ele: que a criação do Troféu Jornalista Ataliba Guaritá Neto é uma ótima ideia, já que o Netinho – como era conhecido, merece todas as homenagens. A sugestão, entretanto, é que o troféu seja criado para homenagear uberabenses que se destacam em outras paragens. Ele lembra a célebre frase – “Uberaba está em todas”, que mostrava o quanto Netinho se sentia orgulhoso do sucesso dos conterrâneos lá fora.

 

Mata a cobra...

O jornalista não apenas deu a sugestão para o objetivo do Troféu Ataliba Guaritá, como até já palpita sobre o primeiro homenageado: Maurício Ferreira, presidente da Vale. “É só passar os olhos pelos investimentos anunciados pela Vale para colocá-lo na cabeça da lista” – diz o colega, cujo nome está sendo “omitido” a pedido dele mesmo.

 

Pedido de apoio

A recém-eleita Comissão Permanente de Assistência ao Servidor tem encontro marcado com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Uberaba – SSPMU.  Seus integrantes, os vereadores Marcelo Machado Borges (DEM) - presidente, Ismar Vicente (PSB) - relator, Edmilson de Paula (PRTB) – vogal, e João Gilberto Ripposati (PSDB) – suplente, vão receber dos sindicalistas, as pautas de reivindicações de 2014, tanto dos servidores da Prefeitura quanto da Câmara.

 

Reflexos

Tudo indica que a audiência com a comitiva de lideranças de Uberaba – a perder de vista, concedida por ele na semana passada, mexeu com as estruturas do governador Antonio Anastasia. Ontem, ao lado do secretário de Estado de Defesa Social, Rômulo Ferraz, do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Márcio Martins Sant'Ana, e do chefe da Polícia Civil, Cylton Brandão, o governador anunciou uma série de medidas – a maioria delas, reivindicada pelos uberabenses.

 

Em resumo

Anúncios: aumento do número de policiais militares e civis para ampliar a prevenção, repressão e elucidação de crimes; utilização de recursos tecnológicos e estruturação de funções, permitindo mais rapidez e eficiência no atendimento de ocorrências e facilitando o registro de crimes; novas viaturas e novas unidades do Programa Fica Vivo! em todo o Estado.

 

Para Minas

Ontem mesmo – segundo ele, 1.300 servidores civis aprovados em concurso da Polícia Militar seriam convocados e têm até 30 dias para serem empossados. Estes profissionais vão atuar na área administrativa, liberando um número equivalente de PMs, que hoje fazem esse tipo de serviço, para o policiamento ostensivo nas ruas. Todo o Estado será contemplado.

 

Para Minas 2

E ainda: Outros 2.100 novos soldados já estão em formação na Academia de Polícia e vão para as ruas nos próximos meses. E haverá concurso público com 1.000 vagas para o cargo de investigador (Polícia Civil); 121 médicos legistas e 95 peritos criminais tomarão posse