Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Bastidores

ACESSIBILIDADE: A A A A
Bastidores 29/03/2013
Bastidores
Bastidores
Revelações

Não dá pra negar: mais interessante do que o resultado das votações de projetos na Câmara de Vereadores (a casa legislativa que está sempre em contato com o povão), é a quantidade das revelações que surgem durante os debates. Ao longo das discussões em torno do projeto (que foi aprovado), regulamentando a cobrança de couvert artístico, revelou-se que os donos de estabelecimentos que utilizam deste recurso, simplesmente não repassam o dinheiro para os artistas. O cúmulo do absurdo!

Próximos capítulos
E a presença do gerente-Geral da Caixa Econômica Federal, Airton Sergio de Assis, em sessão plenária da Câmara, esta semana, não acaba com o movimento pela apuração de denúncias de distribuição e utilização criminosas das unidades do "Minha Casa Minha Vida". Aliás, o gerente revelou que a Caixa não tem nada a ver com os nomes dos beneficiados. Segundo ele, quem indica, no caso de Uberaba, é a Companhia Habitacional do Vale do Rio Grande - Cohagra. "A Caixa não muda nem a ordem da lista" - afirmou.

Vox populi
Por sinal, vem aí, uma audiência pública pra que a comunidade debata o assunto. Encontro, ainda sem data marcada, foi solicitado pelo presidente das comissões permanentes de Participação Popular; de Infraestrutura, e de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, vereador João Gilberto Ripposati (PSDB). Outros dois vereadores também estão de olho nesta história de casas vazias, alugadas ou à venda: Ismar Vicente (PSB) e Marcelo Machado Borges (DEM). 

Questão de vida (Parte 1)
Audiência pública solicitada pelo vice-líder do prefeito na Câmara, vereador Samuel Pereira (PR), para discutir e levantar alternativas em defesa dos animais, merece aplausos. E, sem dúvida, faz coro com o pedido de socorro de uberabenses comprometidos com a causa. É preciso dar um basta aos maus-tratos e lembrar aos "agressores" que tem gente de olho.

Assunto nacional
Aliás, a preocupação de lideranças uberabenses com a proteção dos animais não é assunto isolado. Deputado Beto Albuquerque (PSB/RS), por exemplo, acaba de protocolar na Câmara Federal projeto de lei que agrava a pena para quem maltratar animais. A proposta prevê detenção de um a três anos, e mais multa, para quem praticar abandono, agressão física, envenenar, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos. 

Assinaturas aos montes
Petição protocolada pelo cirurgião-dentista aposentado e empresário rural Pedro de Oliveira no site da poderosa Avaaz em defesa do baru já tinha 123 assinaturas ontem. Nascido em Campina Verde - pontal do Triângulo, e morador de Uberaba, ele pretende enviar a petição ao Senado e à Câmara dos Deputados, reivindicando que a baruseira seja considerada patrimônio ecológico no Código Florestal. O sonho é conquistar pelo menos 200 assinaturas. Pra assinar a petição do triangulino basta acessar o link: http://www.avaaz.org/po/petition/Codigo_Florestal_ Preservacao_do_Baruseiro_ Baru/?launch.

Risco de extinção
Fonte de renda para muitas pequenas comunidades - além de alimento para animais silvestres e seres humanos, a amênoa - ou baru, é uma conhecida espécie que está correndo risco de extinção. É encontrada no cerrado, com destaque no pontal do Triângulo Mineiro e em outros Estados. Sua região natural de ocorrência estende-se pelo Planalto Central, desde o norte de Minas Gerais, passando por Goiás e Mato Grosso, chegando à costa atlântica do Maranhão. 

Questão de vida (Parte 2)
E voltando à Câmara dos Deputados, também não é assunto isolado a preocupação de lideranças uberabenses com a segurança dos frequentadores de casas de eventos. Projeto de lei do deputado César Halum (PSD/TO) - já em tramitação, estabelece normas gerais de segurança em casas de espetáculo e ambientes semelhantes, como boates, teatros e demais locais fechados de concentrem público.

Os critérios...
Pela proposta, a autorização para o funcionamento desses estabelecimentos só será concedida se forem cumpridas todas as medidas de segurança estipuladas pela lei, além das previstas pelo Corpo de Bombeiros. As medidas de segurança previstas são: sistema de alarme sonoro para alerta de incêndios; extintores adequados; saídas de emergência de fácil acesso, com sinalização visual nas paredes e no piso; sistema contínuo de gravação de imagens; e desfibriladores portáteis para os estabelecimentos que comportem mais de mil pessoas.

...e as penalidades 
De acordo com o projeto, os proprietários e os responsáveis pelo estabelecimento, além de sanções administrativas, responderão civil e criminalmente pelos eventuais danos pessoais e materiais sofridos por clientes, empregados e convidados no local. O estabelecimento que não estiver adequado às regras será interditado até que adote as medidas de segurança. O projeto será analisado, de forma conclusiva - sem necessidade de ir a plenário, pelas comissões de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio; Desenvolvimento Urbano; e Constituição e Justiça e de Cidadania.


MUNDO ANIMAL - A pedido da Secretaria de Meio Ambiente, o governo municipal abre licitação/pregão eletrônico para comprar alimentos para os habitantes do Zoológico de Uberaba, incluindo, claro, as suçuaranas Lucrécia (toda exibida para a foto de Enerson Cleiton) e Lola (a tímida). Licitação estima um valor de R$ 95 mil para 12 meses, e vai acontecer dia 12 de abril, às 13h. Edital completo já pode ser adquirido na prefeitura