Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Bastidores

ACESSIBILIDADE: A A A A
Bastidores 02/04/2013
Bastidores
Bastidores
Ato falho

Líder do prefeito Paulo Piau (PMDB) na Câmara - o também peemedebista Tony Carlos se entusiasmou tanto, em plenário, ontem, que chamou o ex-colega e agora subsecretário de Esporte e Lazer, Itamar Ribeiro (DEM), de "Itamar Franco". O ex-vereador não conseguiu esconder a emoção com tantos elogios, inclusive com a "comparação involuntária" com o ex-governador e ex-presidente da República morto aos 81 anos em julho de 2011. 

Troféu
Aliás, a sessão de ontem bateu recorde em elogios. O titular da Secretaria de Esporte e Lazer, Alan Carlos, e o sub Itamar Ribeiro receberam tantos adjetivos elogiosos enquanto acompanhavam a reunião, que dificilmente serão vencidos por algum outro visitante. Na oportunidade, era votado o projeto do Executivo, firmando convênio para implementar o projeto Segundo Tempo, do Ministério do Esporte. 

Fôlego
PDT de Uberaba amanheceu nesta segunda-feira com seu comando reconduzido. A direção estadual prorrogou por três meses - até junho de 2013, o mandato do vereador Luiz Dutra na presidência da legenda. Seguem com ele, Luiz Humberto Borges (vice); Thiago Silva (tesoureiro); Rodolfo Cecílio (secretário-geral), e Marlene de Arruda (2ª secretária). O PDT estava sem comando desde 8 de março, quando terminou a vigência anterior da executiva municipal provisória.

Boa notícia
De acordo com as estatísticas da Câmara dos Deputados, os dois representantes de Uberaba têm 100% de frequência nas reuniões das comissões permanentes para as quais eles foram indicados por seus respectivos partidos nesta gestão de 2013. Aelton Freitas (PR) é titular na Comissão de Finanças e Tributação e suplente em Viação e Transportes. Marcos Montes (PSD) é titular de Minas e Energia e suplente em Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural.

Agitos partidários
Em meio às intensas articulações relacionadas ao processo eleitoral de 2014, dois partidos políticos envolvidos com o assunto até à raiz dos cabelos, apostam em comandos passageiros e interinos em Uberaba, enquanto se reestruturam nos bastidores. Nesta segunda-feira, 1º de abril, o PSDB do senador e pré-candidato a presidente da República, Aécio Neves, e do governador Antonio Anastasia amanheceu no vermelho. Esta é a cor usada pelo Tribunal Superior Eleitoral - TSE, para indicar que a legenda está sem comando.

Desestruturando...
Desde 2005 comandado por diretório eleito em convenção de filiados, o PSDB/Uberaba deve investir numa comissão executiva provisória - possivelmente com a recondução do ex-presidente Luiz Cláudio Campos, cujo mandato se encerrou dia 31 de março, domingo. A diferença é que o engenheiro, analista político e estatístico de instituto de pesquisa deixa um cargo eleito em convenção para ocupar o mesmo cargo através de nomeação por parte do comando estadual/MG do PSDB.

...pra reestruturar
Luiz Cláudio admite que, por enquanto, o PSDB não vai convocar convenção para eleger novo diretório. Diz que - se não houver alguma mudança de rumo, a prioridade agora é reestruturar a legenda em Uberaba, o que deve ocorrer através de um amplo recadastramento. "Vamos renovar e fortalecer o PSDB para entrarmos de cabeça na eleição de Aécio Neves em 2014" - diz ele, sem fazer segredo. A convenção para eleger novo diretório seria assunto pra depois ...ou pra muito depois, dependendo dos resultados do recadastramento.

O pivô (?)
O ex-presidente do ex-diretório e agora provável futuro presidente da futura executiva provisória não confirma nem sob tortura, mas, dizem as más línguas que um nome ronda toda esta articulação no PSDB: do médico, ex-deputado estadual, ex-candidato a prefeito em 2012 e atual secretário de Saúde, Fahim Sawan. Ele se desfiliou após o 1º turno, parte para apoiar o então candidato (e depois vitorioso) Paulo Piau, do PMDB, e parte porque se desentendeu com Luiz Cláudio, até então, seu principal aliado político.

Imagem e semelhança (Parte I)
O diretório - cuja vigência terminou no domingo de Páscoa, era recheado de "fahinenses", e uma convenção, agora, elegeria um novo diretório com a mesma tendência. Resta saber até que ponto as principais lideranças tucanas, em Minas Gerais, querem preservar a turma de Fahim Sawan no comando do PSDB/Uberaba. Afinal, ele bateu de frente com Aécio, Anastasia e tudo quanto era liderança tucana no Estado, para manter a candidatura a prefeito.

Imagem e semelhança (Parte II)
E dentro de seis dias acaba a vigência do atual comando do PMDB do prefeito Paulo Piau e do vice-presidente da República, Michel Temer, que deve manter a aliança com o PT para reeleger Dilma Rousseff em 2014. É a primeira vez, em muitos anos, que o PMDB/Uberaba fica sob o comando de uma comissão provisória. Os peemedebistas vitoriosos das eleições de 2012 optaram por uma direção transitória e passageira, para reorganizarem a legenda, já que o último diretório estava nas mãos da ala derrotada. Ou seja, nas mãos do ex-prefeito Anderson Adauto e seus aliados.

Premonição
Levando em conta que o PMDB não convocou convenção, é de se concluir que a legenda continuará sob comando provisório, nomeado pela direção estadual. Tudo aponta para a prorrogação da atual comissão, presidida por Eduardo Palmério - ex-presidente do ex-diretório. Só falta, agora, o PT de Dilma Rousseff também se reorganizar pra eventual guerra que vem por aí, entre Aécio e Dilma.


TRIO PARADA DURA - Eles estão se preparando para a briga de 2014