Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Bastidores

ACESSIBILIDADE: A A A A
Bastidores 13/07/2014
Bastidores
Bastidores
Bastidores

JESUS TOMA CONTA! – Sai eleição, entra eleição, e os políticos continuam escolhendo suas piores fotos para encaminharem à Justiça Eleitoral junto com o pedido de registro (Fotos: DivulgaCand2014 do Tribunal Superior Eleitoral)

Haja neurônios!
Aliados e amigos do ex-prefeito Anderson Adauto (PRB) – também apanhados de surpresa com o pedido de registro de sua mulher, Angela Mairink (PRB), andam que nem barata tonta, evitando conversar sobre o assunto. É que, em vez dele, quem pediu licença pra se candidatar a deputada federal foi ela... E agora, em vez dela, quem está fazendo campanha é ele...

Pra piorar...
A situação fica ainda mais complicada quando entra em pauta o pedido de registro de Luciene Fachinelli (PSL) para candidatar-se a deputada estadual. “E agora?” – questionou um amigo de AA, em conversa com a colunista de Bastidores. Acontece que a candidatura de Luciene está diretamente ligada a uma dobradinha com Adauto, e agora não se sabe se ela fará dobradinha com a Angela Mairink...

Desorientações
Se a Justiça liberar o registro de Adauto, ele assume a candidatura – é o que ele próprio está  dizendo. E se a Justiça não liberar? “Quando ele fala com a gente, todo mundo acena a cabeça no sentido de que entendeu, mas, no fundo, no fundo, está todo mundo avoando” – choraminga o aliado.

Acéfalo
Alias, o PSL de Luciene Fachinelli continua sem comando em Uberaba. Definido, confirmado, assegurado como “futuro presidente”, o vereador Kaká Carneiro virou ex-futuro presidente quando assumiu a vice-liderança do prefeito Paulo Piau (PMDB) na Câmara. Deixou a vice-liderança, mas, segundo consta, uma coisa não tem nada a ver com a outra. 

Cama e ovo
A campanha anda tão quente e fervente que derrubou o deputado federal Marcos Montes (PSD)...Calma, gente! Pegou uma gripe de arregaçar, e já que é médico se receitou muito ovo e cama para este domingo. Campanha hoje, só em casa e de leve...
Será que aguenta?!

Mui amigo...
Enquanto isso, o prefeito Paulo Piau assume a liderança de um combate que tem do outro lado nada menos do que o “aliado” deputado estadual Adelmo Leão (PT) – que este ano disputa o cargo de deputado federal. Em pauta, o gasoduto e a planta de amônia de Uberaba. Adelmo, que foi candidato a prefeito em 2012, está contra o projeto que permitiria a consolidação do gasoduto, e, em consequência, a consolidação da planta de amônia – que precisa do gás natural para funcionar.

A origem
Proposta de Emenda à Constituição – PEC 68/14, encabeçada pelo deputado estadual Sebastião Costa (PPS) e com assinaturas de outros 32 deputados, abre a possibilidade de venda do controle acionário de empresas estatais não controladas diretamente pelo Estado sem autorização da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Uma dessas empresas é a Companhia de Gás - Gasmig, subsidiária da Companhia Energética – Cemig, que cuida da distribuição de gás natural, e portanto, é responsável pela construção do gasoduto.

E precisa ser 
Nostradamus?
Já prevendo que seria apontado como líder de um movimento contra o gasoduto de Uberaba, Adelmo tratou de se defender (?): “Antes que digam o contrário, faço questão de deixar claro que somos a favor da construção do gasoduto, um projeto de altíssimo valor econômico, que trará grandes benefícios para a população, mas não podemos aceitar passivamente a entrega do nosso patrimônio e renunciar à nossa soberania”. 

Perguntar não ofende...
Se Adelmo Leão tivesse vencido a eleição de prefeito em 2012, qual seria sua posição em relação ao assunto? Trabalharia contra Uberaba?

Justiça...
E justiça seja feita: o deputado estadual Tony Carlos (PMDB) defende a PEC, alegando ser urgente a construção do gasoduto e a implantação da fábrica de amônia em Uberaba. Ele argumenta que o Brasil importa, hoje, principalmente da Venezuela e do Oriente Médio, 83% da amônia de que necessita para a produção de fertilizantes. 

...seja feita
Tony Carlos também apontou o perigo da circulação diária de 120 caminhões transportadores de amônia entre o porto de Santos (SP) e o Triângulo Mineiro. Segundo ele, a construção do gasoduto reduzirá esse risco, ao permitir a produção de amônia pela Petrobras em Minas Gerais.

ESTOU PENSANDO... no quanto é boa a libertação! Esta semana me livrei de todo e qualquer preconceito que eu tinha em relação à Alemanha - pela histórica perseguição aos judeus. Estou apaixonada pelo país - através da sua seleção. A simpatia, o carinho, o respeito com que os jogadores trataram o Brasil e os brasileiros me emocionaram. Sem entrar no mérito dos motivos, o “golpe” fatal no meu coração foi a doação de 10 mil euros para a aldeia Pataxó. (Foto: Schweinsteiger se empolgou em meio a dança com os índios/ Reprodução/Facebook/DFB-Team)