Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Bastidores

ACESSIBILIDADE: A A A A
Bastidores 27/07/2014
Bastidores
Bastidores
Bastidores

PIMENTINHA  –  Candidato a governador pelo movimento Todos Por Minas, Pimenta da Veiga, recepciona o deputado federal Marcos Montes bem ao estilo “graças a Deus que você chegou!” A caminhada acontecia em cidade do Triângulo Mineiro

Tempo e hora
Um dos primeiros candidatos com registro deferido pelo Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais, o deputado federal majoritário de Uberaba está com olhos e ouvidos voltados para sua campanha à reeleição. Marcos Montes tem dito e repetido que “2016 a Deus pertence” para lembrar que, em 2014, não é candidato a prefeito, mas, sim, a um novo mandato na Câmara dos Deputados.

Mira certa...
Aliás, em recente reunião de trabalho com sua equipe, MM foi tachativo ao dizer que, apesar de estarem em caminhões opostos, ele não é inimigo do prefeito Paulo Piau (PMDB). “Somos adversários civilizados e não vamos cair nas tentativas de nos jogarem um contra o outro” – afirmou. Vale lembrar, inclusive, que MM e PP têm até um adversário em comum – o ex-prefeito Anderson Adauto (PRB).

Pra você...
ou pra todos?
Presidente do PMDB/Uberaba, deputado estadual candidato à reeleição, Tony Carlos, deve estar achando que o nome escolhido para a coligação à qual ele pertence não ficou bom o suficiente... Em release sobre o lançamento da coligação em Uberaba, ocorrida ontem, Tony disse e repetiu o nome “Minas Para Todos”. Na verdade, a coligação que tem Fernando Pimentel de candidato a governador, e o próprio Tony, é a Minas Pra Você. 

E na internet...
Em tempos de divulgação de candidaturas, o Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais tem alertado sobre o que pode e o que não pode na propaganda. Sobre a internet, vale lembrar que nem tudo é livre, leve e solto. Por exemplo, a divulgação pode ser feita em sites de partidos e candidatos, “desde que comunicados à Justiça Eleitoral e hospedados em provedores estabelecidos no Brasil”. 

Em rede...
Também é permitida a veiculação de propaganda eleitoral por meio de blogs, sites de relacionamento (Facebook, Twitter etc) e sites de mensagens instantâneas. Atenção! Não pode, de jeito nenhum, qualquer tipo de propaganda eleitoral paga na internet. Nem propaganda em sites de pessoas jurídicas, com ou sem fins lucrativos, e em sites oficiais ou hospedados por órgãos ou entidades da administração pública. 

...e por e-mails
As propagandas eleitorais veiculadas por e-mail são permitidas. O único senão neste caso é que elas contenham mecanismo que possibilite ao destinatário solicitar seu descadastramento. 

Reprodução
Também é permitida a reprodução do jornal impresso na internet, desde que seja feita no sítio do próprio jornal, respeitado integralmente o formato e o conteúdo da versão impressa. Vale lembrar que o jornal impresso pode publicar propaganda paga e até se manifestar a favor de um ou outro candidato. 

Para todos
E este ano o Tribunal Superior Eleitoral não deixou margem para polêmicas em torno dos cavaletes de rua: pode, e pronto, sem discussão. Cavaletes, bonecos, cartazes e bandeiras móveis podem ser colocados ao longo das vias públicas, desde que não dificultem o bom andamento do trânsito de pessoas e veículos. Atenção! Devem ser colocados e retirados diariamente, entre 6h e 22h.

De olho
E já tem gente extrapolando por aí! A propaganda eleitoral está proibidíssima nos bens cujo uso dependa de cessão ou permissão do poder público, ou que a ele pertençam, e nos de uso comum, inclusive postes de iluminação pública e sinalização de tráfego, viadutos, passarelas, pontes, paradas de ônibus e outros equipamentos urbanos, nas árvores e nos jardins localizados em áreas públicas, bem como em muros, cercas e tapumes divisórios, mesmo que não lhes cause dano. 

Bem comum
E pra ninguém dizer que não sabia o que é “bem de uso comum”, a Justiça Eleitoral de Minas Gerais está explicando bem explicadinho em seus materiais sobre propaganda... Bens de uso comum, para fins eleitorais, são aqueles a que a população em geral tem acesso, tais como cinemas, clubes, lojas, centros comerciais, templos, ginásios, estádios, ainda que de propriedade privada.

LIDERANÇA  –  Prefeito Paulo Piau tem seguido à risca e exigido de seus assessores, o cumprimento da legislação eleitoral... Mas, também tem seguido à risca seu compromisso com a base aliada. Ontem, por exemplo, participou ativamente do lançamento da coligação Minas Pra Você (PT/Pros/PMDB/PRB), em Uberaba