Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Bastidores

ACESSIBILIDADE: A A A A
Bastidores 14/08/2014
Bastidores
Bastidores
Bastidores

O QUE ROLOU NA REDE – Como era de se esperar, a quarta-feira, 13 de agosto, no Facebook, foi quase toda ela dedicada à morte de Eduardo Campos. Murais do deputado federal Marcos Montes (PSD), por exemplo, mostraram declaração dele manifestando tristeza. “A política brasileira perde uma liderança da mais alta qualidade, um idealista, um homem que sonhava com um Brasil melhor”, afirmou MM. As fotos mostram Marcos Montes, junto com o deputado estadual Antonio Lerin, do PSB de Eduardo Campos, recepcionando o presidenciável nas suas duas visitas a Uberaba: no 2º turno das eleições municipais de 2012, com outro presidenciável, Aécio Neves (PSDB); e na ExpoZebu 2014, ao lado dos vereadores da cidade de Conquista, Reginaldo Rodrigues e Bráulio Queiroga.

Lamento
O prefeito Paulo Piau (PMDB) também usou seus murais para manifestar solidariedade. “Em nome da minha família, do meu governo e em meu nome, lamento profundamente a morte do ex-governador de Pernambuco e candidato a presidente da República, Eduardo Campos. A política brasileira, sem dúvida, fica mais pobre” – disse ele.

Orientações...
Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais – TRE/MG, tratou de prestar as devidas orientações através de sua página virtual. Postou vídeo com declaração da assessora técnica da Secretaria Judiciária, Annelise Duarte, explicando que a coligação Unidos Pelo Brasil (PSB/PHS/PRP/PPS/PPL/PSL) tem dez dias para tomar uma decisão. 

...sobre substituição
De acordo com a assessora do TRE/MG, a coligação pode desistir da campanha ou indicar um substituto. Se optar por alguém fora da chapa, deve pedir registro para a pessoa escolhida, mas, se optar pela candidata a vice, Marina Silva (PSB), ela tem que renunciar à disputa atual e ingressar com novo pedido de registro para a candidatura a presidente. Neste caso, a coligação ainda terá que escolher outro candidato para ser vice no lugar de Marina.

Duro de aguentar...
O que não tem paciência que aguente, nas redes sociais, são as teorias da conspiração e as exaltações aos mortos virtuais – artistas e políticos lideram o ranking. Tinha gente acusando este ou aquele partido de ter conspirado para matar o candidato, enquanto o eleitorado dele ia às alturas.  
 

Agradecida...
Mas, nem tudo se referia à morte do presidenciável. A candidata a deputada estadual Luciene Fachinelli (PSL) agradeceu “a todos os amigos que foram na Feira da Abadia para o lançamento da nossa campanha”, se referindo à sua própria candidatura e à do ex-prefeito Anderson Adauto (PRB) a deputado federal.

...e confiante
De acordo com ela, “a emoção que vem forte do coração nos impulsiona e faz querer que tudo em que acreditamos se concretize, pois a intenção é verdadeira e se colocar a nossa fé em ação, vai dar tudo certo! JÁ DEU TUDO CERTO! ...BORA GANHAR A ELEIÇÃO!”..., afirmou Luciene.

Disputa virtual
E, obviamente, dois grupos adversários de Uberaba continuam postando fotos e mais fotos sobre as recentes movimentações, na cidade, da coligação Minas Pra Você (PT/PMDB/PRB/PROS/PCdoB) - com os candidatos Fernando Pimentel/PT (a governador), Antônio Andrade/PMDB (vice-governador) e Josué Alencar/PMDB (senador); e da coligação Todos Por Minas (PSDB/PP/DEM/PSD/PTB/PPS/PV/PDT/PR/PMN/PSC/PSL/PTC/SDD) – com os candidatos tucanos Pimenta da Veiga (governador) e Antonio Anastasia (senador). 

Dinossauros
E é claro que não podia faltar no Facebook fotos e informações sobre a participação do paleoartista uberabense Rodolfo Nogueira em rede nacional de televisão. O idealizador da empresa Rodolfo Nogueira Prehistoric Factory foi destaque no programa Encontro, com a jornalista Fátima Bernardes, na TV Globo. Em pauta, seu trabalho na criação de réplicas de dinossauros - incluindo algumas feitas para Peirópolis e mostradas no programa.