Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Bastidores

ACESSIBILIDADE: A A A A
Bastidores 09/10/2014
Bastidores
Bastidores
Bastidores

NÚMEROS OCULTOS – Votações dos candidatos de Minas que foram barrados, mas tiveram os nomes incluídos na urna. Destaque para a presença de Anderson Adauto e ausência de Babá Carlos Costa

Os votos de AA
Ex-prefeito de Uberaba, Anderson Adauto (PRB), recebeu 1.365 votos na eleição de 5 de outubro. Ele está entre os candidatos que foram indeferidos ou cassados pela Justiça Eleitoral, e cuja situação só foi decidida quando os nomes já estavam registrados na urna eletrônica. Ao todo, 15 candidatos estiveram nesta situação em Minas Gerais, sendo dez deles na disputa de deputado federal (AA entre eles), e cinco, estadual.

Caso único
Os candidatos aparecem nas listas de votação com 0 (zero) voto e, no caso daqueles que têm recurso tramitando, caso vençam a apelação, os números serão incluídos nas relações oficiais. O caso de Anderson Adauto é singular, visto que ele apresentou pedido de renúncia – não homologado em tempo hábil pra ser retirado da urna.

Moral da história
Entre as alternativas para a votação em Adauto, destacam-se: desconhecimento de causa sobre a impugnação (os eleitores não sabiam do indeferimento e/ou acreditaram que a decisão não seria confirmada); desconhecimento de causa do pedido de renúncia; voto de protesto; declaração de amor eterno e incondicional.

Definitivamente fora
Além disso, dez candidatos foram  indeferidos em definitivo após o fechamento das urnas, entre eles, um de Uberaba: Carlos José Fernandes da Costa. Babá Carlos Costa (PMN) não tem, portanto, qualquer chance de reverter sua situação – de acordo com o que informa o Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais. 

Perda de prazo
Ele foi impugnado por falta de prestação de contas em 2012, quando se candidatou a vereador - chegou a ganhar o recurso no TRE/MG, mas perdeu prazo para apresentar a decisão no Tribunal Superior Eleitoral/TSE, que confirmou a impugnação já transitada em julgado.

A telinha
E recomeça hoje a propaganda eleitoral gratuita, neste caso, claro, voltada para os dois candidatos a presidente da República que disputarão o 2º turno das eleições de 2014, dia 26. Programa reestreia às 20h30 na televisão. A decisão sobre os critérios do reinício foi tomada pelo Tribunal Superior Eleitoral, atendendo a um pedido conjunto das coligações partidárias dos candidatos Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB).

PT abre...
A propaganda gratuita será veiculada em dois períodos diários de 20 minutos, inclusive aos domingos, iniciando-se às 7h e às 12h no rádio, e às 13h e às 20h30 na televisão. O tempo da propaganda será dividido igualmente entre os candidatos - dez minutos para cada um.  O horário, hoje, terá início pela propaganda da candidatura mais votada no 1º turno, e portanto, com Dilma Rousseff. A propaganda termina dia 24 de outubro.

Vizinhança
As duas maiores cidades da mesorregião – Uberlândia (Alto Paranaíba) e Uberaba (Triângulo Mineiro) somam 681.203 eleitores, segundo os números oficiais apurados pela Justiça Eleitoral. São 462.372 de Uberlândia e 218.831 de Uberaba - o que dá a Uberlândia o dobro de eleitores de Uberaba. Destes totais, 380.663 foram às urnas em Uberlândia, enquanto 177.077 compareceram para votar em Uberaba.

Para deputado federal
E de acordo com os números oficiais da Justiça Eleitoral, no que se refere aos candidatos a deputado federal na mesorregião do Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba, são as seguintes as maiores votações: Odelmo Leão – Uberlândia/PP (176.707 votos); Wellington Prado (Uberlândia/PT (103.433); Marcos Montes – Uberaba/PSD (100.088);  Sérgio Lúcio de Almeida/PSB – Uberlândia/PSB (62.182); Caio Narcio – Frutal/BH/PSDB (56.638); Aelton Freitas – Uberaba/PR (53.916), José Humberto – Patos de Minas/PSD (43.2014); Elmiro Nascimento – Patos de Minas/DEM (40.736), e Adelmo Leão – Uberaba/PT (37.011 votos)...

Lideranças regionais
Os majoritários da região do Triângulo, portanto, são: Marcos Montes, Caio Narcio, Aelton Freitas e Adelmo Leão. No Alto Paranaíba, lideram Odelmo Leão, Wellington Prado, Sérgio de Almeida, José Humberto e Elmiro Nascimento.

Para deputado estadual
Ainda de acordo com as votações por mesorregião, os mais votados no Triângulo/Alto Paranaíba para deputado estadual foram: Elismar Prado – Uberlândia/PT (75.809); Hely Tarquínio – Patos e BH/PV (67.095 votos); Felipe Attiê – Uberlândia/PP (64.286); João Bosco – Araxá/PTdoB (63.789); Luiz Humberto – Uberlândia/PSDB (63.342); José Maia – Itapagie/PSDB (52.091); Tony Carlos – Uberaba/PMDB (38.628); Wagner Nascimento Jr. – Uberaba/PR (36.637); Deiró Marra – Patrocínio/PR (33.723); Antônio Lerin – Uberaba/PSB (33.684)...