Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Bastidores

ACESSIBILIDADE: A A A A
Bastidores 18/04/2013
Bastidores
Bastidores
SOS

Usuários do transporte coletivo, motoristas de carros de passeio, pedestres e até vereadores estão pedindo "pelo amor de Deus" ao prefeito Paulo Piau (PMDB) para que ele providencie o retorno dos ônibus e respectivos pontos para a avenida Leopoldino de Oliveira. Acontece que os desvios criados no governo anterior para dar passagem ao projeto Água Viva são formados por ruas e calçadas estreitas, que provocam confusão no trânsito e nos neurônios de todos os envolvidos.

Nos devidos lugares...
E por falar em Água Viva, durante dois dias de visita - ou visita de dois dias, feita à Câmara de Vereadores, esta semana, o coordenador da Unidade Gestora do Projeto - UGP, engenheiro José Maria Barra, disse que a busca de soluções para as enchentes no centro de Uberaba não é a única nem a principal razão de existir do programa. A palavra de ordem do Água Viva, segundo ele, chama-se saneamento básico, o que inclui, por exemplo, a construção das Estações de Tratamento de Esgoto - ETE’s.

O que os olhos veem...
O problema nesta história toda é que saneamento básico - apesar de sua importância pra saúde e pra melhoria da qualidade de vida da população, é promovido longe dos olhos. Em contrapartida, nada é mais visível em Uberaba do que o processo de rasgar avenidas de ponta a ponta, furar buracos enormes, e tudo isso sem acabar com as enchentes.

Caminho do bem
Vereador evangélico Samuel Pereira (PR) - vice-líder do prefeito Paulo Piau na Câmara, está na maior agitação, envolvido com os preparativos da Marcha para Jesus. Evento acontece dia 20 de abril, sábado, com concentração na rua Antônio Rios/Bairro Universiário, e saída às 16h com destino à praça Pôr-do-Sol, passando pela avenida Nenê Sabino. 

Águas
Secretário de Estado de Governo, Danilo de Castro, comunica - através de ofício, ao deputado federal majoritário de Uberaba, Marcos Montes (PSD), que o governador Antonio Anastasia (PSDB) acaba de liberar R$ 63,99 mil relativos a convênio com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. Dinheiro é destinado à estruturação do Comitê da Bacia Hidrográfica - CBH, dos Afluentes Mineiros do Baixo Rio Grande. O comitê está em processo de renovação dos seus membros para a gestão 2013/2017.

Abrangêngia
Criado em 2002, o CBH dos Afluentes do Baixo Rio Grande possui 64 conselheiros, entre titulares e suplentes. Integram a bacia, além de Uberaba: Água Comprida; Campina Verde; Campo Florido; Carneirinho; Comendador Gomes; Conceição das Alagoas; Conquista; Delta; Fronteira; Frutal; Itapagipe; Iturama; Prata; Pirajuba; Planura; Sacramento; São Francisco de Sales; União de Minas e Veríssimo.

Eleições gerais
Os 35 Comitês de Bacias Hidrográficas de Minas Gerais renovarão seus membros no primeiro semestre de 2013, no que é a primeira eleição global envolvendo todos os comitês estaduais no mesmo período. Detalhe: os CBH’s são organismos de Estado, com poder de decisão local no que tange a gestão das águas. 

Xô, olho gordo!
Vereador de primeira viagem, presidente do PRB Jovem de Minas Gerais, Franco Cartafina, viveu o minuto de glória que todo político do interior gostaria de experimentar. Teve o nome mencionado em pronunciamento durante sessão plenária na mais alta esfera do Legislativo Brasileiro. Foi citado pelo senador Eduardo Lopes, do PRB/RJ, quando acompanhava a votação do Estatuto da Juventude, terça-feira. 

Que sufoco!
Missão mais trabalhosa do engenheiro Nagib Facury não é divulgar a Agenda 2016, proposta pelo G9 - grupo composto por nove entidades, e presidido por ele. Por onde vai - seja na Câmara de Vereadores ou a emissoras de TV para dar entrevistas, o novo presidente tem que explicar os motivos de o G9 ter sido tão "silencioso" em relação aos assuntos polêmicos de Uberaba ao longo do governo de Anderson Adauto (sem partido). 

Relançamento
O "silêncio" - que só foi quebrado para elogiar e homenagear o ex-prefeito, está agora produzindo seus efeitos negativos. Tem até ocupante de cargo eletivo pedindo que o presidente do grupo explique o que significa G9 e a razão de sua existência. Mas, justiça seja feita: 2013 começou com a mesma composição de entidades, mas com alguns comandos diferentes e com novas ideias. Pra variar, nenhum presidente das nove entidades é secretário municipal no governo Paulo Piau.

Composição
Integram o G9: Sindicato da Indústria da Construção Civil; Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Uberaba; Câmara de Dirigentes Lojistas; Sociedade de Medicina; Instituto de Engenharia e Arquitetura do Triângulo Mineiro; Regional da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais; Sindicato Rural; 14ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil, e Centro das Indústrias do Vale do Rio Grande.


O novo presidente da OAB/Uberaba, Vicente Flávio, é uma das novidades no G9 - grupo que está tentando apagar a má impressão do passado