Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Bastidores

ACESSIBILIDADE: A A A A
Bastidores 18/12/2014
Bastidores
Bastidores
Bastidores

DE ORELHA A ORELHA – Fernando Pimentel e Marcos Montes serão diplomados amanhã, condição para que possam tomar posse em janeiro de 2015 (Foto: Enerson Cleiton)

 

Sine qua non

Justiça Eleitoral de Minas Gerais diploma, nesta sexta-feira, às 17h, no Grande Teatro do Palácio das Artes, os candidatos eleitos em 2014 pelo Estado. Serão diplomados 135 eleitos, na seguinte ordem: o governador Fernando Pimentel (PT) e o vice Antônio Andrade (PMDB), o senador Antonio Anastasia (PSDB), com os respectivos 1º e 2º suplentes, 53 deputados federais e 77 deputados estaduais.

 

O diploma

A diplomação dos eleitos é um ato previsto na legislação eleitoral. O documento oficial emitido pelo TRE é assinado pelo presidente da instituição e condição para a posse.

Os diplomas 2014/2015 têm uma nova identidade visual, inspirada nas grades do Palácio da Liberdade. No documento vai constar, além do nome do candidato, a indicação da legenda partidária ou coligação sob a qual concorreu e o cargo para o qual foi eleito ou a sua classificação como suplente.

 

Prata da casa

Entre os 53 deputados federais estão três com domicílio eleitoral em Uberaba: os reeleitos Marcos Montes (PSD) e Aelton Freitas (PR) e o eleito Adelmo Leão (PT). Deputado federal majoritário na cidade (e no Triângulo Mineiro), Marcos Montes foi eleito com 116.175 votos, sendo 52.735 de Uberaba. Adelmo recebeu um total de 57.921 votos, sendo 19.212 de Uberaba. E Aelton foi eleito com 91.103 votos, sendo 16.605 de Uberaba.

 

Ligações

Não possuem domicílio eleitoral em Uberaba, mas têm ligações próximas, os deputados federais José Silva (SD) – eleito, e Caio Narcio (PSDB) – reeleito. Zé Silva recebeu um total de 109.925 votos - sendo 1.461 obtidos em Uberaba. Caio foi eleito com 101.040 votos, sendo 5.251 de Uberaba.

 

Majoritário,

por enquanto...

Dos 77 futuros integrantes da Assembleia Legislativa de Minas, só um tem domicílio eleitoral em Uberaba: o reeleito Antônio Lerin (PSB). Ele recebeu 36.916 votos no Estado. Destes, 18.208 foram dados pelo eleitorado de Uberaba, onde, por enquanto, ele é deputado estadual majoritário.

 

Na cola

Vale ressaltar que Lerin pode perder a condição de deputado estadual majoritário de Uberaba. É que dois suplentes – Tony Carlos (PMDB) e Wagner Jr. (PR), tiveram mais votos do que ele, na cidade, e pelo menos um está muito perto de também ocupar uma cadeira na Assembleia no mandato 2015/2018.

 

Standby

Três políticos com domicílio eleitoral em Uberaba estão na lista dos que serão diplomados como suplentes da Assembleia Legislativa no dia 19 de janeiro de 2015. É que os três primeiros suplentes de deputado federal e de deputado estadual serão diplomados nesta data, no próprio TRE/MG, em sessão especial, ainda com horário a ser definido.

 

Fava contada

Um deles é o atual deputado estadual Tony Carlos - 2º suplente da coligação Minas Para Todos (PMDB/PT/PROS/PRB), e que tem praticamente garantida uma cadeira na Assembleia, visto que integra a base aliada do governador eleito, que, por sua vez, deve chamar deputados estaduais da coligação para ocupar cargos na gestão. Tony obteve 39.359 votos no Estado, sendo 33.017 em Uberaba.

 

Coisas...

Outro com domicílio eleitoral em Uberaba a ser diplomado dia 19 de janeiro é Wagner Jr. Ele saiu das urnas como 2º suplente do PR. Recebeu 42.949 votos, sendo 26.651 de Uberaba. Não foi aliado na campanha, mas não está descartada sua chegada à Assembleia, uma vez que o governador eleito anda de conversa com o PR e pode chamar deputados estaduais eleitos do partido para a composição do seu grupo de trabalho.

 

...da política

A situação se repete – apesar de mais complicada, com o vereador Samuel Pereira - 3º suplente do PR. Samuel conquistou 27.904 votos, destes, 7.469 de Uberaba.

 

Por fora

E também será diplomado dia 19 de janeiro o delegado de Polícia Heli Geraldo de Andrade (PEN) – que não tem domicílio eleitoral na cidade, mas é uberabense, e a família reside em Uberaba. É o 2º suplente de deputado estadual da coligação Sou + Minas (PEN/PHS/PRP). Recebeu 18.400 votos, sendo 12.715 em Uberaba.

 

De raspão

Apesar da boa performance, o vice-prefeito Almir Silva não será diplomado. Ele é o 4º suplente do PTdoB. Obteve uma votação geral de 19.999 votos, sendo 14.060 de Uberaba.