Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Bastidores

ACESSIBILIDADE: A A A A
Bastidores 21/12/2014
Bastidores
Bastidores
Bastidores

PRONTOS PRA POSSE – Condição legal para que eles possam tomar posse para o próximo mandato (que começa em 2015), os eleitos em Minas Gerais foram diplomados pelo Tribunal Regional Eleitoral neste fim de semana. Entre eles, o governador Fernando Pimentel (PT) e o vice Antônio Andrade (PMDB), o senador Antonio Anastasia (PSDB), 53 deputados federais e 77 deputados estaduais. Quatro têm  domicílio eleitoral em Uberaba: respectivamente os federais reeleitos Marcos Montes (PSD) e Aelton Freitas (PR) e o eleito Adelmo Leão (PT), e o estadual reeleito Antônio Lerin (PSB). A foto do evento (da divulgação do TRE/MG) mostra dois dos uberabenses à esquerda: Adelmo Leão e Aelton Freitas

 

Poluição sonora

Unidade do grupo Lojas Americanas que ocupa prédio histórico no centro de Uberaba – mantida, inclusive, grande parte da fachada do extinto jornal Lavoura&Comércio, entrou em funcionamento sem qualquer evento de inauguração que fosse. Agora, época natalina, adere ao ultrapassado e politicamente incorreto modelo de propaganda à base de alto-falante nas ruas da cidade.

 

Controvérsias

Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa de Minas Gerais chegou a aprovar um substitutivo para a proposta de criação da Região Metropolitana do Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba: a chamada Aglomeração Urbana do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. Para o bem de todos e felicidade dos prefeitos que lideram o movimento, Paulo Piau (PMDB) – Uberaba, e Gilmar Machado (PT) – Uberlândia, a Comissão de Assuntos Municipais e Regionalização recuperou a ideia da RM.

 

Saúde é o que interessa...

Governo Paulo Piau baixou portaria no fim de semana fixando normas e procedimentos para a aquisição de medicamentos em caráter excepcional – assunto que mexe com a sensibilidade de gregos e troianos, ricos e pobres, brancos, negros, índios, solteiros, casados, idosos e até alunos de grupo, por envolver a VIDA acima de tudo!

 

Sobe o IPTU

E por falar no governo municipal, também está sacramentado e publicado o reajuste do

 Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbano/IPTU para 2015. Os valores venais dos imóveis localizados na área urbana serão atualizados em 6,33%. A base, segundo o decreto, é o INPC/ Índice Nacional de Preço ao Consumidor, divulgado pelo IBGE/Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

 

Sobe a UFM

Também fica maior o valor da Unidade Fiscal do Município/UFM - base de cálculo para a cobrança das taxas municipais. A unidade entra 2015 valendo R$ 197.

 

Sobe a água

Com o sofisticado nome de “realinhamento de preços”, também está definido o aumento das tarifas dos serviços de água e esgoto do Codau/Centro Operacional de Desenvolvimento e Saneamento de Uberaba. A religação de água, passa a custar entre R$ 58,34 e R$ 81,68. E por aí vai...

 

Sobe o coletivo (?)

E tem ainda o pedido de reajuste da tarifa do transporte coletivo urbano de Uberaba, que está em fase de estudos – mas, com forte tendência a se concretizar. Enquanto isso, muitos veículos que fazem o transporte andam despencando de velhos, e provocando arrepios até nos motoristas da concessionária.

 

Nunca antes...

Sem entrar no mérito do que é bom ou ruim nesta história, vale destacar que a saúde pública de Uberaba nunca foi tão judicializada – com exceção, claro, dos medicamentos, já que a população, diante do risco de morte (principalmente de idosos e crianças) não pensa duas vezes para apelar ao Poder Judiciário para ter acesso a remédios. A judicialização agora, tem ganhado outros contornos...

 

Internações

Entre os destaques dos últimos dias está ação proposta pelo Ministério Público exigindo que o governo do Estado dê um jeito na falta de leitos em Uberaba - nem que seja através da aquisição/compra de leitos na rede privada. Com a defasagem de leitos na cidade, as UPA´s/Unidades de Pronto-Atendimento estão internando pacientes, mesmo não sendo estruturadas para isso.

 

Dinheiro

Ministério Público Federal em Minas Gerais – MPF/MG anunciou que conseguiu resolver “o impasse entre o Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro – HC/UFTM e a Secretaria Municipal de Saúde de Uberaba... no que se refere  “à assinatura do novo contrato de prestação de serviços no âmbito do Sistema Único de Saúde /SUS”.  Ainda assim, uma nova audiência foi marcada para o dia 29 de janeiro de 2015 “para prosseguimento das negociações”.

 

Gerência

E o Poder Judiciário surpreendeu a todos, suspendendo, através de liminar, os contratos da Pró-Saúde/Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar com a Prefeitura de Uberaba. A OS venceu a licitação para gerenciar as duas Unidades de Pronto-Atendimento e o futuro Hospital Regional. Pedido é do Ministério Público.