Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Bastidores

ACESSIBILIDADE: A A A A
Bastidores 10/01/2015
Bastidores
Bastidores
Bastidores

CULTURA - Angelo Oswaldo – novo titular da Secretaria de Estado da Cultura, não é uberabense, mas já está anunciando projeto para Uberaba. Jornalista, formado pelo Instituto Francês de Imprensa, e advogado, ele presidiu o Instituto Brasileiro de Museus, no governo Dilma Rousseff (PT), foi prefeito de Ouro Preto e secretário de Estado de Cultura no governo Itamar Franco (1999-2002). É presidente da Associação Brasileira de Cidades Históricas

 

Que sufoco!
Enquanto isso, o poderoso PMDB do prefeito Paulo Piau continua sem comando em Uberaba. Em outras palavras, os peemedebistas ainda não conseguiram se entender sobre quem fica e quem sai da direção do partido – levando em conta que uns e outros andaram cometendo infidelidade partidária na acirrada campanha eleitoral de 2014. 

Fava contada
Vigência do último comando terminou dia 25 de novembro de 2014, quando o presidente era o deputado estadual Tony Carlos, que, aliás, parece confiante de que será reconduzido ao cargo, já que continua se apresentando como presidente da legenda em Uberaba.

Standby
E por falar em Tony Carlos, ele será diplomado dia 19 de janeiro, em Belo Horizonte, junto com todos os três primeiros suplentes de deputado federal e deputado estadual. Os eleitos assumem dia 1º de fevereiro, quando, então, os convocados para o secretariado estadual pedem afastamento, e os suplentes – entre eles, Tony Carlos, serão convocados pela Assembleia Legislativa.

Diplomação
Diz o Tribunal Superior Eleitoral/TSE: “A diplomação é um ato formal que atesta o resultado das eleições, declarando que todas as formalidades foram atendidas, conforme a legislação eleitoral. Atesta, também, a legitimidade dos eleitos para exercer os mandatos eletivos. Como consequência, é por meio da diplomação que se declara a vitória dos candidatos nas urnas, a fim de que possam assumir regularmente os mandatos para os quais foram eleitos. Isto é, sem diplomação, não haverá posse em cargo eletivo”.

Poderes
Sindicato do Comércio de Uberaba/Sindicomércio estende sua rede de representatividade.... Conseguiu, no Ministério do Trabalho e Emprego, a inclusão dos prestadores de serviços e dos atacadistas entre seus associados. Até então, a entidade representava apenas o comércio varejista...

Estrutura
Uma das mudanças mais significativas da ampliação é que as convenções coletivas passam a envolver também os novos associados. O presidente Thiago Árabe diz que o Sindicomércio está duplamente preparado para os novos tempos: conhece, a fundo, as questões relativas aos segmentos que estão chegando, e possui uma sede estruturada para abrigar o aumento da mobilização (na rua Amaro Ferreira, 28, em frente ao Corpo de Bombeiros). 

Extemporânea
E, em nota divulgada ontem, a Cemig “esclareceu” que, atendendo à determinação da Agência Nacional de Energia Elétrica/Aneel, transferiu todos os equipamentos relativos à iluminação pública às prefeituras de Minas Gerais. Assim – segundo a nota, desde o início do ano, a responsabilidade pela manutenção desses equipamentos – lâmpadas, luminárias, reatores, relés e postes utilizados exclusivamente para iluminação das ruas, avenidas e praças da cidade – é dos municípios.

Cordinha
Já o governo municipal anunciou que colocaria em ação uma “força-tarefa” para garantir que os servidores recebessem os salários de dezembro na quinta-feira, dia 8 de janeiro. Já que a corda sempre arrebenta do lado dos mais fracos – deu o esperado: pagamento saiu sexta-feira, dia 9.

Reinado
O secretário de Estado de Cultura, Angelo Oswaldo, disse que a revitalização da Federação das Folias de Reis de Minas Gerais é uma das metas da sua gestão, bem como a instalação de um grande centro de memória, sobre o assunto – neste último caso, em Uberaba, que, segundo ele, concentra o maior número de grupos e companhias de Folia de Reis. 

Erro
Erro na edição de ontem, desta coluna, pode ter desvirtuado o sentido da frase... Corrigindo, portanto. A  nota diz que o deputado federal Marcos Montes (PSD) considerou o envolvimento do nome do senador eleito Antonio Anastasia (PSDB) no caso Petrobras com “carta de tentativa de se desviar o foco das investigações”. Está certo que tem muita gente escrevendo cartas aqui e acolá, mas, no caso da nota, o correto é “cara de tentativa...”