Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Bastidores

ACESSIBILIDADE: A A A A
Bastidores 24/04/2013
Bastidores
Bastidores
Vox populi (Versão 1)

O povo quer saber: a quantas anda o projeto Área Azul, que era gerenciado pela Prefeitura de Uberaba, foi transferido para o Hospital Hélio Angotti, e teria voltado para a Prefeitura de Uberaba?

Vox populi (Versão 2)
Hospital Regional de Uberaba será tema de audiência pública, nesta sexta-feira, dia 26, às 14h, no anfiteatro da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Uberaba - Aciu, na avenida Leopoldino de Oliveira, 3.433. Promoção é da Câmara Municipal, a pedido do vereador Kaká Carneiro (PSL). Estão sendo convidados representes dos 27 municípios sob a jurisdição da Superintendência Regional de Saúde.

Se é regional...
Presidente da Comissão Permanente de Educação e Cultura e já eleito presidente da Câmara para o mandato 2014, o vereador do PSL se movimenta para atrair o maior número possível de participantes na audiência, inclusive das cidades que também vão se beneficiar do hospital sediado em Uberaba. Em pauta, a modalidade de gestão a ser adotada a partir da inauguração - prevista, por sinal, para outubro deste ano.

Histórico
"Inaugurado" no governo passado sem a menor condição de funcionar, o Hospital Regional de Uberaba já provocou poucas e boas polêmicas. A começar pela tal "inauguração" - com móveis emprestados; passando por greves dos operários; surfando pela disputa de paternidade, e assim por diante, o hospital é uma das grandes esperanças para reduzir o déficit de leitos...Vai ficar pra história.

Normalidade ...
Já em plena movimentação ao redor das eleições de 2014, os políticos de Uberaba andam agitados com mudanças em vários partidos. Sob o comando de Marcelo Oliveira - por força judicial, desde o processo eleitoral de 2012, o PTdoB teve a comissão provisória destituída, a exemplo do que já tinha acontecido com o PTN, que era presidida por Flávio Pires, também por decisão da Justiça Eleitoral.

No vermelho
E assim, além do PTdoB e do PTN, também estão sem comando o PHS - que era presidido por Ailson Queiroz; o PSDC - que tinha Hermany Júnior no comando; e o PSDB - que era presidido por Luiz Cláudio Campos.

Reorganização
E tem ainda a Mobilização Democrática, partido recém-criado a partir da fusão do PPS com o PMN. No caso de Uberaba, o PPS é presidido por Alaor Carlos de Oliveira Júnior, e o PMN é comandado por Marcos Acácio, com a colaboração do ex-vereador Jorge Ferreira - que também integra a executiva provisória.

Lamento
E termina amanhã, o prazo para os eleitores que não votaram nem justificaram ausência nas três últimas eleições regularizarem sua situação e ficarem quites com a Justiça Eleitoral. De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais - TRE/MG, os 853 municípios de Minas Gerais ainda apresentam índices baixos de regularização. Em todo o Estado, apenas 5.164 eleitores dos 122.235 irregulares já estão quites com a Justiça Eleitoral. 

Alerta
Quem não comparecer ao cartório para regularizar sua situação terá o título de eleitor cancelado automaticamente, além de não poder se candidatar a cargo eletivo, tirar passaporte, ser empossado em cargo púbico, nem se matricular em instituição de ensino público. Os cartórios eleitorais funcionam em Belo Horizonte, das 8h às 17h, e no interior, de 12h às 18h. 

Confiança
Presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Uberaba - SSPMU, Luís Carlos dos Santos, que é pedagogo, acredita que o prefeito Paulo Piau (PMDB) irá cumprir o compromisso de chegar os salários dos professores municipais ao piso nacional - R$ 1,567,00. Ele fez o comentário ontem, após manifestar seu apoio à luta da categoria, durante concentração na praça Rui Barbosa. 

Justiça seja feita...
Expectativa do sindicalista é baseada nos compromissos cumpridos até agora pelo novo prefeito: o fim do uso das súmulas vinculantes do Supremo Tribunal Federal, que permitiam ao governo calcular os salários, e que impunham vencimentos abaixo do mínimo nacional para cerca de 4.000 servidores; isonomia nos salários dos guardas municipais e o reajuste médio de 6,73% concedido para todos os funcionários da Prefeitura de Uberaba. "Continuamos vigilantes, mas justiça seja feita: estamos sentindo esperança pela primeira vez nos últimos anos" - ressalta.


Kaká Carneiro quer ouvir lideranças e o povo de Uberaba e região sobre a gestão do Hospital Regional / Enerson Cleiton