Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Bastidores

ACESSIBILIDADE: A A A A
Bastidores 03/06/2015
Bastidores
Bastidores
Bastidores

Enerson Cleiton

Novos equipamentos para o Vera Cruz

Foi realizado um upgrade no sistema de iluminação

 

O Teatro Municipal Vera Cruz está passando por nova adequação para melhorar a estrutura de equipamentos e, assim, melhor atender às produções de espetáculos e à população. Desta vez, o investimento acontece na iluminação. Foi realizado um upgrade no sistema, que foi atualizado para o digital. O novo sistema aconteceu através do projeto "Luz para o Teatro", com recursos do Fundo Estadual de Cultura e contrapartida da Fundação Cultural de Uberaba. Foram investidos mais de R$ 50 mil em equipamentos de iluminação.

 

Esfriando

O assunto de “assédio sexual” envolvendo um vereador e uma servidora da Câmara poderá mesmo acabar em pizza, igual ao que muitos uberabenses estão dizendo. Já que, além da vítima ter desistido de registrar o Boletim de Ocorrência (BO) para denunciar o “crime”, o requerimento que solicitará que a Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara investigue o assunto terá condições de ser aprovado somente depois da terceira semana de junho, pois as sessões plenárias acontecem nos dias 15, 16, 17, 18 e 22, 23, 24 e 25. Até lá, o vereador “infrator” terá muito tempo de se desculpar com a vítima e quem sabe convencer o autor de desistir de aprovar o documento no plenário.

 

No bolso

A Prefeitura de Uberaba já anunciou que o tíquete-alimentação dos servidores públicos será liberado hoje, véspera do feriado de Corpus Christi. A informação que chegou ao JORNAL DE UBERABA é que a prefeitura não terá como atender ao pedido formulado pelo Sindicato dos Servidores Públicos (SSPMU) de antecipar os salários da categoria do mês de maio também para a véspera do feriado prolongado. A boa notícia é que, além de ser ponto facultativo na sexta-feira (5), a previsão da prefeitura é liberar os vencimentos dos servidores na referida data, o que significa que ninguém deverá passar o final de semana sem dinheiro no bolso.

 

Desemprego

A taxa de desemprego nas seis regiões metropolitanas acompanhadas pela PME/IBGE deve ficar em 6,5% em maio de 2015, segundo a projeção Catho-Fipe. Esse valor é 1,6 ponto percentual maior do que o registrado em maio de 2014 e representará o maior aumento da taxa de desemprego com relação ao resultado do mesmo mês do ano anterior desde dezembro de 2003. Nem na crise de 2008/2009, a deterioração do mercado de trabalho no período de 12 meses foi tão grande.

 

Migrando

A Companhia de Desenvolvimento de Informática de Uberaba (Codiub) finalizará o trabalho de migração do banco de dados da Prefeitura de Uberaba neste feriado de Corpus Christi. “Estamos trabalhando para modernizar a Companhia como o prefeito Paulo Piau tem nos apontado. Desde que assumi a gestão, esse é o ponto principal demandado pelo prefeito. O novo sistema é muito mais duradouro e agilizará os procedimentos que têm que ser feitos nas secretarias”, explicou o presidente da Codiub, Maurides Dutra.


Smel apresenta

A Prefeitura de Uberaba, através da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Smel), apresenta, hoje, às 9h, para a imprensa, o XX Campeonato Mundial de Handebol Júnior. A competição acontece em Uberaba, no mês de julho. O lançamento do Mundial será feito na sede da Smel, antigo Jockey Centro, pelo secretário Luiz Alberto Medina de Carvalho.

 

Expo BH

De 2 a 7 de junho, no Parque da Gameleira, em BH, a 55ª Exposição Estadual Agropecuária de Minas Gerais reunirá cerca de 1.400 animais de 12 raças entre bovinos e equídeos, em julgamentos e leilões.  Este ano, o evento terá a estreia de duas novas raças de bovinos: wagyu e senepol. Outra tradicional atração de grande sucesso é a minifazenda para crianças, que apresentará a menor minivaca do Brasil. A entrada é gratuita.

 

Sem impostos

Ontem, aconteceu a 11ª edição do Dia da Liberdade de Impostos (DLI). A iniciativa foi promovida pelo Instituto Liberdade e pelo Instituto de Estudos Empresariais (IEE), e contou com a parceria da Rede Liberdade, da Ambev e do Rambla. Neste ano, além da tradicional venda de gasolina sem impostos para os consumidores, foi realizada a venda de chope sem impostos. Em média, a carga tributária presente no chope é de 62%. O chope de 350 ml foi vendido a R$ 3,00.

 

Reflexo

63,5% das empresas gráficas afirmam que as margens de lucro vêm sendo muito pressionadas pelo aumento do custo energético. Para o setor, esse não foi o único efeito negativo da crise hídrica que abala o país. O receio de um racionamento de energia afastou a decisão de investimento de 35% das empresas. No Sudeste, a falta de chuvas traz risco de racionamento também ao fornecimento de água, aumentando a insegurança das indústrias.

 

FMC

A 2ª edição do Três Lagoas Florestal - 2ª Feira da Cadeia Produtiva da Indústria de Base Florestal Sustentável da região de Três Lagoas, tem a expectativa de reunir mais de 160 expositores e aguarda mais de 20 mil visitantes, entre eles profissionais da área florestal e rural, como pesquisadores, agrônomos, agricultores e trabalhadores rurais em geral, assim como a sociedade interessada no tema. Dessa forma, a FMC Agricultural Solutions marca presença neste importante encontro. O evento é promovido de 2 a 4 de junho, no Parque de Exposições de Três Lagoas (MS).

 

Leitor

O leitor Wagner Kisling Avila envia nota para o JORNAL DE UBERABA referente à matéria do último domingo: “Na questão dos animais abandonados nas ruas, já que proibiram a Zoonoses de recolhê-los e é proibido sacrificar, que os protetores dos animais os recolham e levem para suas casas ou tenham um lugar para cuidar. O que não podemos é conviver com essa situação. Na hora de proibir e levantar a bandeira para a proteção, alguns fazem barulho. Mas, resolver que é bom, nada. Não é só castrar e depois deixar à solta pelas ruas. É necessário recolher e cuidar. Quem fez a lei que tome a providência de colocar esses cachorros e quem transita pelas ruas de Uberaba em segurança”.

 

Leitor II

“O foco central das empresas privadas (A) e dos governos (B) é o lucro, mas as formas de alcançá-lo são absolutamente opostas. Na opção A, onde há concorrência, a sobrevivência é a satisfação dos clientes, obtida via qualidade, preço competitivo e rede de distribuição, lucro líquido e cotação na bolsa de valores, quantidade, custo e qualidade dos funcionários (admitidos por currículo e que podem ser demitidos). Na opção B, sem concorrência, leis, produtos e impostos são ditatoriais, quantidade, qualidade e os custos dos ministérios, funcionários, admitidos por negociação entre poderes ou parentesco não importa; a maneira de alcançar o foco deveria ser a mesma de A”. A nota é assinada pelo leitor Mário Alves Dente.