Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Bastidores

ACESSIBILIDADE: A A A A
Bastidores 19/08/2015
Bastidores
Bastidores
Bastidores

Av. Juca Pato terá sentido único

 

Enerson Cleiton

Funcionários da prefeitura já estão trabalhando na av. Juca Pato

 

A avenida Juca Pato, no bairro Beija-Flor II, passará a ter sentido único em cada uma das pistas a partir do trevo com a rua João Dallacqua. Por se tratar de uma avenida com canteiro central, a outra pista da Juca Pato também terá sentido único. Até hoje, as duas pistas serviam para os dois sentidos. A adequação está em fase final. Os motoristas que circulam pelo local devem ter atenção redobrada com a mudança da sinalização.

 

Energia

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) informa que está promovendo melhorias no sistema elétrico do município de Uberaba, visando assegurar a qualidade do serviço prestado aos clientes do município. As obras para substituição de nove cruzetas e melhorias na rede serão realizadas hoje, entre 11h30 e 17h30, nos bairros Boa Vista, Vila Arquelau e Residencial Morada do Sol. Eventualmente, as interrupções poderão ser canceladas ou ter seus horários alterados em função da possibilidade de situações que coloquem em risco a segurança.

 

Fotografia

Para celebrar o Dia Mundial da Fotografia (comemorado hoje), o Turismo de Minas lança o Concurso Cultural Fotografe Minas, a fim de promover o turismo do Estado através do registro fotográfico de suas paisagens e pontos turísticos. Além de estimular a criatividade fotográfica como manifestação artística e cultural, divulgando as peculiaridades mineiras. Os interessados em participar devem compartilhar no aplicativo Instagram, entre 19 de agosto e 19 de setembro de 2015, imagens de Minas Gerais com a #FotografeMinas.

 

Antipopular

Mais uma proposta antipopular da presidente Dilma Rousseff está dando o que falar, pois visa interferir nas decisões judiciais referentes a tratamentos ou medicamentos que não são oferecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), que é o último recurso do cidadão para garantir atendimento necessário, caso não tenha condições financeiras. Tanto é que o governo entende essa situação, mas deixou claro que pretende limitar as ações dos juízes, porque somente a União gastou mais de R$ 389 milhões para cumprir essas determinações judiciais. Olha que, nesse custo milionário, não estão inclusas as determinações judiciais dos governos estaduais, nem municipais, no caso a Prefeitura de Uberaba, que já vinha reclamando dessa situação.

 

Controle

Ainda não entrou em tramitação um projeto de lei do governo federal que prevê essa discussão no Congresso Nacional, mas essa questão foi levantada pela própria presidente em reunião com os senadores, durante a busca de apoios políticos para garantir sua permanência no cargo até o final de 2018. De acordo com o ministro da Saúde Artur Chioro, as determinações judiciais definem a compra de medicamentos “caros” que não pertencem à lista do SUS, porque não têm registro no país, pois ainda não têm sua eficácia comprovada para alguns tratamentos no Brasil. Com o dólar em alta, essa medida de dizer que os medicamentos “importados” podem colocar em risco a saúde dos cidadãos já era até esperada.

 

Sem chance

O pior não para por aí, tendo em vista que a medida do governo federal também quer tirar a única chance que os médicos dão para alguns pacientes em fase terminais, de serem submetidos às cirurgias experimentais para se curarem, quando existe essa possibilidade. O ministro alega que esses procedimentos têm que ficar no campo de pesquisa, porque, como vem acontecendo com os remédios “importados”, tem muitos advogados aproveitando a situação para ganhar dinheiro em cima das famílias que estão fragilizadas com o fato de poderem perder um ente querido. Queria ver se o ministro, a Dilma ou algum dos parentes deles não iriam utilizar esse recurso se fosse prescrito por um médico e não tivesse outra alternativa. Mas, com certeza, não são os seus casos.

 

Estágio

As inscrições para o programa de estágio nos Correios de Minas Gerais estão abertas até 28/08 para estudantes do ensino médio/técnico e do ensino superior. Os requisitos para participação estão disponíveis no site dos Correios: notas de abertura MG- 0138/15 (médio/técnico) e MG-0137/15 (superior). A remuneração é de R$ 381,95 para os níveis médio e técnico e de R$ 528,94 para o nível superior, além do vale-alimentação de R$ 197,11 e do auxílio-transporte de R$ 92,84, válidos para todas as categorias. A carga horária, também comum a todos os níveis, é de 20 horas semanais.

 

STF analisa

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) estão analisando a competência para julgar casos envolvendo trabalho artístico de crianças e adolescentes. Normas conjuntas de órgãos do Judiciário e do Ministério Público em São Paulo e Mato Grosso já estabelecem que a Justiça do Trabalho é quem deve apreciar esses casos. No entanto, a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) questiona, no STF, com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI 5326), tal entendimento, alegando ser da Justiça comum a competência para essas questões.