Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Bastidores

ACESSIBILIDADE: A A A A
Bastidores 14/05/2013
Bastidores
Bastidores
12 anos depois...

Duas pessoas festejam nas redes sociais, a decisão do Supremo Tribunal Federal - STF, de garantir a legalidade do concurso público realizado pela Câmara Municipal de Uberaba há 12 anos, e que vinha tramitando em grau de recurso após ter sido barrado pelo Ministério Público: o atual presidente Elmar Goulart (PSL), que na época presidia a Casa, e o assessor jurídico Sérgio Cad, que defendeu a Câmara. "Agradeço a todos que acreditaram na minha honestidade" - diz Elmar. "Agradeço a Deus e aos homens de bem" - comemora Cad.

A conferir...
E por falar em redes sociais, vários dos assessores especiais do prefeito Paulo Piau (PMDB) aproveitaram o domingo para postarem suas despedidas do mundo real. É que - junto com o chefe, ingressariam num período de cerca de dois dias de confinamento, até à tarde/noite desta terça-feira, 14 de maio. Consta que 25 pessoas, incluindo o prefeito e o secretariado municipal, estão recebendo orientações da Fundação Getúlio Vargas, responsável pela consultoria contratada pelo atual prefeito para implantar uma nova estrutura na administração municipal.

Gênero
Plenário da Câmara de Uberaba deu uma pequena extrapolada ontem, quando discutia a epidemia de dengue na cidade. Vereador João Gilberto Ripposati (PSDB) defendeu que a palavra dengue estaria erroneamente citada em projeto que tramita na Casa, já que se trata - segundo ele, de substantivo masculino. O problema é que a palavra dengue é citada como SUBSTANTIVO FEMININO em todos os dicionários da Língua Portuguesa. 

Controvérsias
Após 20 dias sem sessão plenária, com nove projetos em pauta, e apenas dois deles votados por volta das 17h, o vereador Marcelo Machado Borges (DEM) não conseguiu esconder a angústia, ontem... Ocorre que a maioria dos vereadores tem extrapolado o tempo para pronunciamento, geralmente desviando o assunto em pauta. Os colegas concordaram com a reclamação dele, mas defenderam que seja uma decisão consciente, e não imposta. 

A feira...
Leitores/eleitores pedem socorro para a famosa feira d’Abadia - realizada nas manhãs de domingo com a presença maciça de políticos de todas as cores. A reclamação, que só na semana passada motivou três e-mails a esta coluna, e vários comentários nas redes sociais, diz respeito à falta de estrutura para feirantes, clientela e visitantes. Em destaque: a ausência de banheiros. 

Pratas da casa
Rádio Câmara - da Câmara dos Deputados, usou uma edição inteira do programa Trilha das Artes para homenagear um uberabense: João Antônio, ator, diretor e professor de teatro, e um dos principais nomes do movimento cultural de Brasília. Sua trajetória profissional reúne mais de 50 espetáculos teatrais e de dança, diversos curtas e longas metragens e passagens significativas por áreas estratégicas da gestão cultural do DF. Detalhe: o programa foi abrilhantado com músicas de seu repertório pessoal e profissional compostas por Kurt Weill, Chopin ... e Joubert de Carvalho. Uberabense divulgando uberabense.

Casa lotada
Realizado no fim de semana pela Fundação Cultural de Uberaba, com patrocínio da Petrobras e apoio da Associação Cultural Casa do Folclore, o 2º Festival Nacional de Catira lotou a Casa do Folclore e emocionou os presentes com música raiz de qualidade e barulho afinadíssimo no tablado. Quem foi ao evento saiu de lá viciado em catira.

Revelação
Não faltaram sequer as surpresas na premiação. Além de Melhor Grupo e Revelação para o quase recém-criado Grupo de Catira Revelação - formado por adolescentes, também mereceu e recebeu aplausos o Destaque Individual para o menino Antônio Neto, do Grupo de Catira Raízes - que também levou o 1º lugar de Minas Gerais. Criança e adolescentes fazendo história na catira - ou cateretê, como dizem os mineiros ...


O FUTURO - O 2º Festival Nacional de Catira, realizado em Uberaba no fim de semana, foi um alento pra quem defende a preservação do folclore e da cultura para as próximas gerações. Com apenas um ano de existência e formado por adolescentes, o Grupo de Catira Revelação, de Uberaba, levou dois prêmios: de Melhor Grupo do Festival e de Revelação. (Foto: Rúbio Marra)


O DESTAQUE - Não foram só os adolescentes que fizeram história no 2º Festival Nacional de Catira. Teve criança ajudando a escrever o futuro do cateretê. O menino Antônio Neto - aí, no centro do Grupo de Catira Raízes, levou o prêmio de Destaque Individual. (Foto: Rúbio Marra)