Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Bastidores

ACESSIBILIDADE: A A A A
Bastidores 05/12/2015
Bastidores
Bastidores
Bastidores

ABCZ unida para seguir em frente

 

Divulgação

O criador Frederico Cunha Mendes é candidato à presidência da ABCZ

 

A Associação Brasileira de Criadores de Zebu (ABCZ), sediada em Uberaba, é uma das maiores entidades representativas de gado no mundo, com mais de 20 mil associados. Sob sua tutela, estão as oito raças zebuínas que deram origem aos mais de 200 milhões de bovinos existentes no Brasil, responsáveis por colocar o país na liderança das exportações mundiais de carne bovina e, ao mesmo tempo, abastecer a gigantesca demanda interna, próxima dos 40kg de carne/habitante/ano, o consumo per capita brasileiro. “A ABCZ participa ativamente das grandes lutas em defesa dos produtores. É um trabalho diário e que ainda precisa se consolidar, visto que os desafios atuais são muito maiores do que os de 20 ou 30 anos atrás”, definiu o criador Frederico Cunha Mendes, ou apenas Fred, como é conhecido. E, para materializar uma ABCZ cada vez mais atuante, representativa, transparente e unida, em todas as frentes, é que Fred é candidato à presidência da associação nas próximas eleições, em agosto. A indicação de Fred não ocorreu por acaso. Ele já participou de quatro gestões e tem o zebu no DNA.  É neto de Torres Homem Rodrigues da Cunha, fundador da centenária “Marca VR”, e filho de José Olavo Borges Mendes, que deixou legados como presidente da ABCZ em três gestões.

 

Querem rapidez

“Primeiro, não queriam nem ouvir falar de impeachment. Agora, que o suspense acabou, Lula e os petistas têm pressa de vê-lo julgado o mais rápido possível, tentando uma vitória política antes que o assunto esquente demais e escape de controle. Acontece que o impeachment é preferência nacional por parte de 70% da população! Nas manifestações, já era o mote principal. Agora, senhores petistas, não queremos pressa... Dilma e Cunha nos cozinharam em fogo lento o ano inteiro, o país paralisado no caos... e só agora Lula se deu conta disso e ficou com pressa por razões de particular conveniência? Pois, a nós não nos convém tanta pressa agora, Sr. Lula da Silva. Sigamos o ditado que diz: quem tem pressa come cru! Vamos para 2016!” Nota envidada pela leitora Mara Montezuma Assaf.

 

Ajudaram na forca!

“Mesmo sendo leiga em linguagem corporal, não fica difícil ver a diferença entre o ex-presidente Lula e Rui Falcão, presidente do PT, ao comentarem o pedido de impeachment contra a presidente Dilma. Os dois estavam visivelmente sem jeito, olhando para lugar nenhum, com voz baixa e sem convicção! Principalmente, ao falarem do esforço da presidente Dilma para ajeitar o imbróglio econômico em que colocou o país. Tudo isso como se o próprio Lula não estivesse detonando com as medidas tomadas por ela para recuperação da economia. Até a cabeça do ministro Joaquim Levy ele já tramou. Fizeram o que puderam para dividir o próprio partido, na esperança de recuperar a aprovação perdida. Lei da ação e reação. Os dois ajudaram a enforcar a própria presidente.” Comentário feito pela leitora Beatriz Campos.

 

Responsabilidade

“Absolutamente necessário o impeachment não somente da presidente Dilma, mas do Congresso Nacional, do Senado Federal, pois estão comprovadamente envolvidos em crimes de responsabilidade, quebra de decoro e outras falcatruas. Somente um impeachment generalizado para retomar crescimento, gerar empregos, promover a exportação, criar confiança no investidor estrangeiro e movimentar a economia. É pública e notória a incompetência, a ingerência e a displicência de todos os três poderes ao transformarem o país em um completo caos, tornando
impossível a governabilidade. Será oportuna a proibição do exercício do voto para todos que recebem qualquer benefício governamental, caracterizando compra de votos, bem como a proibição de empresas investigadas ou condenadas por corrupção de participarem de licitações públicas. A limpeza precisa ser completa, visto a inexistência de seriedade e ética na política, pois pleiteiam somente favores aos lobistas e financiadores de campanha ou barganhas políticas, em nenhum momento trabalhando em prol da nação e da cidadania.” O comunicado foi do leitor Daniel Marques.

 

Nada brilhante

“Em tempos de prisões preventivas, corruptos e corruptores aparecem na grande mídia, e isso ocorreu com o jovem banqueiro André Esteves. Considerado uma máquina de fazer investimentos, caiu como um meteoro em função também da prisão de Delcídio Amaral, onde o filho do Nestor Cerveró, Bernardo Ceveró, gravou uma tramoia do Delcidio, estilo Mário Juruna, que o André bancaria um mensalinho de R$ 50 mil para a família, quando saísse do país. Não deu certo, o tiro saiu pela culatra, mas quem mais perdeu foi o André Esteves. Em 5 dias úteis, preso e com uniforme de Bangu 8, seu Banco BTG perdeu R$ 10 bilhões de valor de mercado, com sua capacidade de mente brilhante. Seria essa a grande estratégia de uma mente brilhante, ou uma ganância pela riqueza e oportunismo nessa tramoia da operação Lava Jato? Delcídio, agora é sua vez de entregar tudo, porque a coisa ficou feia. Os criminosos não vencerão a Justiça”, relatou o leitor José Pedro Naisser.

 

Confirmação

O senador Aécio Neves, presidente nacional do PSDB, afirmou, quinta-feira (3), que a presidente Dilma Rousseff iniciou mal sua defesa no processo de impeachment, aberto no início da semana na Câmara dos Deputados, ao mentir aos brasileiros, em pronunciamento oficial feito no Palácio do Planalto, quando negou ter mantido negociações com o deputado Eduardo Cunha em troca do arquivamento do pedido de impeachment. Aécio destacou que as negociações mantidas pelo Palácio do Planalto e o presidente da Câmara ocorreram intensamente nas últimas semanas, com o aval da presidente.

 

Homenagem

Kaká Se Liga quer homenagem especial para a Escola Estadual Irmão Afonso pelos 50 anos de existência.  Para isso, apresentou um requerimento, o qual foi aprovado em sessão legislativa na Câmara Municipal de Uberaba. De acordo com o vereador, a instituição possui grande importância na educação uberabense. “É meio século de história e de serviços prestados à comunidade”, afirmou.