Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Bastidores

ACESSIBILIDADE: A A A A
Bastidores 25/05/2013
Bastidores
Bastidores
Puxão de orelhas

Visivelmente constrangido - principalmente porque os companheiros vereadores fizeram das tripas o coração para acertarem as falhas de um projeto em discussão, o líder do prefeito Paulo Piau (PMDB) na Câmara e colega de partido, Tony Carlos, pediu mais atenção da assessoria jurídica do atual governo em relação às matérias enviadas ao Legislativo. As falhas eram tantas, que o líder pediu a retirada do projeto - apesar da importância do assunto.

Todo cuidado é pouco
Não se sabe se por inocência ou inexperiência, o certo é que parte importante da assessoria do atual governo anda avaliando que "os fins justificam os meios". Ou seja: se o objetivo é fazer o bem, então vale qualquer coisa, inclusive passar por cima dos trâmites legais e burocráticos. A moral da história é que estes pequenos deslizes podem render grandes problemas futuramente nas prestações de contas do prefeito.

Tira-teima
Ex-peemedebista, Anderson Adauto está na mira do PRB de Minas Gerais, legenda comandada pelo deputado federal George Hilton. Presidente estadual do PRB Jovem de Minas Gerais, mais jovem eleito em Uberaba na atual legislatura, e 1º vereador do partido na cidade, Franco Cartafina, recebeu a incumbência de intermediar os primeiros contatos entre as partes. Um tremendo teste político para o jovem vereador. Vale lembrar que outros partidos estão tentando atrair a filiação do ex-prefeito.

Pela lógica
Demorou muito pra Universidade Federal do Triângulo Mineiro - UFTM, aderir ao Exame Nacional do Ensino Médio - Enem. É no mínimo despropositado que uma universidade que vive do dinheiro do governo federal (do povo) se recuse a adotar programas do próprio governo federal (que beneficiam o povo).

Só pra lembrar...
Em notas exclusivas publicadas na edição do dia 21 de maio, Bastidores revelou que a UFTM se beneficiou da maior fatia de todos os recursos liberados através de convênios com a União, nos últimos 17 anos. Dos R$ 502,238 milhões aplicados nestes convênios, a União destinou mais de R$ 300 milhões só para a instituição. Fonte:  Portal da Transparência da Controladoria-Geral da União/Governo Federal.

Enem/Sisu
Enfim, o certo é que, a partir de 2014, a UFTM vai aderir plenamente ao Sistema de Seleção Unificada - Sisu, gerenciado pelo Ministério da Educação. O estudante interessado em concorrer a uma vaga a partir do ano que vem deve, obrigatoriamente, se inscrever para a realização das provas do Enem 2013, cujas inscrições estão abertas. O cadastro pode ser feito no site (www.sistemas enem2.inep. gov.br /inscricaoEnem) até as 23h59 de 27 de maio - segunda-feira.

Controvérsias
E enquanto as entidades representativas da categoria esperneiam contra a ideia do governo federal de importar médicos de outros países, a rede pública brasileira - leia-se o povo, continua sofrendo com a pouca adesão destes profissionais ao conceito de função social. Que o diga a rede de saúde pública de Uberaba! Última edição do Porta-Voz, jornal oficial/virtual do município, por exemplo, traz nada menos do que 20 pedidos de demissão numa só tacada. 

Função social
Nem mesmo os vários decretos de situação de emergência baixos nos últimos anos - dois deles já no novo governo municipal, a Secretaria Municipal de Saúde não consegue preencher pouco mais de 70 vagas. Na verdade, elas são preenchidas hoje e poucos dias depois - ficam outra vez literalmente vagas. E não estamos falando aqui, de salário... mas, sim, de função social, lembrando que muitos, inclusive, se formam de graça.

1º mundo
Além da necessidade de preencher as vagas públicas - para se cumprir o direito constitucional do povo à saúde e à vida, vale lembrar que a importação de médicos acontece até mesmo em países de primeiro mundo. Esta semana, o General Medical Council - GMC, equivalente na Grã-Bretanha ao Conselho Federal de Medicina do Brasil, divulgou que os médicos de fora representam 37% do total de profissionais naquele país.

Uberaba x Uberlândia (Concorrência)
Não são apenas alguns vereadores de Uberaba - liderados por Tony Carlos (PMDB), que andam com um pé atrás em relação a Uberlândia. Uberabense Antonio Marques Neto - diretor do HSBC Bank Brasil, em São Paulo, por exemplo, defende que Uberaba articule para concorrer com a vizinha. Sempre participativo em tudo que diz respeito a Uberaba, ele encaminhou e-mail à coluna, refletindo uma série de questões.

Marketing
De acordo com ele, está passando da hora de as lideranças políticas e empresariais darem destaque à logística oferecida por Uberaba através de investimentos recebidos nos últimos tempos. Estes investimentos - segundo ele, funcionam como cartão de visitas para atrair novos empreendimentos. Antonio Neto cita, ainda, a facilidade de acesso a São Paulo, Belo Horizonte, Brasília e Goiânia, e acha que Uberaba tem força para "atrair, inclusive, concorrentes de peso dos atacadistas de Uberlândia."

Efeito Rondon
Além destas ações de curto prazo, Antonio Neto sugere que Uberaba aproveite o atual estreitamento de relações com os governos estadual e federal para conquistar o asfaltamento da BR-464 entre Uberaba/Prata/Ituiutaba, bem como entre Uberaba/Delfinópolis. Diz que estas ligações teriam efeito deslocador dos eixos de tráfego para Uberaba, "como ocorreu no passado, quando o então governador Rondon Pacheco contemplou nossa vizinha com várias ligações rodoviárias".

Setentão
Amigos e seguidores do empresário Tião Silva estão no maior agito. É que ele faz aniversário dia 2 de junho. Cidadão da mais alta qualidade, Tião soma 70 anos de uma vida recheada de paixão por Uberaba, idealismo e lealdade aos companheiros.