Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Bastidores

ACESSIBILIDADE: A A A A
Bastidores 20/07/2016
Bastidores
Bastidores
Bastidores

Auditores da Receita aderem às paralisações

Divulgação

Categoria cobra cumprimento do reajuste salarial acordado com governo

 

Auditores fiscais, policiais federais e analistas tributários da Receita Federal, em Uberlândia e Uberaba, aderiram à paralisação nacional da classe, que começou ontem. Segundo a Delegacia Sindical, as categorias cobram o cumprimento imediato do reajuste salarial acordado com o Governo Federal, no começo deste ano. O Ministério do Planejamento disse que avaliará os acordos feitos na gestão da presidente afastada. Em assembleia nacional realizada em Brasília, foi decidido que desde ontem, haverá paralisação nacional das atividades das categorias, todas às terças e quintas-feiras, em todo o país.

 

 

Esclarecimentos

Uberaba teve na manhã de ontem um encontro entre chefes de cartórios e representantes de partidos políticos de Uberaba, Água Comprida, Delta e Campo Florido, para esclarecer dúvidas sobre as Eleições 2016. Entre os assuntos abordados estavam os registros de candidatos, as regras para propaganda eleitoral e prestação de contas. Todos os partidos políticos foram convidados para a reunião.

 

WhatsApp volta

O STF (Supremo Tribunal Federal) suspendeu liminarmente a decisão de bloqueio do aplicativo WhatsApp. O presidente Ricardo Lewandowski determinou o reestabelecimento imediato do serviço de mensagens. Lewandowski considerou a decisão da juíza de Duque de Caxias desproporcional e disse que "a suspensão do serviço aparentemente viola o preceito fundamental da liberdade de expressão e comunicação (artigo 5º, inciso IX, da Constituição Federal) e a legislação de regência sobre a matéria."

 

Creci em Uberaba

 

Com o propósito de levar mais capacitação aos corretores de imóveis de Uberaba, o Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Minas Gerais (Creci-MG) realiza, amanhã, mais uma edição do evento Capacitar. Na ocasião, o superintendente do órgão e advogado especializado em direito imobiliário, Ricardo Mendes, irá palestrar sobre as principais formas de aquisição da propriedade e o usucapião no Código de Processo Civil. Além do superintendente, o presidente do Creci Minas, Newton Marques Barbosa Jr. estará presente. O evento é gratuito e acontecerá na Delegacia Regional do Creci Minas em Uberaba, às 19h. Inscrição: (34) 3332-4847 ou creciuberaba@crecimg.gov.br . Endereço: avenida Leopoldino de Oliveira, 3017, Centro, Uberaba.

 

Bons antecedentes

Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), em parceria com a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), está disponibilizando desde ontem a emissão do atestado de antecedentes nos terminais de autoatendimento das Unidades de Atendimento Integradas (UAIs), pela internet e também pelo aplicativo MG App, não sendo mais necessária a emissão por meios físicos. A medida, além de desonerar o Estado dos gastos da emissão em papel, traz uma série de benefícios aos cidadãos, como: a facilidade para retirada do documento, a inexistência de filas e burocracias, o custo zero para a emissão, a comodidade e a rapidez do processo.

 

Jovens empreendedores

A internet e as redes sociais são as principais ferramentas dos jovens empreendedores brasileiros para se informarem sobre o mundo dos negócios e se relacionarem com seu público-alvo. Segundo uma pesquisa divulgada recentemente pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), para mais da metade dos jovens empreendedores (51,9%), o WhatsApp, aplicativo de mensagens instantâneas, é o principal canal de comunicação com os clientes. Em seguida, aparecem os perfis em redes sociais como Facebook e Instagram (41,2%) e os anúncios pagos no Facebook (26,9%), deixando para trás ferramentas tradicionais como campanhas publicitárias (4,6%) e e-mail marketing (8,5%).

Adeus querida!

Qual será o ghost writter que criou essa figura de retórica que Dilma vem repetindo em todas suas apresentações? Mal comparando o golpe militar na Turquia com o que ela chama de golpe parlamentar contra seu governo, ela cria uma imagem de que no golpe militar a árvore da democracia vem abaixo a golpes de machado, e no golpe parlamentar a árvore é consumida por parasitas.  Esse redator fantasma é um pouco melhor do que aquele que a mandou saudar a mandioca, mas carece de veracidade. Porque quem consumiu a democracia e os cofres do país, os empregos dos trabalhadores e a comida farta na mesa dos brasileiros foram os desgovernos de Lula e Dilma, e isso já é motivo suficiente para que ela saia do poder. Adeus, querida! Comentário da leitora Mara Montezuma Assaf.

 

Ranço colonizador!

Quer dizer então que vinte e oito congressistas franceses, sem nenhum conhecimento da Constituição brasileira, resolveram fazer um manifesto de agravo pelo “golpe” na presidenta gerenta incompetenta Dilma? Um país tão organizado e responsável pela vida dos seus cidadãos, que despreparado, deixa um caminhão de toneladas, por dois quilômetros até que fosse devidamente parado por policiais, sair arrastando e matando mais de uma centena dos seus cidadãos? É o tal negócio. Filosofar é bom, mas não resolvem problemas adquiridos quando no passado “invadiram países, exploraram suas riquezas” e cujo carma recebem agora, com terroristas os ameaçando diuturnamente. Provavelmente esses 28 congressistas franceses, adoram a “democracia” bolivariana, cubana e por que não dos próprios terroristas? Mesmo com nossos inúmeros problemas deixados pela presidenta Dilma, ainda precisamos dormir com uma idiotice vinda a la carte “ranço colonizador francês"? Haja paciência! Nota enviada pela leitora Beatriz Campos.