Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Bastidores

ACESSIBILIDADE: A A A A
Bastidores 30/07/2016
Bastidores
Bastidores
Bastidores

Entrega das lonas para os feirantes

 

Enerson Cleiton

Segundo secretário José Geraldo Celani, lonas podem ser retiradas na Ceasa Uberaba

 

Secretaria de Desenvolvimento do Agronegócio (Sagri) segue com a entrega das lonas para os feirantes das feiras I e II. Segundo informações do secretário da pasta, José Geraldo Celani, a ação teve início quinta-feira (28). “A entrega será feita desde que os feirantes cumpram com o que foi acordado entre eles e a prefeitura, como por exemplo, a pintura da ferragem e a regularização dos documentos”, explica. Celani acrescentou. “O projeto de padronização das lonas faz parte do processo de uniformização da Feira Livre, que foi selecionada como uma das ações prioritárias de 2015. As lonas podem ser retiradas na Central de Abastecimento do Vale do Rio Grande (Ceasa Uberaba)”, encerrou.

 

Codau esclarece

Várias ocorrências nas redes de abastecimento, ao longo desta semana, provocaram a suspensão de água para o Jardim Induberaba. O Codau realizou intervenções nas redes de água do Parque Gameleiras, além do conserto de uma adutora no domingo (24). E nesta sexta-feira (29), uma nova ocorrência foi registrada em adutora nas proximidades do Posto Uberdiesel. O conserto da tubulação está em andamento, e até a sua finalização haverá suspensão de água para o bairro. A previsão foi de que a distribuição seria normalizada ainda na sexta-feira. O Codau esclarece que as paradas na distribuição de água para a realização de intervenções técnicas nas redes são ações rotineiras e necessárias, e que não há relação com falta de água para o abastecimento público.

 

Indignação

Comerciante do bairro Maracanã ficou indignado com a falta de compromisso da Polícia Militar. “Fui assaltado nessa sexta-feira, às 11h40, imediatamente acionei a Polícia Militar e até às 15h ninguém compareceu em meu estabelecimento comercial. Sou um cidadão que pago os impostos em dia, e quando você precisa do serviço público não funciona”, desabafou o comerciante. O assalto aconteceu na Mercearia Maracanã, rua Gildo Zago, 113. Fica o registro de um cidadão do bem.

Trânsito é liberado

A Prefeitura de Uberaba liberou quinta-feira o trânsito na rua Cândida Mendonça Bilharinho, que está passando por uma revitalização. Todo o serviço de renovação do asfalto foi finalizado e a via teve o fluxo liberado. O superintendente de Trânsito, Ulisses Lamas pede a atenção dos motoristas que trafegam pelo local, uma vez que é preciso esperar que o novo asfalto passe por um tempo de cura, para poder implantar a sinalização horizontal, bem como os tachões que vão separar as pistas (nos moldes da avenida Santos Dumont). O superintendente adianta ainda que no final de semana a rua Conceição das Alagoas, no entroncamento com a avenida Guilherme Ferreira, que está em obra, deve ser liberada totalmente, visto que falta apenas ajustes nas grelhas que estão sendo feitas.

Queimadas assustam

Deprimente ler que as queimadas do ano de 2016 já são as maiores já registradas desde o ano de 1997 no estado de Minas Gerais. Qualquer criança aprende nas escolas e por experiência que o planeta está aquecendo e os animais, a água, a vegetação e as florestas estão diminuindo, enquanto as queimadas apenas pioram a situação e trazem prejuízos a todos os seres e ao meio ambiente. Será mais produtivo que ao invés de o governo gastar milhões somente com o combate aos incêndios florestais deveria investir em educação ambiental desde os primeiros anos escolares, para a formação de uma consciência preservacionista, conforme já estipulado nas leis das diretrizes básicas da educação, que obrigatoriamente deveriam ser observadas por todas as escolas do país. Comentário do leitor Daniel Marques.

Herança diabólica!

Apenas na região metropolitana de São Paulo existe 1,99 milhão de desempregados, e levando em consideração, esses desempregados são arrimo de família, em média, com três dependentes, chegamos a conclusão que praticamente metade da população urbana está com sérios problemas para se manter. O “lullodilmismo” não nos deixou uma “herança maldita” e sim uma “herança diabólica”. Vemos porque se reeleger fazendo conchavo com o diabo no que dá, porque quem paga a conta ao diabo são os súditos eleitores. Se isso está acontecendo em São Paulo, imagine no resto do país? Mais um motivo contundente para que nossos digníssimos senadores afastem de vez esse pesadelo chamado Dilma Rousseff! Nota enviada pela leitora Beatriz Campos.

 

Terrorismo

O Projeto de Emenda Constitucional nº 241 (PEC 241) demonstra de forma clara o que está na agenda política do governo Michel Temer e na pauta econômica do ministro Henrique Meirelles. A proposta impõe um limite para o aumento do gasto público federal definido pela inflação do ano anterior, por um período de 20 anos. Realizando uma simulação da medida para o período de 2003 a 2015, em vez da trajetória ascendente do Gasto Social Federal aplicado nos governos Lula e Dilma, o Plano Temer/Meirelles significaria um congelamento de todo gasto federal em termos reais. Em valores reais de dezembro de 2015, a PEC 241 teria retirado 3,2 trilhões de reais de recursos federais aplicados na política social. As perdas de recursos seriam da ordem de 453,9 bilhões de reais em educação e cultura (39% a menos). Um dos resultados práticos da simulação seria a inviabilidade da implantação da Universidade Federal (UFTM) e do Instituto Federal (IFTM) em Uberaba.

Mostra fotográfica

O concurso de fotografia “Indústria em Foco” é um momento cultural e artístico de Uberaba e região para que fotógrafos profissionais e amadores, trabalhadores da indústria, possam expressar através da imagem seu olhar sobre a indústria. Prédios, maquinários, pessoas, produtos e todo o universo da produção poderão ser clicados e retratados através de câmeras de celular, máquinas simples ou profissionais. As fotos que alcançarem de forma mais expressiva a temática indústria serão expostas durante três meses no muro de vidro do Teatro Sesi Uberaba. Inscrições: 15 de julho a 15 de agosto. Exposição: Setembro a novembro de 2016. Local: Muro de Vidro: Sesi Uberaba - Centro de Cultura José Maria Barra/Teatro Sesi Uberaba.