Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Bastidores

ACESSIBILIDADE: A A A A
Bastidores 18/08/2016
Bastidores
Bastidores
Bastidores

Lar da Caridade doa van para o HC da UFTM

 

João Pedro Vicente/HC-UFTM

Diretora do Lar da Caridade entrega as chaves ao superintendente do Hospital de Clínicas

 

Na terça-feira (16), a instituição filantrópica Lar da Caridade realizou a doação de uma van Citroen Jumper para o Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro. O furgão possui 16 lugares e será utilizado no transporte de pacientes e insumos entre o HC e as instalações do novo Centro de Oncologia, que receberá o nome HC-UFTM - Unidade Dona Aparecida do Pênfigo. A respeito do veículo doado, a diretora do Lar da Caridade, Ivone Aparecida Vieira da Silva, comenta que “o trabalho realizado pelo Hospital de Clínicas necessita do transporte, de modo a aumentar a qualidade de vida dos pacientes.” A entrega das chaves aconteceu no pátio da instituição doadora, contando também com a presença do gerente Administrativo do HC, Augusto César Hoyler e da chefe da Divisão de Logística e Infraestrutura, Marisley Francisco.

 

Solidariedade

“Aos amigos do JORNAL DE UBERABA, impossibilitado de render uma última homenagem ao amigo Fabiano Fideles por motivo de viagem, faço coro ao lamento de vocês do JU pela perda do jornalista, do empresário, do chefe de família e do amigo. Uberaba perde muito com sua ausência, mas tenho certeza que seu legado será um exemplo e referência para todos nós. Consternado deixo aqui um grande abraço a toda família do JU”, envia telegrama Nagib Facury - Construtora Santa América Ltda.

 

Solidariedade II

“Aos dignos familiares de Fabiano Fideles e aos integrantes da valorosa comunidade do vibrante ‘JORNAL DE UBERABA’, à qual me sinto integrado como colaborador semanal, transmito a manifestação sincera de meu pesar e solidariedade nessa hora dolorida que marca a passagem do brilhante jornalista e grande líder empresarial a um outro plano existencial. Celebro na figura do companheiro que deixa o nosso convívio o cidadão prestante comprometido com as causas comunitárias e empenhado na construção de um mundo melhor. O pensamento mais adequado que encontro para traduzir o sentimento que a todos nos envolve é retirado de uma fala de Richard Bach: ‘Existe um jeito simples de saber se está cumprida a missão de alguém. Se está vivo, não está’. Fraternalmente”, comentário do articulista do JU, Cesar Vanucci.

Feirantes

A Secretaria de Desenvolvimento do Agronegócio (Sagri) convoca os feirantes para buscarem as lonas das barracas das Feiras I e II, sendo esses os feirantes da primeira etapa do projeto. A distribuição do material já foi iniciada na Central de Abastecimento do Vale do Rio Grande (Ceasa Uberaba). O secretário José Geraldo Borges Celani frisa que a entrega das lonas será feita de acordo com o tamanho das barracas e, em contrapartida, os feirantes terão que pintar as ferragens na cor azul marinho. A exigência foi acordada entre ambas as partes após uma reunião realizada na Sagri. O secretário ainda explica que somente os feirantes que estão regularizados poderão retirar o material. O agendamento do horário para a retirada da lona pode ser feito com o agente de fiscalização da Sagri, Ricardo Silva Martins, pelo telefone 99251-8801.

Hemocentro fechado

Excepcionalmente neste sábado (20), o Hemocentro Regional de Uberaba não irá funcionar devido ao corte no fornecimento de energia elétrica que será realizado para manutenção de transformador. O atendimento volta ao normal na segunda-feira (22). Para informações sobre os critérios para doação de sangue, ligue 155 – opção 8.

 

Safra de cana

De acordo com o segundo levantamento da safra 2016/2017 de cana-de-açúcar, o Brasil deverá produzir 684,77 milhões de toneladas do produto. A estimativa foi divulgada ontem, pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Os números representam um crescimento de 2,9% em relação à safra anterior. Entre os produtos beneficiados, a produção de açúcar deverá atingir 39,96 milhões de toneladas, 19,3% superior à safra 2015/16, em função de preços mais rentáveis. Já a produção de etanol deve se manter acima de 27,8 bilhões de litros, redução de apenas 8,5%, em função da preferência pela produção de açúcar.

Verba para HC-UFTM

O Ministério da Saúde publicou, no Diário Oficial da União de 17 de agosto, portaria estabelecendo a destinação de R$ 75 milhões a 40 hospitais universitários federais. Ao Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro corresponde descentralização orçamentária de R$ 3,5 milhões. Provenientes do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais - Rehuf - os recursos devem ser utilizados para custeio dos serviços ambulatoriais e hospitalares prestados pelas unidades contempladas.

Feirão MRV

Somente neste fim de semana, entre os dias 19 e 21 de agosto, das 8h às 18h, a MRV Engenharia promove em Uberaba o Feirão “Para Tudo” MRV, onde reunirá as melhores condições de compra de imóveis, incluindo zero de sinal e entrada parcelada em até 36 vezes. A programação acontece nos plantões de venda da construtora na cidade e pelo atendimento online e reunirá opções de apartamentos na planta, em construção ou prontos para morar nas melhores localizações da cidade. Locais: avenida D. Maria de Santana Borges, 1500; rua Senador Pena, 312; avenida Leopoldino de Oliveira, 406; e avenida Tonico dos Santos, 409.

 

Impeachment

Na abertura do julgamento do impeachment da presidente afastada Dilma no Senado, a senadora Vanessa Guilhotin (PCdoB-AM), usando de sua costumeira “guilhotina verbal”, leu em plenário nota veiculada nos jornais em que o senador americano Bernie Sanders afirma que o processo de impeachment da presidente afastada é “golpe de estado”. Recomendando inclusive que os EUA adotem posição definitiva contra. Engraçado que para a esquerda brasileira, tudo que venha do primo rico do norte (EUA), capitalista selvagem, é considerado péssimo. Causa urticária, mas o desespero de perder a boquinha consegue fazer o possível e impossível para nossa esquerda falida. Foi a mesma coisa que pegar o jornal, tapar o nariz, fazer ouvido de mercador e ler a tal notinha. O que o desespero não faz, não é? Nota enviada pela leitora Beatriz Campos.