Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Bastidores

ACESSIBILIDADE: A A A A
Bastidores 23/10/2013
Bastidores
Bastidores
Bastidores

As listas da hora 
Sistema Filiaweb da Justiça Eleitoral recebeu listas de filiações até na madrugada de segunda-feira/terça-feira, 21/22 de outubro. Cumpriu assim, o cronograma previsto no calendário das eleições de 2014. Nestas listas estão os nomes das pessoas que tiveram até 5 de outubro para se abrigarem nas legendas pelas quais pretendem candidatar-se. A Justiça Eleitoral prometeu que as listas estariam no Filiaweb até dia 21. 

2ª chance
A partir de agora, os filiados envolvidos em duplicidade têm até o dia 11 de novembro para apresentarem suas justificativas perante os cartórios. Já os juízes eleitorais têm até o dia 21 de novembro para decidirem sobre todas elas. Se não houver correção na dupla filiação, a legislação determina o cancelamento de ambas.

Sub judice
E esta história de dupla filiação não é brincadeira, não! Pra se ter uma ideia, dos 31.188 nomes de Uberaba registrados no Filiaweb, nada menos do que 686 estão sub judice – ou, em outras palavras, sob suspeita de terem dupla filiação. Alguns motivos detectados ao longo dos períodos eleitorais, indicam: pressa por causa do fim do prazo; esquecimento de que já estava filiado em outro partido; e assim vai.

Bomba! Bomba!
O tempo – e as mudanças que ainda vão acontecer, pode até reverter o que está lá, no sistema Filiaweb...Mas, por enquanto, nem todos os anjos, santos e velas acesas pra eles, conseguiram trocar o Democratas e o PMDB de lugar no ranking das filiações de Uberaba. O DEM continua onde esteve ao longo das últimas décadas: na liderança, e o PMDB idem: no segundo lugar.

Muita calma nessa hora...
O silencioso DEM presidido pela advogada Eclair Gonçalves aparece com 5.406 filiados, sendo que 66 deles estão sub judice. Já o barulhento PMDB do prefeito Paulo Piau, e presidido pelo professor Eduardo Palmério, aparece com 5.265 filiados, incluindo 308 sub judice. É óbvio que o PMDB ainda pode completar os números cantados em verso e prosa: entre 6.000 e 8.000. A diferença é que, entre os filiados registrados após o dia 21, não pode haver candidato.

Sem discriminação
Também chamam a atenção os números das legendas recém-criadas no Brasil, e já fundadas em Uberaba. O Solidariedade – SDD, aparece com cinco filiados, um deles sub judice: o presidente da Cooperativa dos Empresários Rurais do Triângulo Mineiro – Certrim, e ex-vice-presidente do PDT/Uberaba, Luiz Henrique Borges Fernandes. Ele acompanhou o vereador Luiz Dutra, ex-presidente do PDT, que está articulando a criação do SDD na cidade. Nem precisa investigar... Deve ter esquecido de cancelar a filiação pedetista.

Questão de tempo
Ainda sobre o Solidariedade, só tem um vereador entre os cinco filiados: o próprio Luiz Dutra. Portanto, as filiações dos vereadores Elmar Goulart – presidente da Câmara, e Paulo César Soares – 2º secretário, ainda não estão devidamente registradas. Os dois deixaram o PSL e se deslizaram em solidariedade ao colega Luiz Dutra.

Prós e contra
Quanto ao Partido Republicano da Ordem Social – o recém-criado PROS, está com três filiados, um deles, o vereador Cléber Humberto Ramos, que deixou o PMDB, fundou a nova legenda e assumiu sua presidência em Uberaba. Levando em conta que a executiva provisória tem cinco integrantes, então existem dois filiados soltos por aí, mas ainda não incluídos no sistema Filiaweb da Justiça Eleitoral.

Tête-à-tête
Secretária de Educação e Cultura, Silvana Elias, ganha pontos com a Comunicação e o Gabinete da Prefeitura de Uberaba. Não fica deitada em berço esplêndido esperando o próprio prefeito Paulo Piau responder aos questionamentos, em seu mural no Facebook, sobre assuntos relacionados à educação. Vai lá, e responde...

Agentes
Turma grande de Uberaba está de olhos e ouvidos voltados para a Câmara dos Deputados – e pode ter boa notícia nas próximas horas. É que o projeto que estabelece um piso nacional e reajustes anuais para os agentes comunitários de saúde está na pauta de votações desta semana. Pode ser hoje, inclusive.

O deputado
Assembleia Legislativa de Minas Gerais convocou ontem, por volta de 19h, o vereador Tony Carlos (PMDB) para assumir a vaga deixada pelo deputado estadual José Henrique, morto em agosto deste ano. Prazo para que o 1º suplente, o prefeito de Teófilo Otoni, Getúlio Neiva (PMDB), desistisse ou assumisse a vaga terminou anteontem, e ele optou por manter o cargo no governo municipal.