Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Bastidores

ACESSIBILIDADE: A A A A
Bastidores 26/10/2013
Bastidores
Bastidores
Bastidores

PERSONALIDADE - Cricri até debaixo d’água, o vereador João Gilberto Ripposati, considerado um dos políticos de Uberaba da mais alta qualidade, simplesmente cansou de esperar uma ação do ex-governo Anderson Adauto, e pôs a mão na massa pra limpar a grama que tomou conta da Unidade de Saúde do bairro Alfrefo Freire – seu reduto eleitoral

 

Convocação
Comando estadual do PMDB em Minas Gerais quer que a Comissão Executiva Municipal Provisória da legenda em Uberaba convoque e realize convenção para eleger o Diretório Municipal – que foi extinto durante o processo eleitoral de 2012, dando lugar às provisórias indicadas pelas lideranças, em vez de um diretório eleito pelo voto dos filiados. Prazo: até 25 de novembro de 2013.

Maldadinha
(Versão 1)
Ex-vereador Tony Carlos toma posse na Assembleia Legislativa de Minas Gerais na terça-feira, às 14h, e vai direto para o Edifício Tiradentes – uma das divisões do prédio da rua Rodrigues Caldas, em Belo Horizonte, que abriga os gabinetes dos deputados estaduais. Amigos do uberabense o aconselham a levar algumas velas pra acender para os santos de sua preferência. É que, entre outras coisas, os elevadores não funcionam direito.

Preferências
É público e notório na política mineira que os melhores gabinetes estão no Palácio da Inconfidência – a outra ala do mesmo prédio. Lá, inclusive, fica o gabinete do falecido José Humberto (PMDB), que abriu a vaga para Tony Carlos. Detalhe: José Humberto tinha vários mandatos na Casa, era vice-presidente, ligações poderosas... Detalhe 2: Tony está chegando agora!

Maldadinha
(Versão 2)
Os dois deputados estaduais de Uberaba, Adelmo Leão (PT) e Antônio Lerin (PSB), ocupam gabinetes no Palácio da Inconfidência.

Famosas...
Ninguém entendeu o motivo de um projeto tão polêmico ter sido incluído na pauta de ontem, quando o plenário da Câmara faria sessão extraordinária para a renúncia do então vereador Tony Carlos, também então líder do prefeito Paulo Paulo (PMDB) na Casa. 

...e polêmicas
Mas todo mundo já esperava e entendeu a retirada de pauta do projeto que autorizava o Executivo a qualificar e/ou contratar Organizações Sociais e Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público – as famosas e polêmicas Oscips. 

Versões
Elas são aquelas Organizações Não-Governamentais – ONGs, geralmente criadas por iniciativa privada, com certificado emitido pelo poder público federal mediante o cumprimento de alguns requisitos. Pra muita gente, entregar um bem público para ser gerenciado por uma Oscip é simplesmente privatizar. Para outros, é investir na razoabilidade, na agilidade, na capacidade administrativa...

Armados
Alguns vereadores chegaram ao plenário, na sessão de ontem, armados até os dentes - de emendas ao projeto das Oscips. O tucano João Gilberto Ripposati que o diga! Membro da Comissão Permanente de Saúde e Saneamento e presidente das comissões permanentes de Infraestrutura; de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável; e de Participação Popular, Ripposati tinha emenda pra todos os gostos, caso o projeto chegasse a ser votado.

O alvo
O projeto de lei não cita o Hospital Regional de Uberaba, mas, num daqueles vazamentos amplos e irrestritos que só acontecem na política e na imprensa, todo mundo sabe que o objetivo do governo é contratar uma Oscip para gerenciar o futuro hospital – aquele que foi construído pelo ex-prefeito Anderson Adauto (PRB) bem em frente ao cemitério, foi inaugurado por ele antes de ficar pronto, e que, descobriu-se recentemente, possui as portas menores do que as macas.

Hospital 2
E é de Ripposati o comentário destaque desta edição de Bastidores:
“Já temos que aproveitar a elaboração do novo plano diretor de Uberaba para incluirmos a destinação de área e outras estruturas para a construção do próximo hospital regional, já que o atual, ainda inacabado, simplesmente não vai comportar o desenvolvimento que vem por aí, com gasoduto e fábrica de amônia”...

Referência
Sobre a Oscip, o vereador do PSDB entende que Uberaba pode sair da polêmica marcando pontos em nível de Brasil. “Nós temos a oportunidade de implementarmos um modelo de gestão no atual Hospital Regional que vai ser referência no país” – disse ele a Bastidores. Ripposati lembra que, em praticamente todas as instituições públicas gerenciadas por Oscips, o Ministério Público tem interferido e exigido mudanças. “Podemos aprender com estes erros e investir num modelo ideal” – sonha ele.

Aperfeiçoamento
Entre as emendas apresentadas por Ripposati, estão: a exigência de qualificação da Oscip como organização social com atividade dirigida à saúde; comprovação de experiência na prestação de serviços em saúde de no mínimo cinco anos; exigência de comprovação de aptidão para o cumprimento das obrigações previstas na licitação; a submissão prévia do contrato de gestão à análise e parecer do Conselho Municipal de Saúde...