Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Bastidores

ACESSIBILIDADE: A A A A
Bastidores 23/11/2013
Bastidores
Bastidores
Bastidores

MINEIRICE – Entre muitos números e um café da manhã reforçado, Narcio Rodrigues e Pimenta da Veiga afinam o bico, digo, alinham o discurso 

Eleições 2014

De volta ao cargo de deputado federal – do qual esteve licenciado para comandar a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais, o frutalense Narcio Rodrigues recebeu, ontem, em sua residência, para um big café da manhã, a dois, o colega de PSDB, ex-ministro das Comunicações e ex-prefeito de Belo Horizonte, Pimenta da Veiga. Também tucana e amiga em comum, a uberabense Lélia Inês Teixeira, postou a foto acima no Facebook, reforçando que ambos são “candidatíssimos” a governador. 

Mineirice
(Versão 2)

E mineiro que é mineiro não perde o rumo... Quem volta à terrinha hoje é o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, deputado federal licenciado Antônio Andrade, do PMDB.  Ele participa em Lagamar – na microrregião de Paracatu, no noroeste do Estado, de reunião com “lideranças regionais sobre a agricultura e pecuária da região”, de acordo com sua assessoria. Entre os convidados e já confirmado está o deputado estadual de Uberaba, no Triângulo Mineiro, Tony Carlos (PMDB).

Sintomático
O convite impresso dá ao evento o simbólico nome de “1º encontro com o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento”; é destinado “às lideranças políticas e amigos”; vai acontecer “na sede do projeto Conviver”; com “um delicioso jantar de confraternização” logo em seguida.

Novo comando
E por falar em mineirice, as eleições 2014 em Minas Gerais terão novo comando. Acaba de ser eleito presidente do Tribunal Regional Eleitoral – TRE/MG, o desembargador Wander Marotta. Ele vai assumir o lugar do desembargador Antônio Carlos Cruvinel, em fevereiro - quando este completa dois anos como integrante da Corte Eleitoral.

Casa de ferreiro...
Presidente da Câmara de Vereadores, Elmar Goulart (SDD), lamentou a ausência dos deputados estaduais Antônio Lerin (PSB), Tony Carlos e Adelmo Leão (PT), e do deputado federal Marcos Montes (PSD) – Aelton Freitas (PR) mandou representante, na audiência pública realizada pelo Legislativo, dia 19, para discutir o gasoduto de Uberaba...

...espeto de pau
O presidente da Câmara só não explicou por onde andavam os vereadores que não compareceram à audiência pública – nem mesmo sendo eles, os anfitriões. Consta que, além de Elmar Goulart, só estiveram por lá, Cléber Ramos (PROS), Denise Max e Samuel Pereira – do PR, e João Gilberto Ripposati (PSDB). Ou seja, faltaram nove dos 14 eleitos para a legislatura 3013/2016.

Pra galera!
Nesta história de gasoduto empacado, tem muita gente exagerando na dose. Fala em união de esforços, mas não perde uma chance que seja, quando vê um microfone, para criticar ausências destes ou daqueles. 

Briga de titãs
(Versão 1)

É claro que é preciso fazer pressão, mas, sobre as pessoas certas, e ninguém pode nem deve desistir da luta. A verdade, entretanto, é que o gasoduto está emperrado no governo de São Paulo, que não quer liberar a extensão daquele Estado para Minas Gerais. É briga de cachorro grande, envolvendo os dois colegas governadores do PSDB, Geraldo Alckmin (SP) e Antonio Anastasia (MG), mais o governo federal – leia-se presidente Dilma Rousseff (PT), e a Petrobras. 

Briga de titãs
(Versão 2)

E acontece neste domingo, o 2º turno do Processo de Eleições Diretas – PED, do PT de Uberaba. O advogado Sebastião Severino e o servidor municipal Josimar Rocha foram os dois mais votados no 1º turno, respectivamente com 38,6% e 32,2% dos votos dos filiados que foram às urnas. Outros dois candidatos participaram da disputa pelo cargo do atual presidente do PT/Uberaba, advogado Fábio Macciotti.

Reação
“Gostei muito de ver a história da escrava Maria Rita revivida em sua coluna num dia tão especial como o da consciência negra. Esta história é a prova de muitas lutas de escravos, que não se calavam e buscavam seus direitos”.
_ Enviado à Bastidores pela mestre em Educação e pesquisadora do Arquivo Público de Uberaba, Marise Soares Diniz, se referindo à Curiosidade Histórica publicada na edição de 20 de novembro – Dia da Consciência Negra, narrando a luta da escrava Maria Rita para processar seu “proprietário” Antônio Elói Casimiro – o barão de Ponte Alta.

Acervo
No acervo do Arquivo Público de Uberaba – segundo Marise Diniz,  estão cerca de 152 processos criminais envolvendo escravos. Eles datam de 1837 a 1888. Pelo teor desses documentos, segundo ela, comprova-se que, ao longo da escravidão, sempre houve enfrentamentos, e que, a partir deles, consolidaram-se as mudanças relacionadas ao processo da escravidão, que resultou na abolição.