Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Bastidores

ACESSIBILIDADE: A A A A
Bastidores 20/03/2013
Bastidores
Bastidores
Pratas da casa

Professor Vinícius Prado, da Escola Estadual Humberto Castelo Branco, está que não se aguenta de tão orgulhoso. É que dois de seus ex-alunos de História, Júlia Pereira e Nicolas de Oliveira, 16 anos, venceram um concurso, cujo objetivo era, nada mais, nada menos, do que publicar um artigo científico em site da Nasa – a National Aeronautics and Space Administration, ou melhor: Administração Nacional da Aeronáutica e do Espaço.

Follow this link to skip to the main content

O futuro é agora!

Orientados pela professora Débora de Oliveira Cardoso, os estudantes Júlia e Nicolas elaboraram um artigo sobre Saturno e seus anéis – um dos “mistérios mais bonitos e interessantes”, na visão dos dois adolescentes. A agência norteamericana, responsável pela pesquisa e desenvolvimento de tecnologias e programas de exploração espacial, selecionou o artigo, que foi publicado, inclusive com as fotos dos candidatos a cientistas de Uberaba. Link pra conferir: (http://saturn.jpl.nasa.gov/education/scientistforaday11thedition/international/winners2012/brazil3/).

Há controvérsias

Leitor Marcelo Souza discorda da política adotada pelo novo governo municipal para manter Uberaba limpa: notificar os donos de terrenos, promover a limpeza e mandar a conta através do recolhimento de tributos. Ele acredita que esta decisão deseduca e acomoda os donos de terrenos, que, cientes de que a prefeitura vai providenciar a limpeza, vão deixar de cumprir com suas obrigações legais e sociais.

Desemprego

Além disso, Marcelo Souza acredita que a prefeitura esteja tirando o emprego de muitas pessoas, que são contratadas pelos proprietários para fazerem a limpeza das áreas. “Os donos dos terrenos não cumprem com suas obrigações, se acomodam e, ainda por cima, saem ganhando, pois não precisam pagar capinadores” – resume o leitor de Bastidores.

O homenageado

Membro da Academia de Letras do Triângulo Mineiro, engenheiro e perito judicial, o incansável batalhador pelas causas de Uberaba, João Eurípedes Sabino, recebeu ontem, da Câmara de Vereadores, a Medalha José Mendonça – honraria concedida aos que trabalham pela preservação da cultura, na cidade.

Versão

“Sou uma fagulha diante do significado e abrangência da Medalha, mas em meu coração existe um sentimento incessante a me impulsionar para lutar, lutar, lutar e lutar a fim de que os nossos valores culturais sejam respeitados” – disse o homenageado à coluna Bastidores.

A honraria

Vale lembrar que José Mendonça é responsável por uma grande parte do riquíssimo acervo do Arquivo Público de Uberaba. Em 28 de março de 1987 sua família doou, para a Fundação Cultural de Uberaba, nada menos do que 4.075 volumes que compunham sua Biblioteca, e que, em janeiro de 1992 foram transferidos para o Arquivo Público. Advogado, escritor e político, José Mendonça morreu em 1968, aos 64 anos de idade, em consequência de um enfarte do miocárdio. Suas obras, discursos, artigos são fontes inesgotáveis de pesquisas sobre Uberaba.

Alerta

E ainda sobre João Eurípedes Sabino, ele alerta: o prédio da antiga Santa Casa de Misericórdia – imóvel tombado pelo Patrimônio Público e Artístico de Uberaba, “está passando por uma descaracterização total de sua frente”. As rampas laterais, que são pavimentadas com pedras, estão sendo fechadas por muretas de alvenaria que deverão circundar toda a frente – reclama. “É lamentável que instituições como a UFTM deem maus exemplos” – lamenta João Eurípedes.

História

Aliás, agora voltando a José Mendonça, ressalte-se que ele tem obra editada em 1949, contando justamente a história da Santa Casa de Misericórdia – que integra o complexo do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro. A reconstrução do imóvel – que sofreu um incêndio em 1921, teve a iniciativa do médico José Ferreira, que executou o novo projeto. Em 1926, as obras foram iniciadas sob patrocínio de várias famílias uberabenses. O edifício foi inaugurado em 1935 e, em março de 1967, foi transformado em Hospital de Clínicas da UFTM.

Pisando em ovos

Vereadores escolheram cuidadosamente cada palavra e cada vírgula, ontem, quando discutiam o veto do prefeito Paulo Piau (PMDB) ao projeto de autoria do ex-vereador Itamar Ribeiro (DEM), que reconhece a pessoa autista como pessoa com deficiência para fins de direitos previstos em lei. Ocorre que a assessoria jurídica do governo municipal lembrou que a questão já é regulamentada em lei federal. No final, após as devidas justificativas, o veto foi mantido por unanimidade de votos dos vereadores.

Juventude mineira

Já o vereador Franco Cartafina (PRB) tem compromisso partidário no sábado, dia 23, em Belo Horizonte. Ele vai assumir a presidência da ala jovem da legenda, em Minas Gerais, a convite do deputado federal, líder do PRB na Câmara dos Deputados e presidente mineiro do partido, George Hilton. Mais jovem eleito da atual legislatura, Franco é o primeiro vereador do PRB em Uberaba.