Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Bastidores

ACESSIBILIDADE: A A A A
Bastidores 21/01/2014
Bastidores
Bastidores
Bastidores

Crise do fumacê

Responsabilizado pelo secretário de Saúde de Uberaba, Fahim Sawan, de estar atrasando a liberação do fumacê para o combate à dengue na cidade, o superintendente Regional de Saúde/base Uberaba, Iraci José de Souza Neto, reagiu com a divulgação de uma nota oficial.

Pedido e análise

Distribuída para a imprensa, a nota confirma que a superintendência recebeu a solicitação da Secretaria Municipal de Uberaba no dia 14 de janeiro, e diz que, a partir daí, a equipe técnica estadual se reuniu para analisar o pedido, verificar as possibilidades do atendimento e refletir uma estratégia de ação.

Força tarefa

O resultado desta movimentação estadual é detalhada na nota divulgada para a imprensa de Uberaba: “A Secretaria de Estado da Saúde vai disponibilizar a equipe da Força Tarefa Estadual para ação em conjunto com os técnicos do município. A equipe deverá estar disponível para início dos trabalhos a partir do dia 21, terça-feira, com previsão de trabalhar até dia 31 do mês, com 50 profissionais”.

Corpo a corpo

Além do fumacê, a nota assinada por Iraci de Souza Neto e pelo coordenador de Vigilância em Saúde da SRS/Uberaba, Maurício de Oliveira, considera importante que o combate à dengue seja realizado também, através da intensificação das visitas
domiciliares. O trabalho de campo, neste caso, visa à localização e remoção de focos do mosquito Aedes aegypti, a aplicação de inseticidas residuais e orientação à população – destaca a nota.

Agora é lei

Governo municipal de Uberaba já pode iniciar as providências (processos licitatórios) para contratar Organizações Sociais (OS). Matéria do Executivo e recém-aprovada pela Câmara de Vereadores, acaba de ser sancionada e publicada pelo prefeito Paulo Piau (PMDB). De acordo com a nova lei, a licitação deverá a "comprovação de aptidão na área de saúde”. Objetivo do governo é entregar o gerenciamento do futuro Hospital Regional de Uberaba para empresa especializada – obedecendo-se alguns critérios. Um deles, por exemplo, diz respeito aos servidores, que não poderão receber salários abaixo dos vencimentos pagos pela Prefeitura de Uberaba.

Rolezinho cultural

Presidente da Fundação Cultural de Uberaba – recém-reconduzida ao comando do Partido Comunista do Brasil/PCdoB na cidade, Sumayra Oliveira, está de olhos e ouvidos abertos para os chamados rolezinhos que andam agitando Brasil afora. A jovem comunista e gerente das políticas culturais de Uberaba diz que os rolezinhos reforçam e readequam a proposta da Fundação de promover encontros para saber o que pensam e o que desejam os jovens.

Questão complexa

Com formação na área de Desenvolvimento Social, Sumayra Oliveira não enxerga os rolezinhos como simples atos de vandalismos. “É uma questão complexa” – afirma. 

Os rolezinhos, na sua opinião, têm um significado mais amplo, que precisa ser avaliado pelas várias esferas de governo, com envolvimento, inclusive, e principalmente, da Educação.“Temos que pensar o novo. E o novo nós não sabemos qual é. Vamos saber com eles, o que eles acham importante” – ressalta.

Aproximação

Sumayra Oliveira prega o acesso dos jovens aos bens culturais, mas, para isso entende que é necessário chegar até eles. “Vamos realizar um grande encontro da cultura com a juventude. Estamos avaliando como fazer, porque era uma ideia e, agora, com essa história de rolezinho, temos que adaptar um pouco” – destaca.

A voz dos adolescentes

Ela informou que o encontro deve ocorrer no fim de março deste ano. A presidente da Fundação acredita que essa será uma oportunidade para entender o que os jovens desejam da área da cultura, especialmente os mais pobres. “Queremos escutar a juventude que compra o tênis de marca, mas não vai a um cinema. Ou nem sabe o quão legal é fazer uma visita a um museu e entender um pouco as coisas que acontecem nas artes” - disse.

Rolezinho adolescente

Aliás, vale lembrar que a convocação de um rolezinho para o Shopping Uberaba atraiu cerca de 250 adolescentes, neste fim de semana. A garotada de Uberaba entrou na onda nacional e convocou os amigos através da rede social, numa só tacada, para todos os sábados, a partir das 20h. A realização do primeiro rolezinho esbarrou em liminar judicial. O shopping ganhou o direito de proibir a entrada de adolescente desacompanhado dos pais. Apesar de uns agitos aqui e outros ali, o ex-quase rolezinho terminou em paz.

Rolezinho político

Vice-líder do PSD na Câmara, presidente da legenda em Uberaba, deputado federal majoritário da cidade, ex-prefeito Marcos Montes também aproveitou a onda dos rolezinhos para fazer seu convite através do Facebook.  Está convidando os milhares de amigos da rede social para assistirem o vídeo A PALAVRA DO GOVERNADOR, em que o aliado Antonio Anastasia (PSDB) fala sobre o desenvolvimento de Uberaba.

Sem meio-termo

O discurso do governador de Minas Gerais chega a surpreender até os mais próximos, pela forma incisiva com que aplaude e prevê um futuro grandioso para o município. O relacionamento entre os governos estadual de Minas e municipal de Uberaba sofreu um corte durante a administração Anderson Adauto, que, de grupo político diferente, entendeu que deveria se manter afastado.

Reflexos

A política da boa vizinhança – que era praticada na administração Marcos Montes, voltou com força total agora, no governo Paulo Piau. Os reflexos são visíveis. Diante da dificuldade imposta pelo governo de São Paulo na liberação do gasoduto paulista com destino a Uberaba, Anastasia abraçou o projeto e está investindo num gasoduto exclusivamente mineiro – de Betim a Uberaba.