Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Bastidores

ACESSIBILIDADE: A A A A
Bastidores 15/02/2014
Bastidores
Bastidores
Bastidores

ESPORTE E SUPERAÇÃO - Apesar de estar em tratamento psicológico por causa da amiga acidentada; de ser substituta de última hora; de não possuir afinidade com a neve, e de ter apenas sete meses de treino em esqui, a ex-ginasta brasileira Josi Santos fez bonito na olimpíada de inverno, na Rússia (Reprodução/Facebook)

 

“Eu queria mostrar que o Brasil não vive apenas de futebol...”

_Declaração é da atleta/ex-ginasta Josi Santos – brasileira, sim senhor!, feita logo após apresentar dois saltos simples, mas corretos, na olimpíada de inverno, em Scohi/Rússia. Ela competiu ontem, na prova de esqui aéreo, no lugar da amiga Laís Sousa, que foi tirada dos jogos por um acidente em que sofreu uma grave lesão na coluna que ameaça seus movimentos de braços e pernas. A também ex-ginasta continua internada em Miami.

 

Moral da história

Ciente de que não era páreo para as concorrentes do mundo da neve, Josi Santos optou por dois saltos despretensiosos, na rampa de menor dificuldade, e arriscando apenas um salto mortal em cada momento. No primeiro, recebeu 49,60. E, no segundo, 48,17 – ficando respectivamente, em 20º e 16º lugares, entre 22 atletas. Só 12 saltadoras foram para a final da disputa.

 

Sport TV

E não dá pra não comentar... É a primeira vez que a Sport TV tem os direitos para os jogos de inverno, e está dizendo a que veio. Ao todo, deve levar ao ar 400 horas de emissão dedicadas a Sochi 2014.

 

Fora do ar

Apesar de já terem realizado suas respectivas convenções, PMDB e PT de Uberaba ainda não oficializaram seus diretórios eleitos no sistema de composição partidária do Tribunal Superior Eleitoral/Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais. Deputado estadual Tony Carlos e o servidor Josimar Rocha presidem as legendas.

 

Companheiros

Servidora de carreira da prefeitura – licenciada, e recentemente nomeada assessora parlamentar do presidente do PROS/Uberaba, vereador Cléber Ramos, a ex-candidata a vice-prefeita pelo PSL, em dobradinha com o deputado estadual Adelmo Leão (PT), está colaborando com o ex-prefeito Anderson Adauto (PRB). Luciene Fachinelle tem dado assessoria ao “ex-chefe”.

Alfabetização

Diante dos questionamentos – surgidos, inclusive na Câmara, sobre as 500 obras anunciadas pelo atual governo municipal, gente próxima ao prefeito Paulo Piau (PMDB) diz que, “pra quem sabe ler”...basta dar uma verificada no material amplamente distribuído via site da prefeitura, murais do Facebook, impressos, e assim por diante.

 

(In) fiéis

Dizem as más línguas – e as boas também, que a política de Uberaba vai ser “um Deus nos acuda” quando as convenções, em junho, definirem as alianças e coligações partidárias.

 

A quem interessar...

Edição 1.164, de 12 de fevereiro de 2014, quarta-feira desta semana, do Porta-Voz – jornal oficial do município, trouxe uma relação dos convênios da prefeitura com variadas instituições de Uberaba. Cada convênio especifica o objetivo, a vigência, o valor, as parcelas etc.

 

Os blocos

Os três deputados estaduais de Uberaba se dividiram em dois blocos distintos na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Antônio Lerin (PSB) integra o bloco Avança Minas, com dez legendas: PDT , PMN , PP , PROS , PSB , PSC , PTB , PTC , PTN , PV; enquanto Tony Carlos (PMDB) e Adelmo Leão (PT) estão no bloco Minas Sem Censura, com três partidos: PMDB, PRB e PT. O terceiro bloco – Transparência e Resultados, tem oito legendas: DEM , PEN , PPS , PR , PSD , PSDB , PT DO B , SDD.

 

Diferença

A formação dos blocos foi concluída e oficializada na sessão plenária de quinta-feira – valendo ressaltar que bloco e bancada têm objetivos e formatações diferentes. A bancada é formada pelo número de deputados.  Já o bloco parlamentar é o agrupamento formado pelos partidos, e que tenha, no total, no mínimo, 16 deputados.

 

As bancadas

Assembleia de Minas hoje, é formada pelas seguintes bancadas: PSDB (15 deputados estaduais); PT (11); PMDB (oito), PSD (cinco), PV (cinco), PP (quatro), PTB (quatro), PDT (três), PPS( três), PSB (três), DEM (dois), PC do B (dois), PRB (dois), PROS (dois). PEN; PMN; PR; PSC e PT do B têm um deputado, cada um.

 

Lá e cá

E pra quem anda achando demais o governo Paulo Piau ter um líder (Luiz Dutra/SDD) e um vice-líder (Kaká Carneiro/PSL) na Câmara de Vereadores, vale lembrar que – guardadas as devidas proporções, o governo Antonio Anastasia tem um líder (Bonifácio Mourão/PSDB) e nada menos do que cinco vice-líderes (Leonardo Moreira, Luiz Henrique, Dalmo Ribeiro/PSDB; Deiró Marra/PR; Duarte Bechir/PSD) na Assembleia.