Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Chic&Choc

ACESSIBILIDADE: A A A A
Fabiana Silbor 25/06/2017
Fabiana Silbor
fabianasilbor@gmail.com
Bem vindo, Bem vinda.


Que seja um domingo de doçuras e amor.
Que você esteja feliz e sua família abençoada.
Proteção e sorte!
A fotógrafa Francis Prado é a homenageada da coluna nesse domingo.
As fotos incríveis feitas por ela transformam nosso dia.
Pessoas lindas e amadas fazem parte desse repertório de belas imagens.
Flashes que contam histórias.
Revelações de sentimentos e sonhos.
Francis Prado brilha em Uberaba, mas sua obra é nacional. Pessoas de várias partes contam com seu talento para registrar momentos inesquecíveis.
Dona de uma personalidade arrojada ela faz um retratar marcante.
Seu trabalho pode ser sentido e admirado em vários estilos.
Essa pluralidade, também, é uma característica audaciosa da autora.
Francis Prado tem assinatura própria, o que faz seu trabalho ser reconhecido.
Aplausos para a artista que é referência de criatividade, técnica apurada e talento. Para quem quer fotos em arte o email dela é francisdoprado@gmail.com.br

Alma sebosa
Ir a solenidades em Uberaba virou tortura brutal. A inabilidade para fazer discursos está beirando a baixaria. Credo! Sinceramente, tem certos políticos que tem fama de idiota. Por isso deveriam ficar calados para deixar prevalecer à dúvida. Mas insistem em abrir a boca... A confirmação fica inevitável. Quem decide que quer ocupar cargos públicos deve se preparar de forma completa, sobretudo para uma oratória impecável.
 
Pelo menos a gente escuta
O abuso pela fala é pecado mortal. Assim como o uso do verbo como evolução gera milagres. Coisa horrorosa gente carente que fala sem parar. Respeitar o silêncio do outro é ato necessário. Criaturas assim, além de inconvenientes, cansativas fazem a gente fugir quando se aproxima. Fala bem, que conversa o melhor e pratica o que diz.
 
Antes só...
Fazer dos inimigos amigos é uma estratégia, mas nem sempre a inteligência de articulação compensa o sucesso. Às vezes é melhor o fracasso do que se unir aos corruptos. É melhor ficar derrotado por um tempo, levantar e recomeçar do que passar a vida toda ostentando vitórias promovidas pela falta de caráter.
 
Cuidando da própria vida
Todo mundo domina a dor do outro. Mas quem sente a angústia não tem a mesma força. Por isso é tão importante cuidar de quem sofre. Às vezes retalhamos as lágrimas alheias minimizando suas necessidades ou menosprezando a infelicidade. Sábios são os que reconhecem no desespero uma oportunidade salvar a vida, nem que seja da brutal existência corrompida pelos destemperos que fazem muitos decepcionados se tornarem os vilões das próximas histórias.
 
Melhor ser
Você pode ter tudo! Mas sem pessoas seu mundo será sem vida. E se você tiver que comprar gente, também, para estar ao seu lado, sua vida será um eterno leilão. Benditos aqueles que sabem ser, porque quando tiverem estarão acompanhados dos que permanecem menos na miséria. Por isso há quem nos transborde de amor e que nos fazem acreditar que somos queridos graças ao que pagamos. E você de que lado está?
 
Autoanálise
Somos nossos mais ferozes rivais. Nossas limitamos são nossos piores desertos. Ser melhor do que ontem já é uma vitória quando reconhecemos que o amor próprio é um exercício diário. E gostar de si mesmo exige que sejamos capazes de enobrecer. Assim sendo, valores não se vendem, se assumem. E nesse contexto, talvez, cumpramos o primeiro mandamento: amar ao próximo como a si mesmo. Porque só quem, humildemente, reconhece a necessidade de evoluir é capaz de oferecer afeto. A gente só dá o que é. O que a gente tem, a gente troca.
 
Representatividade
Se fosse mesmo bom não ficava em silêncio. Não há bondade na covardia. Em um universo superlotado de ignorância convicta, consciências descansam em paz após atrocidades justificadas. E essa anestesia latente, essa canseira estimulada, esse vício em ter prazer a qualquer preço está dizimando. Discurso repetido, alerta ignorado, abuso que apresenta o fim.

Outra vez...
Mais uma bateria de investigações e, de novo, ‘aviãozinho’ que se ‘fez’ na Zebulândia está estourado. Quais serão as novas sobre o transporte monetário para propinar?

Puxa saco
Loteamento partidário é tenso. O que tem de alma sebosa encrencando no vigésimo escalão. ‘Curuiz’. É muita truta e pouca competência.

Fora do armário
Gente! E a novinha desposada por um caboclo famoso do meio rural que largou o ‘boy’ porque flagrou o peão com outro? Ainda bem, né não? Como é que faz com essa vida ‘fake’? Abraça a oportunidade e libera geral. 

Rei do boleto atrasado
E os ricos de fachada que fizeram uma cama de gato para conseguir liberação de um possante na concessionária e depois da maior ostentação, com direito à transmissão ao vivo, tiveram que devolver a condução... 

Chegando da Suíça
Enquanto os endinheirados retornam das férias, os populares organizam as malas para as excursões. Nos roteiros de julho, muita farofa nas praias e barracos de plantão. Uns na Suíça outros dançando paradinha na 25 de março... Ah, o importante é ser feliz.

Espertinha
Pessoas! Que treta memorável foi aquela no Facebook. Alguém oriente a autoridade que expor a imagem desse jeito da B.O. E a ousada que gravou tudo e despejou nas redes sociais. Nó!

Uberlândia em todas
E a Pablo Vittar? Diretamente de Uberlândia para o Marrocos com nada mais, nada menos, que Anitta? Ainh! Uberaba, também, está precisando produzir uma celebridade lacradora.
Sem roupa e sem vergonha
E por falar na tecnologia e suas maracutaias, um dos nomes mais apontados para as dobradinhas políticas que vem por aí sacudiu os bastidores com um escândalo que foi abafado tão depressa que nem deu manchete. Claro que o motivo é repetido: ‘nudes’! Já viu: a Zebulândia já é famosa pelas fofocas das alcovas. 
Viva o domingo!
Viva!