Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Chic&Choc

ACESSIBILIDADE: A A A A
Fabiana Silbor 02/03/2014
Fabiana Silbor
fabianasilbor@gmail.com
Chic&Choc

Olá! Bem vindo. Bem vinda.
Delícia de domingo festivo
na sua bela companhia!
Já é março!

Nesse domingo momesco só sentimentos leves regados com confete e serpentina. A festa da carne em Uberaba ganha novos requintes. Aniversário e carnaval comemorados juntos na Zebulândia. Então vamos por partes...  O mês que fará nascerem flores na Europa traz para nós, os tropicais, um tempo de reflexão. Estamos nos últimos dias de verão. O outono que amarela folhas, que ameniza a temperatura e que faz as noites mais longas em breve desembarcará. 

É promessa de vida nos corações...
As noites ficarão mais longas.
Aproveite para amar mais!
A temperatura já mudou.
Altere, também, suas condutas. Evolua.
As folhas ficarão de outras cores.
Deixe desbotar suas aflições, exercite o perdão!
É tempo de colheita.
Esse é o único momento que você tem certeza que vive na vida.
Aceite os frutos maduros da inteligência, da compaixão.
Essa é a estação da transição.
Quando o inverno chegar, como cantou Tim Maia, perto de quem você vai estar?
Que seja mais próximo de si mesmo para oferecer a melhor companhia a quem você ama.

Antes que as águas de março fechem o verão!
Sambar na terra de Coronéis é, ainda, um ato de salvação. Se no passado a Sesmaria era famosa pelos carnavais dos blocos, agora, a festa ganha novas intenções. Dessa vez em outro reduto da cidade, coloca o mineiro em outros ritmos. Sempre, o destaque vai para as escolas de samba que transformam a vida das comunidades durante os ensaios para brilhar minutos na Avenida. 

Felicidade é um acorde de ilusão
Sim! O carnaval tem de tudo. Mas em sua essência, também, reside alegria. E essa leveza tem sido passaporte para muitos de intenções equivocadas, mas, é inegável, que apesar dos pesares, é um tempo que acalenta os corações. A vida tem sido desafiante para o brasileiro honesto e um tempo para pensar, descansar, brincar é, super, bem vindo!

Feliz Aniversário Uberaba
Eu sou nativa. Nasci, cresci e produzo aqui! Amo Uberaba e tenho por essa cidade maravilhosa uma imensa emoção. Uma gratidão pelo povo de bem que aqui experimenta o viver. Quem fala mal da nossa cidade conhece bem pouco de outros lugares. Os viajados sabem: que terra boa é essa! É verdade. Tem muito a ser feito. E isso é bom! Afinal, que vitória é poder ascender. Nessa data querida temos que fazer justiça aos nobres filhos da Zebulândia que aqui edificaram seus ideais. E continuar com o firme propósito de combater com destemor os "invasores" que em nada acrescentam ao município. Vindo com o único propósito de explorar nossas riquezas culturais, intelectuais, emocionais, potenciais... 

Um torrão sem igual
Para o lugar que já foi chamado o Arraial da Farinha Podre, Uberaba segue mudando sua própria história para melhor. Nos registros da memória estão tantos nomes anônimos e poucos famosos. Feliz Aniversário minha joia, no que depender de mim e dos meus, estaremos trabalhando, incansavelmente, usando nossos melhores dons para contribuir com seu crescimento e progresso. Que minha querida Uberaba seja vista e assumida por seus filhos e que em ano político os cidadãos tenham ânimo na alma, coragem no coração e iluminação na razão para escolherem com decência os representantes que por nós e com o nosso dinheiro atuarão.

"Xooooô" assombração

Hoje é o dia da oração. Independente dos dogmas ou da falta deles, rezar é farto.

Nas preces lotadas de esperança uma ponte para a realização dos sonhos.

Para vocês a minha intenção. Eu rezo por vocês, por nós:

Que eu tenha uma vida singular. 
Com originalidade em cada detalhe.
Permita-me gente pura, romântica e bem intencionada.
Aproxime-me dos que são ilustrados, inconfundíveis.
Faça-me fruto de jardins coloridos de flores especiais.
Ilumine meu dia de palavras marcantes recheadas de amor.
Dê-me compaixão: tenho preguiça de gente
sem ter o que fazer.
Aproxime-me dos construtores de um mundo melhor.
Permita que eu seja bom sendo útil.
Dê-me aceitação e o dom do descarte. 
Que eu aprenda a ser extravagante, original, nunca ordinário.
Proteja as minhas escolhas, as salve de serem reles.
Ensine-me a dar vivas aos encantadores, que laboram melhoras em si.
Permita-me uma ode aos surpreendentes
com conteúdo.
Una-me aos que acrescentam.
E que Deus me livre, dos males, sobretudo dos vulgares.

Se fosse só beijo na boca...
Cidades próximas investiram alto para o carnaval. Na seara turística e política muito poder em jogo para impedir Momo de reinar. Muita gente da terrinha ficou, mas muita gente, também, viajou para aproveitar. O que se sabe até agora é que nessa época os maus costumes são safra e longe de casa a liberdade é fato. Com isso, flagrantes de sexo pelas ruas, gente em estado deplorável, cenas exóticas (para ser elegante na definição) borbulham pelas redes sociais. O cardápio apresenta opções para um povo que aposentou a moralidade. Afinal, nem adianta retomar a vida normalmente: caiu na rede? Já era.

Carnaval, futebol e política. O trio maravilha para o engodo da nação
Enquanto a população esquece da vida em um tempo de celebração, os políticos em estado permanente de campanha aproveitam o excesso de alegria para bater ponto nos principais acontecimentos. Vestir a fantasia é para eles, mesmo. Para alguns, máscaras de todos os tipos são figurinhas repetidas. Nessa seara quem tem boas intenções não encontra uma marchinha para proclamar. Afinal na disputa pelo exercício do domínio vale entrar com total disposição. 

Educação virtual
Entregues aos jogos eletrônicos, crianças e adolescentes passam os dias a aprimorar suas qualidades de "bons atiradores". Com teses apologistas contra e a favor desse tipo de diversão, realidade nua e crua se estabelece ao perceber a indiferença da nova geração para com as mazelas humanas. Com toda uma identidade formatada para a excessiva competitividade, para o ter obsessivo e para um desprazer investido na cultura como forma de manutenção do consumo, fico mesmo admirada, com quem se surpreende com o crescimento dos índices de violência entre os jovens. Desestruturas são trilhas certas para libertinagens equivocadas. E assim, o dito "Olho por olho, dente por dente" já previsto, toma corpo mais presente.

Muito discurso para pouco resultado
Muito já foi dito. Mas o silêncio diante do absurdo é a pior das escolhas. Mais do que crescente, o índice de violência em Uberaba ganha requintes de crueldade coletiva. Do desespero de alunos que foram roubados enquanto estudavam, passando por famílias que estão em luto diante da dor inconsolável da morte, até as ideias mais sofisticadas para o crime organizado, Uberaba é destaque nas estatísticas que simbolizam a impotência de uma conjuntura cultural, política e administrativa que precisa urgentemente de intenção prática viável.

E a atitude?
Que estamos em uma época diferente, que faltam estruturas aos órgãos de segurança pública, que os outros vieses desse composto precisam de melhores condições de trabalho e que o cidadão nem sempre colabora, todo mundo já sabe. A questão é: o que vai ser feito? Duvido que seja falta de criatividade, projetos ou pessoas bem intencionadas no sistema. O mundo está lotado de bons exemplos de cidades que conseguiram diminuir o índice de violência e, agora, José? 

Sintomas do despreparo
O direito de manifestar opinião, quase nunca levado a sério com a responsabilidade que esse ato exerce, herança de muitos que morreram para deixar esse legado democrático, é um termômetro do emburrecimento popular. Sob a tese de que não são baús para guardar nada, algumas criaturas ponderam sobre os acontecimentos sem nenhum aprofundamento dos fatos. E assim, mentiras recontadas se tornam verdades, e o indivíduo assume o papel de Juiz sem pensar nas consequências que essa falta de equilíbrio massificada propicia, principalmente, a manipulação política. Triste espetáculo!

Mas, enfim, é carnaval!
E pensar é ato para depois da folia (tomara).
A você um dia feliz!
Bjxxx Silbor

Grandes acontecimentos marcam a vida. É um tempo de festa e celebração. Lindíssimas Adriana Rocha e Júlia Rocha. Adriana comemorando o aniversário no maior estilo. Dias melhores para uma vida de felicidades. Ela merece! Parabéns.

Parabéns para você! Baba Carlos em mais um ano de vida somando grandes acontecimentos e projetos especiais. Que seja um tempo de novidades e mais alegrias! Felicidades em tudo.

Ele é especialíssimo. Sempre pronto para uma vida melhor. Júnior Lacerda tem aniversário para celebrar. Data que marca o nascimento desse menino queridíssimo pelos amigos. Parabéns!

Giselle Toledo, jornalista talentosa, reuniu amigos e pessoas queridas para cantar parabéns. Em tempo de aniversário o desejo de mais sucesso, amor e diversões. Muitas alegrias.

Rara, inteligente e diferenciada. Suzy Leandro comemorou o aniversário experimentando um viver sábio e amoroso. Ela merece tudo de bom. Na foto a bonita Suzy e sua, também, linda filha Maria Luiza. Parabéns por ser, sempre, especial!

Lindos! Mariangela Amaral e Luiz Junior. Uma história de amor. Ela linda e competente. Ele um grande homem. Juntos construirão uma família maravilhosa. Parabéns e que os dias sejam fantásticos nesse maravilhoso encontro. O casamento nesse fim de semana, emocionante, reuniu grandes amigos e familiares para um evento que celebrou o romance.