Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Chic&Choc

ACESSIBILIDADE: A A A A
Fabiana Silbor 01/06/2014
Fabiana Silbor
fabianasilbor@gmail.com
Chic&Choc por Fabiana Silbor

Bem vindo,
Bem vinda!
Primeiro de Junho!
Que maravilha. E o ano já está acabando.
E nesse mês tem dia dos namorados, copa, feriado, meu aniversário (ops), festa junina, então... alguém vai trabalhar?
Pelo jeito...
E nesse dia começa a semana do meio ambiente.
Precisa escrever sobre isso?
Alguma linha além da fatal constatação que estamos matando o planeta?
A palavra do dia é atitude!


Raposas

É por isso que os políticos espertos deixam rastro de poeira nos aventureiros. O encontro dessa semana em Uberaba bem que podia ter tido como fundo musical a balada do famoso Luiz Gonzaga: “Tava na peneira, eu tava peneirando...”.  A música chamada farinhada (quase do mesmo saco) é uma analogia ao grande ato estratégico liderado por “gênios” das articulações regionais.  Resta saber se os três pedidos serão atendidos ou se a exemplo de tantas fábulas os desejos serão quase ciladas.

Ingenuidade
É claro que o evento mega organizado e super competente têm lados educacionais importantes. Principalmente para pontuar o papel dos edis no circuito legislativo.  Mas que a inteligência política de poucos dá um baile em ritmo de tango. Uau! “Sabe de nada inocente!”.


Boicote

Fiel de paróquia quis oferecer produtos para o leilão da igreja, mas eles não foram aceitos. A moça é empresária e foi solícita em participar. Outros paroquianos ficaram indignados com a ousadia. Ah! Gente! Eram produtos eróticos. Me desculpem os muito dogmáticos, mas poderia ter dado certo. Imagina! Muita gente interessada nas novidades do Sex Shop.

Perigo
Sogra de político famoso tem dado o que falar. No último barraco feito em evento da elite, a criatura gritava a plenos pulmões que tinha direito a passar na frente porque representava o tal do eleito. Muitos deixaram para evitar maiores constrangimentos, mas como sempre rola um posicionamento, radialista aproveitou para contar os detalhes em programa matinal. Depois recebeu telefonema do político reclamando. Além de aguentar a doidivanas, o povo, ainda, tem que fazer silêncio! Credo.


Zebulândia

Restaurantes que fecham para o almoço. Museus que só abrem nos horários de expediente e fecham nos finais de semana. Empresas mantidas pelos impostos do povo que promovem espetáculos por preços absurdos.  Aeroporto sem aviões. Assim é Uberaba, um torrão sem igual! SQÑ!

Sem condição
Gente que posta foto de crianças em redes sociais, com o corpo exposto, deveria lembrar que a internet, também, é cheia de pedófilos.
Gente que promove concurso na cadeia para eleger o detento ou a detenta mais bonitos, também, deveria pensar em fazer um concurso para eleger quem mais se reeducou durante o período de prisão, ao invés de valorizar a beleza em contraponto com o crime. Já dizia o ditado: por fora bela viola...
Gente que palpita sobre o que não conhece devia lembrar que a vida não é uma vitrine e que, se opinião sem informação fosse boa seria vendida na farmácia como remédio.


Escolhas

Domingo é um bom dia para decidir por você. Para alguns é bem fácil, mas para a maioria é um grande desafio. Fora de cogitação está a decisão egoísta, cuja irresponsabilidade permeia todas as escolhas, deixando de fora as necessidades e desejos alheios e priorizando as suas, que nem sempre, são as melhores, certas ou mais importantes. Nessa decisão embute outra que é parte desse conjunto de crescimentos. Dedique seu tempo para quem se interessa por você. Outra atitude bem falada, mas praticada por poucos. Gastamos muito tempo com estranhos, com pessoas de companhia rasa, enquanto aqueles que nos dedicam ficam com sobras pequeninas. Repense seu mundo. A mudança vem de dentro, sempre.

Absurdo
Alguém vai tomar providências contra o perigo anunciado durante a copa do mundo na cidade? Corre a boca grande que a ida de efetivos com base no município para reforçar as forças nas cidades que terão jogos da copa é certa. Senhores políticos, por favor, façam o serviço para o qual foram eleitos e reconheçam a situação de Uberaba. É sabido que grande parte da população não registra ocorrência, e mesmo o com o número de cidadãos conscientes, que evitam a cifra negra, sendo menor, o índice de furtos e roubos está em total crescimento. Além da falta de policiais, equipamentos, estrutura, respeito, o que mais precisa para que sejam feitas ações definitivas que tragam respostas? O argumento de que a época é mesmo assim é falho. Se fosse válido, seria assim, também, em outros lugares. A crise é séria, principalmente de caráter daqueles que estão sendo omissos diante de tamanho descaso com a população.


Peçonhentos

Quando não são os bandidos são os escorpiões. Por todos os bairros! Também, tem o mosquito da dengue, todos felizes com a sujeira dos quintais de moradores que não tem senso de vida coletiva. Poderiam voltar as multas para que estivesse com terreno e casas com acúmulo de sujeira. Em relação à penalização, seria bem vinda, também a multa para quem fica lavando a rua. Vergonha alheira para esse povo que se diz urbano, mas parece bem mais com outras espécies.

Na alcova
A Zebulândia é muito quente em vários negócios. Mas a maior maestria dessa terra é fabricar casos tórridos de amor proibido. O mais atual reúne secretário municipal, esposa e amante. O pior é que a criatura, conhecida por suas habilidades extraconjugais, tem um dom brilhante para escolher pares com altos graus de loucura. Apesar da torcida no camarote fazer força, provavelmente, não se tornará escândalo. Ficará tudo bem resolvido naqueles acordos onde a hipocrisia salva. Por enquanto, a novela, ainda, está nas cenas do próximo capítulo.


Reflexão

Tem gente que abandona por egoísmo puro.
Tem gente que demite a pessoa competente para comprovar quem manda. Para sentir-se bem.
Tem gente que acha divertido espancar um animal de estimação para mostrar poder.
Tem gente que em busca da felicidade se casa com monstros e coloca os filhos em situação de risco, de abuso, de violência.
Tem gente que bebe sem controle para ‘relaxar’ e espanca a família, destrói o lar.
Tem gente que usa drogas, estraga a vida dos outros, apenas, só para atender os próprios prazeres.
Nada é errado, se te faz feliz?
Será?

Bjxxx Silbor!