Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Chic&Choc

ACESSIBILIDADE: A A A A
Fabiana Silbor 11/01/2015
Fabiana Silbor
fabianasilbor@gmail.com
Olá, Bem vindo! Bem vinda!

Nascido em Uberaba ele é um artista. 
Um criador de novas imagens que nasceu no encanto pelo romantismo dos casamentos e se consolidou no desafio de fazer o tempo parar acreditando na possibilidade de eternizar momentos especiais. Ele é um dos palestrantes do maior evento de fotografia de casamento da América Latina: o Wedding Brasil. Na página de hoje o talento gigante de Alysson Oliveira enfeita nossa Chic e Choc de verão. As fotos contam histórias e trazem o poema máximo que é viver! 
Parabéns a todos dessa equipe fantástica e no mês que os mestres da fotografia imperam nossa homenagem a esse brilhante fotógrafo.

Olá, 
Bem vindo!
Bem vinda!
Chic e Choc cheia de ideias, pernilongos e com muito calor!
Que verão é esse, uau.
Entre tantos acontecimentos no planeta, tragédias, atentados, mortes e loucuras, alguns uberabenses deixam a zebulândia para camoritizar em Trancoso. Então, né!

Viva Santos Reis
Começo nossa Chic e Choc na exaltação dos homens, mulheres e crianças que nessa primeira quinzena de 2015 fazem valer a tradição das folias de reis. Não sou, infelizmente, daquelas que tenha tido uma infância de cantorias e cordas semeada dessa tradição, já foi adulta que aprendi e amei esse ritual de fé e amor. Das fitas coloridas, passando pela bandeira, aos cantos que afinam com a esperança, sou fã de quem mantém viva a herança bonita do povo das Minas Gerais. 

Enquanto isso...
Fofoqueiros empenhados, de plantão, fazem correr aceleradamente a notícia de que haverá troca-troca (no melhor sentido) de chefões nas casas do povo (essas humildes residências). Dizem (com a melhor das intenções) que o rebuliço já começou, mas não ganhou voz, nem porta (quer dizer, também, porta-voz) porque espera-se o cumprimento de algumas promessas da remanescente campanha que deixou rastros longos... 

Na bagagem
Ninguém quer perder a oportunidade de fazer de janeiro um tempo de férias. Durante muitos ou poucos dias rola uma vontade de esquecer tudo e se entregar ao lado rasinho da vida. Soltinhos pelas rodadas de prosa, viagens, encontros e parentada! 

Parabéns para os fotógrafos 
A semana foi para celebrar, mas na verdade todos os dias são! Comemorar o talento de grandes mestres e mestras das lentes. Parabéns. Mais cliques de sucesso e um olhar intenso e profundo em busca de ângulos raros.

Confete e serpentina que enfeitam estatísticas
Apesar de ter muita gente já planejando o carnaval, o curto intervalo entre os meses que iniciam 2015 já mostrou que muita coisa séria caminha nos bastidores enquanto o brasileiro segue distraído. Com o mundo todo em crise, é certo que o país tupiniquim vai entrar nesse ritmo cíclico e, sinceramente, nem sei se essa mania de deixar tudo para a última hora salva ou destrói nossas melhores oportunidades. O início do ano foi impactado por novos escândalos, demissões em massa e a divulgação de índices alarmantes de violência que só crescem.

Graus da consciência
Altas temperaturas e chuvarada. Em clima tropical vive de susto, que nem relâmpago, o povo que nem sabe mais que tipo de previsão é a certa. Atos nobres que contribuem para que ocorra  mais preservação ambientam permanecem em extinção. Eta Lelê! Pelo jeito vamos voltar às origens para conseguir suportar as temperaturas que só aumentam. Depois dizem que os filmes são de ficção! Futuro estampado na cara e na falta de vergonha de muitos, também, na cara... Aff.

Quintais, agora, são computador e compras
O investimento em áreas verdes na cidade está restrito aos condomínios fechados. Apesar dos espaços públicos preservados ainda estamos muito carentes de ambientes ecologicamente corretos para desfrutarmos nos dias de verão. Com tantas nascentes e mananciais no entorno da cidade é incrível que permaneçam inacabados e engavetados projetos para o desenvolvimento de novos espaços coletivos e gratuitos com qualidade. Estamos mesmo desistindo de viver a vida real. Cada dia mais virtuais ou enfiados em edifícios climatizados onde estão à venda centenas de ilusões.