Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Chic&Choc

ACESSIBILIDADE: A A A A
Fabiana Silbor 01/02/2015
Fabiana Silbor
fabianasilbor@gmail.com
Palavras são sagradas

De uma coragem ímpar, de um brilhantismo raro e de um interesse quase que exclusivo pelos uberabenses e suas histórias, Doutor Guido Bilharinho merece as mais nobres homenagens. Feito de pluralidades muito mais sofisticadas do que esses singelos destaques, o Professor, Autor, Intelectual e Célebre homem segue sua obra deixando uma herança sem igual

Uma criadora! Ela é dona das novidades e das concepções que vão ser moda. Eis Dani Salci. O nome doce é uma marca da personalidade de uma editora talentosa e vibrante. Ao arquitetar ideias ela constrói novos cenários, revela rostos e corpos conhecidos de maneira nunca vista e colore de arte os dias de repetições no cenário da mídia. Sucesso é seu rastro.

Comunicólogo nato. Elegante, atual e competente o aniversariante da semana é David Tchai. Festas nas rotinas com dias de grandes projetos, felicidades e renovações. Mais saúde, amor sempre, paz e prosperidades!  Parabéns!

A medicina humanizada é um presente divino para oferecer diagnósticos e tratamentos que restauram a saúde e, também, oferecem mais esperança e força nos sentimentos. Essa é Doutora Natália. A Pediatra é uma referência numa área importantíssima para o desenvolvimento humano. Linda, ética e determinada.  Felicidades em tudo.

A bela Nancy e o arrojado Fabiano Fideles iniciam 2015 celebrando mais momentos de felicidade e realizações. Em um ano com tantas promessas de acontecimentos desafiantes, Empresários determinados e comprometidos com um trabalho verdadeiro são os fortes alicerces de uma comunicação em constante crescimento e geradora de resultados para o desenvolvimento da região.
 

Bem vindo!
Bem vinda!
Alegrias nesse domingo, mais amor, por favor!
Chegou fevereiro, joga um confete, aí...

Palavras são sagradas
O dia do Jornalista é comemorado um tanto de vezes. Nessa semana que passou foi mais um desses momentos. Por causa disso quero repetir que as palavras são sagradas. É proibido utilizá-las para impor medo, matar sonhos, assassinar idealismos.

Verdade nunca é única
Testemunhamos o esforço de profissionais sérios e compromissados que continuam trabalhando. Imparciais precisam da sua reação. Pare de acatar tudo como única verdade. Mude o canal, sintonize outra estação, vire a página, viva o posicionamento crítico consistente.

Parabéns!
Precisamos ser mais apaixonados pela liberdade de imprensa e de expressão responsáveis e éticas. Aos meus amigos, companheiros, colegas que assumiram esse dom, muitas felicidades! Minha admiração e honra!

Mais honestidade
Saibam que quem, realmente, traduz a essência do jornalismo como vocação vive embalado por sentimentos, suspirando angústias, ensaiando sorrisos frágeis, mas nutrido de uma grandeza de espírito que se revela na solidão do tempo de encontro consigo mesmo. Está na consciência tranquila depois de testemunhar a metamorfose da vida e “jornalisticar” sem fraude.

Falta de vontade absurda
Nem todos escolhem esse desafio. Alguns estão de figurantes. Mas o mundo tem de tudo, mesmo. Aos que acreditam, fica meu clamor: intensifiquemos o posicionamento contra os contaminados do mundo moderno que vivem de opressões e vantagens furtadas empobrecendo os valores, desculpando uma falta de vontade absurda e pedante que humilha aqueles que esperam muito mais do que migalhas e falsidades.

Viva o Jornalismo sério
Nada, nem ninguém, pode nos impedir de ser o que queremos. São as nossas próprias escolhas que nos conduzem. Também, nada substitui o amor, a amizade, a lealdade, o caráter e a verdade. Até o próxima comemoração... Quem sabe, ainda, verei, de fato, um dia para celebrar o Jornalismo e os Jornalistas com o merecimento que essa missão tem!

Triste realidade
O número de acidentes fatais por causa de temporais aumenta. A tristeza que tomou conta de Uberaba com o falecimento de um honrado cidadão, nesse período de chuvas, mostra a importância de soluções competentes que devem ser imediatamente adotadas nos novos bairros em construção e estudadas para os ambientes feitos anteriormente ao planejamento urbano para garantir maior segurança aos moradores nesses períodos.
 
Raios
Estudiosos trabalham para compreender o crescimento da incidência de descargas elétricas. Já foram noticiadas algumas características ambientais e comportamentais que propiciam essas circunstâncias, mas muito há para esclarecer sobre quais tipos de intervenções serão, realmente eficazes, para evitar danos materiais, mas principalmente a perda de vidas.
 
Precisa debater
A gravação de vídeos pornográficos em ambiente escolar reafirma a urgente necessidade de debate sobre o uso da tecnologia e a educação sexual. Conteúdos de abusivo apelo erótico circulam pelos grupos de mensagens e colocam mais do que reputações em risco: apresentam um cenário de descontrole e desconhecimento que precisa ser levado em consideração por pais, educadores, autoridades e sociedade.
 
Barato que sai caro
Essa radicalização de escolher serviços com base, apenas, no preço tem trazido muitos problemas para pais na hora de escolher parceiros para a criação dos filhos. Transporte escolar, festas infantis, educação e até alimentação são algumas das rotinas que fazem parte das realidades das crianças e que precisam ser pesquisadas em detalhes para evitar colocar em risco a qualidade e, até mesmo, a vida dos menores.

Eu me amo
Uma pesquisa fresquinha revelou que 90% dos brasileiros já aderiram ao auto-retrato. Fiquei curiosa para entender quem são os 10% resistentes às selfies. Apesar que esse questionamento é inútil. De velório, passando por mictório, até nos momentos mais íntimos os registros são garantidos. Apesar dos especialistas em estilo serem contra essa exposição excessiva, o povo nem se importa com as dicas de comportamento e segue parcelando celulares de última geração para ficar bem na foto.
 
Carnaval e engodo
Com controvérsias a respeito de tudo (o que é ótimo para burocratizar esclarecimentos) especialistas dizem que as investigações sobre a Petrobrás podem levar três anos. Enquanto isso, os planos para Uberaba, relativos à empresa, permanecem com futuro incerto. Circulam pelos corredores do poder que depois do carnaval novas revelações serão feitas. Com os combustíveis mais caros nas bombas (aliás, esse nome é bem apropriado porque explode literalmente o orçamento) o consumidor brasileiro é um presente para políticos. Muita gente está preocupada, mesmo, é em saber vai ser a folia. A farra dos corruptos já está com o bloco na rua há tempos.
 
Medo acumulado
Janeiro terminou com saldo absurdo de violência. De arrastões em lugares públicos aos motoristas que provocaram acidentes, passando pelas ondas de furtos, roubos, agressões domésticas. Tenho escrito repetidamente de que os profissionais da área precisam de representantes políticos sérios e compromissados que trabalhem pela melhoria das estruturas, ambientes, salário e aumento do número de policiais. Alguém?
 
 Babado forte
Cresce o número de cirurgias íntimas em Uberaba. Plásticas para melhoria estética têm sido feitas em pacientes de todas as classes econômicas, mas claro, principalmente nas mais abastadas. Aliás, conhecida rica dos meios sociais da Zebulândia deu escândalo em recepção de clínica porque teve que esperar 15 minutos para ser atendida. A distinta senhora estava em busca de uma aparência, digamos, melhor para suas partes íntimas. Gente será que ela estava sofrendo tanto assim que provocou queda máxima na estima? Porque criaturas grossas são, com certeza, mal amadas. Quem sabe, né? Depois da cirurgia ela ficará mais educada.
 
Tempos modernos
Rodízio de água, de carne, de pizza, de carro, de gente. Nossa! Estamos um povo cheio de técnica para continuar a viver nesse planeta que permanecemos destruindo. Tudo fruto do capitalismo venerado pelo homem!
 
Torpedo do divórcio
Operadoras de telefonia estão contribuindo para as brigas conjugais. Indiferentes aos horários disparam mensagens automáticas oferecendo do santo ao profano para o consumidor. Torpedos na madrugada dão o que falar. É bem verdade que na caixa de mensagens de grande parte deve ter mais do que singelas promoções e é, exatamente, aí que nasce o problema. No calor da discussão a desconfiança leva vantagem. É sem regra essa opção de contato com o consumidor? No código de defesa o mundo virtual, ainda, está em vantagem?
 
A melhor da semana
Palmas para o criador do “Teste do Vetor”. Nunca vi tanta gente que nunca andou de ônibus aproveitando para dar pinta no circular e “pagar” passagem política. Embarcaram opositores, pessimistas, idealistas, puxa-sacos tudo junto. De animados à críticos ferrenhos disputaram um lugar nesse comboio de intenções. Interessados, realmente, em conhecer o sistema e contribuir para o sucesso do serviço estavam bem poucos. Fato é que o trânsito e os passageiros de ônibus estão super privilegiados. As empresas de estacionamento riquíssimas e o varejo no centro sem clientes. Muitos lojistas estão chateados com os líderes do segmento aparecendo cheios de graça nas redes sociais sem importar com os problemas de estacionamento que esses estabelecimentos vão ter que enfrentar.

 

Beijos! Fabiana Silbor