Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Chic&Choc

ACESSIBILIDADE: A A A A
Fabiana Silbor 22/02/2015
Fabiana Silbor
fabianasilbor@gmail.com
Bem vindo! Bem vinda! Uai, então fevereiro de 2015 acabou, mesmo?

Medo de gente rasa
Muita gente tem feito horrores para ter sucesso sem trabalho. Aliás, na nossa cultura essas criaturas, apesar de entrarem em decadência vertiginosa, causam bons estragos antes da queda. Dias nobres são etapas descumpridas dos seres que apostam no jeitinho para driblar etapas necessárias da vida. Apesar de tudo, ainda prefiro os resistentes que traçam rotas pelos caminhos honestos. O sucesso nem sempre é verdadeiro, mas a derrota é sempre mentirosa. Afinal, o que foi percorrido é que compõe as essências e as histórias. 

Império da maldade
O absurdo está comum. Essa é uma das maiores violências a que ficamos submetidos nesse tempo de tantas modernidades incompetentes para evoluir o Ser Humano. Crimes absurdos colocaram Uberaba nas estatísticas, no topo da audiência do terror e do sensacionalismo. O preocupante é a falta de debates que aprofundem nas questões. Discussões que se concretizem em atitudes para práticas efetivas que possam transformar profundamente os valores que estão norteando os seres capitalistas. O município está carente de estrutura nas diversas escalas da segurança pública e, apesar, dessa ser uma notícia repetida, há tempos, nenhuma iniciativa promissora foi concretizada para melhorar a situação.

Ameaças em rede
As aparências nunca enganaram tanto quanto no mundo virtual. Em todas as vivências em rede o que se confirma é o gigante risco de navegação nesse universo sem dono, cujas legislações, ainda, são poucas para tamanhas e ardilosas ações inescrupulosas. O número de conexões aumenta a cada dia e a postura da moda é trocar a vida real pela simulada em meios eletrônicos. Com tantas oportunidades de crescimento proporcionadas pela nova Era, a maioria se contenta em ficar restrita às redes sociais fazendo um eterno 'espiar' da vida alheia. Como o tempo é um só, independente das reclamações, grande parte perde a chance de evoluir preocupada em ser e dar audiência para o desconhecido.

Espionagem na Zebulândia
As fofocas políticas que sucederam os bafões do carnaval são dignas de filmes e seriados de suspense e investigação. Depois da onda de possíveis telefones grampeados, as conversas, agora, giram em torno das suspeitas de invasões nas redes Wi Fi. Com a política, cada vez mais, nas mãos das empresas privadas, arquivos e relatórios com verdades passadas a limpo estão sendo evitados. Usar a criptografia é ordem inquestionável entre determinados participantes de grupo interessado em manter-se no trono custe o que custar. Aliás "trono" é bem apropriado, né? Afinal no dicionário, a palavra é sinônimo de vaso sanitário...

Desperdício absurdo
Fortalecer a Indústria com enfoque em sustentabilidade é a meta de grandes organizações. As diretrizes são resultado de incansáveis painéis em congressos e em eventos que debatem as soluções para a preservação ambiental. Poucas iniciativas estão em andamento na região, quando se trata do abuso da água. Uberaba, localizada estrategicamente, possui por sua riqueza geográfica tesouros importantíssimos para a vida no planeta, como por exemplo, o Aqüífero Guarani. Por essas terras passam, ainda, mananciais cujas nascentes, também, por aqui, estão em risco. A crise hídrica, que no ditame popular fica concentrada nos excessos domésticos, vai além dos domínios de casas e apartamentos. O que tem sido garantido nos acordos com as novas e as antigas empresas para garantir o zelo e a melhoria dos nossos rios e reservas subterrâneas? 

Deixe de ser mais uma pedra no caminho, seja uma flor!
A generosidade é sempre um espetáculo. 
Releve os erros, celebre os acertos.
Se a pessoa precisa desabafar, ouça com amor. Isso, também, é doação.
O outro pode estar no limite, ajude a esvaziar essa lotação de cansaços.
Isso salva, tanto! Mais do que apontar o dedo.
Sofra menos porque alguém perdeu a paciência.
Faça piada da situação. E deixe um sorriso de lembrança.
Você nunca vai saber o quanto ainda deve para o universo.
Afinal, nunca é entre você e o outro. Sempre é entre você e a vida.
Seja mais compreensivo e amoroso. 
A gente nunca sabe quanto tempo, ainda, tem! 
Um pouco de carinho sempre faz bem.

Um dom que preciso é a fortaleza. Que meu humilde trabalho oportunize aos amigos a inspiração para tornar pessoas corajosas para enfrentar as dificuldades com fé. Gratidão permanente.

 

ARTE

A edição especial de Chic e Choc traz uma homenagem aos artistas da fotografia. Como temos feito, sempre, homenageamos os fotógrafos que se dedicam a arte de revelar o universo de uma vida feita de detalhes imperdíveis. Nessa edição, palmas para Ari Moraes, Ruth Gobbo, Sebastião Santos e Pitty que foram um espetáculo durante o carnaval registrando momentos imperdíveis desses dias de folia. Pela primeira vez, em muito tempo de história, Uberaba respirou alegria com profundidade educativa e interessada, verdadeiramente, no povo. Vale a pena conferir os cliques desses talentosos. Desde os concursos que envolveram a população, passando pelas ideias de promoção de todas as raças, gêneros, idades e classes. Parabéns para toda a equipe envolvida na organização, no planejamento, na criação e na geração de ideias. Reinado de paz. Difícil eleger somente algumas imagens. Nas publicações, uma homenagem aos uberabenses guerreiros que constroem uma bonita história para a nossa cidade. Trabalhadores, famílias, gerações que são merecedoras de celebrações honestas. O retrato, também, das visionárias Mariana do Espírito Santo e Danielle Furtado, pioneiras no pensamento dos blocos, com a Presidente da Fundação Cultural, Sumaira Oliveira que mostra sua garra em garantir projetos que valem a pena aplaudir.