Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Chic&Choc

ACESSIBILIDADE: A A A A
Fabiana Silbor 27/09/2015
Fabiana Silbor
fabianasilbor@gmail.com
Chic&Choc por Fabiana silbor

Bem vindo!

Bem vinda.

 

É minha responsabilidade a maneira como decido tratar o outro.
Nenhum problema que eu tenha que solucionar me permite ser ruim, nem comigo nem com o próximo.
É uma decisão ser generosa, honesta e gentil.
O modo como o outro me trata é responsabilidade dele.

Por isso, escolho julgar, contribuir com o melhor e respeitar.

Mas nenhum desafio alheio será tolerado como argumento para o abuso, para a ignorância, o abandono ou o desprezo.

Quem passou por todas as misérias na infância e cresceu pode adotar um comportamento saudável a qualquer momento.

Decidir ser igual a quem abandonou e humilhou é uma escolha.

Nenhum mal merece ser admirado, copiado ou imitado.

O amor é a melhor resposta, mas muita gente vai morrer sem aprender essa lição.

 


Eduardo Gonçalves é uma referência no raro mundo de talentosos da criação. Com um olhar visionário, ele se destaca pela particular capacidade de ser inovador. Parabéns para o grande publicitário que celebrou mais um ano de vida

 

Ninguém merece um amor clandestino.

Escondido, envergonhado, indeciso.

Porque quem ama de verdade...

Assume!

Anuncia para os parentes, afinal serão todos da mesma família.

Apresenta para os amigos, com orgulho, e saem juntos.

Define o status na rede social, na vida, para evitar dores desnecessárias.

Diminui as distâncias, muda o comportamento, investe, cuida.

Espera a pessoa para celebrar os melhores momentos.

Usa uma aliança com orgulho, como símbolo dessa decisão.

Tira fotos, faz declarações públicas, elogia a pessoa escolhida, defende!

Deixa para resolver os problemas em casa, sem fofocas injustas.

Na rua, fala bem do par para todos.

Se afasta de gente que machuca a relação.

Na verdade, nem se aproxima de quem pode provocar qualquer decepção no ser amado.

Dá segurança, acolhe, cuida, investe, faz da pessoa a prioridade.

Quer a sua companhia, faz questão de estar junto.

É fiel. É verdadeiro. Resiste às tentações baratas.

É seguro da decisão. Tem desprezo por seduções vulgares.

Ama sem medo, sem necessidade de esconder a relação.

Tem orgulho de dizer que escolheu essa união.

Prefere ser dois, ser livre para amar, em qualquer situação.

Gosta da sensação de pertencimento, de ser.

Tem força de vontade para superar e constrói um caminho conjunto.

Respeita!

Quem ama de verdade está preocupado em ser feliz e fazer feliz a quem ama!


François Ramos e suas lindas princesas celebraram o aniversário dele com muito amor. Leilane Penariol preparou muitos momentos especiais para comemorar esse importante dia. Parabéns duplo para Doutor François que segue com sucesso para conclusão do seu Doutorado. Família linda

 

Tem trocado?

Sim. A gente tem.

Tem vivido de muitas esmolas.

Estamos trocando tesouros por ilusões.

 

Colo, dengo, cafuné, sorrisos, carinhos, um tempo a mais com quem se ama...

Sentar para ouvir, olhar nos olhos, desenhar um poema, abraçar, agradecer...

- Quando é que se marca hora para isso?

- Tem que ser no momento certo!

Cuidamos primeiro das coisas urgentes e deixamos as importantes para depois.

 
Dois momentos importantes que ilustram a grandeza desse incrível comunicador. João Batista Rodrigues é um baluarte da comunicação. Seja no pioneirismo dos auditórios, nas imensas contribuições radiofónicas ou no incansável trabalho de valorização do esporte, esse super homem é digno de aplausos de Uberaba sempre, ainda mais agora, que celebra o aniversário! Parabéns, sempre!

 

E como o momento certo é agora perdemos o rastro da felicidade nos ocupando de compromissos estranhos para sobreviver.

E assim, vamos trocando o essencial pela necessidade.

Esquecemos que só temos o hoje.

O amanhã talvez.

Talvez se compreendêssemos o quanto a vida é breve transformaríamos nossas atitudes.

 


Casal inspirador. Esses dois merecem dias felizes e de máximo amor. William preparou momentos raros para celebrar o aniversário da amada. Querida por todos Maria Rachel Paiva comemora mais um aninho com o melhor da vida! Mais alegrias. Viva!

Se tiver que tomar todas, tome atitudes.

Só dentro do peito é que se tem o resumo de setembro.

Cada um tem o seu. E não há comparação.

Todas as dores e todos os sorrisos foram trilhas.

Se você, ainda, não chegou onde queria é porque o importante é o caminhar.

Aceite, perdoe, permita, acredite ou desista, deixe ir...

Aproveite a passagem e some, assuma ou suma.

Seja qual for a sua escolha, faça valer na vida e tenha gratidão.

Saiba reconhecer quem fica na sua vida contribuindo para você se tornar o que sonha ser.

Às vezes quem mais valorizamos nos despreza e os desconhecidos nos salvam.

Viver é um roteiro de muitos colaboradores e nem sempre a história tem o fim que sonhamos.

Por isso, agradeça até quem te fez sofrer.

Por causa disso ficou fácil entender o que você quer na vida.

E mesmo que não seja agora, já sabe: mais cedo ou mais tarde, você vai reagir.

Se outubro será bom, vai ser feliz? Depende!

Peça coragem para se transformar.

Assim nasce o novo! Não é o mês que muda, não é o outro que muda, é você!

 


Linda Nayara Beatriz enfeita nossa coluna. Todas as homenagens para a destacada profissional, brilhante mãe e esposa, que celebra o aniversário com muita festa e admirações. Parabéns e os melhores acontecimentos na sua vida.

Nem tudo é certo, mesmo o que aparentemente te faz feliz!

Nessa Era de busca pelo prazer instantâneo estamos perdendo tudo.

Todos nós já ouvimos falar de uma dessas pessoas:

O corrupto.

O estuprador, o abusador, o pedófilo...

Os pais que abandonam os filhos...

Gente que trai.

Bandidos...

O mentiroso, o egoísta, gente que finge gostar do outro.

Gente cruel, que não se importa com a dor de ninguém, só com o próprio prazer.

Destruidores de famílias, de sonhos, de inocências...

Então, nada é errado, se te faz feliz?

É errado, sim! Isso e muito mais.

No tempo do relativismo, o argumento de que depende tem sido a ruína de uma civilização que se contenta em ter muito e ser bem pouco.

E assim, sem reconhecer os próprios erros, sem assumir responsabilidades, sem evolução caminham muitos, deixando muitos rastros de dor.

“Vamos celebrar a estupidez humana” enquanto a maior de todas as guerras, que é a falta de coragem para amar, é vencida pela ambição, pela solidão e pela desilusão!