Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Chic&Choc

ACESSIBILIDADE: A A A A
Fabiana Silbor 15/11/2015
Fabiana Silbor
fabianasilbor@gmail.com
Chic&Choc por Fabiana Silbor

Bem vindo!
Bem vinda.

Olá 15 de novembro.
Antes você era um marco esperado.
Agora é fato consagrado.
De tudo que se esperava, ficou a realidade.
Que mesmo assim explícita, é povoada de segredos.
E do que será de ti, só o tempo há de revelar.
Mas, nessa estrada de vieses rasos, que lhe tiram tudo, o bem feito, ninguém vai apagar.

 

 

Uma voz para ressoar os sonhos.

Duas cidades para encontrar histórias de fé.

Três caminhos para construir mais planos.

Quatro letras para definir.

Cinco superlatividades para encantar os cardápios do dia.

Seis letras para chamar o nome.

Sete baterias de fogos para celebrar o fim do ano.

Oito ou oitenta na conta da emoção.

Nove canções para festejar o coração.

Dez motivos para comprovar o verdadeiro encontro.

Onze jeitinhos de fazer barulhinhos.

Doze bilhetinhos para esconder.

Treze datas para se orgulhar.

Quatorze nos junhos para agradecer.

Quinze, das infinitas razões para se continuar!

 


Toninho Oliveira deixou há tempos de ser só um nome para ser uma marca quando se evidencia a competência na gestão dos bastidores e das interfaces políticas. Muitos têm agradecimentos incontáveis pelos sucessos administrados por esse influente político e especialista. Nesse mês celebra-se o aniversário desse importante profissional que faz parte da história de toda a região. Parabéns e felicidades em seus caminhos.

 

Seja bom.

Faça o bem.

Nutra sua vida pelo que é generoso.

Aprenda a decidir com carinho desinteressado.

 

 

Tenha paciência e compaixão por quem você desconhece.

Mas, sobretudo tenha o dobro de coragem em ser melhor para quem lhe ajuda.

Faça da gratidão seu critério de avaliação.

E renove sua força de vontade para a compreensão.


Lindas Administrandas Mariana, Fabiana e Gabriella. Ao escolherem uma das profissões mais importantes da atualidade, as três se preparam com qualidade para empreender, ocupando importantes iniciativas para o desenvolvimento econômico de Uberaba.

Tenha respeito pelas características individuais.

Jamais faça pouco da dor que o outro diz ter.

Enxergue novos caminhos para continuar as relações.

Transforme suas fraquezas em oportunidades para amadurecer.

 

 

Desista de abandonar, de trair, de mentir, de desprezar.

Prefira permanecer, compartilhar, se mostrar, reconhecer.

Valorize quem investiu em você e acolheu suas inseguranças.

Sentimos a vida roubada quando fazemos escolhas rasas.


Educadora de grande prestígio, Rejane Fernandes, recebe o carinho de amigos e familiares na celebração do seu aniversário. Com uma carreira vocacionada para o desenvolvimento de pessoas, a bonita Professora é, também, referência em estilo com a criação e personalização de ideias de moda. Parabéns!

A melhor diversão é a felicidade autêntica.

O maior tesouro é o olhar que provoca o riso.

Um grande presente é o despertar que nasce do sentimento.

Um motivo capaz é o de se superar para desenvolver merecimentos.

 

 

Seja um construtor.

Edifique!

Ofereça seus valores como matéria prima.

Estar com pessoas é desbravamento.

 
Talentosíssima Ruth Gobbo nos presenteia com a mostra: “Varal de Corpos - Inclusão”. Uma celebração da abolição em balé afro nos palcos do Festival de Inverno de Ouro Preto, MG.  As exposições fazem parte das comemorações culturais do Dia da Consciência Negra e pode ser vista na galeria da Fundação Cultural. Aplausos para a fotógrafa que tem uma história particular de valorização da arte por meio de um olhar plural e contemporâneo.

 

Pense menos nas próprias razões.

Já faliu essa teoria tão pratica de validar só próprios desejos.

Fomos feitos para a união.

A paz e as guerras são as duas faces da comunhão.

 

 

Recomponha sua integridade ao falar de desconhecidos.

Uma história tem sempre muitos lados sentidos.

Evite que o egoísmo conduza seus julgamentos.

Avance além de pequenos argumentos.


Chic e Choc é uma coluna para degustar com tempo. De nuances diversificadas é um projeto, veiculado pelo Jornal de Uberaba com exclusividade, que valoriza a arte, a cultura, o original, o sagrado, sem deixar o profano, o comum, o verdadeiro. A bela Carla Cristina é grande companheira nessa criação ao nos brindar com seu talento na diagramação dessa importante e diferenciada capa. Desejamos grandes realizações, saúde e sempre, sempre mais! Parabéns.

Deixe de lado a pressa se quiser ter certezas.

O que parece incrível, com o tempo pode ser tornar desnecessário.

E vice e versa.

Bem poucas são as conquistas verdadeiras que nascem à primeira vista

 

 

Amor é um tempo longo.

Dentro dessa vitória tem muita história.

Jamais pode denominar assim, o que nasce ou morre da noite para o dia.

 

O verdadeiro espetáculo começa quando o show acaba.

É na rotina dos bastidores que a alma se exibe.

Ter a vida real como palco é para quem aceita um papel nobre.

De ser famoso e idolatrado por quem nos vê sem artifícios.

 

 

A poesia foi feita para dar sabor às palavras.

O verbo é permeável.

Assim têm poetas que fazem trovas doces, outros, amargas.

Mas tem algo que a rima não permite: ser usada como arma contra inocentes.

Quando assim, cedo ou tarde, a inspiração é contaminada de blecautes.

E reside nesse escuro vazio uma certeza, que pode ficar calada, mas é latente.

 

 

As buscas são tão sagradas quanto pessoais.

A diferença está em como os seres perseguem essa escolha.

Ninguém tem o direito de tirar do outro a decisão.

Por isso, o anúncio da preferência é mais bonito quando recheado de solidariedade e gratidão.

 

 

O estranho que cativamos é nossa responsabilidade, também, já dizia o tal príncipe.

Ao sermos dois, permanecendo, ainda, um, mutamos.

Quando desembarcamos no novo, trazemos na bagagem o que fomos, os que foram em nós.

Temos um tanto de graça e desgraça alojado nessa herança.

Porque fica em um pouco do que nos foi oferecido ou negado, no aparte.

Revelar só o lado que nos interessa do passado denigre a criação.

 

Se vestir de bonito para só para encantar é um jeito de enganar.

Nessa hipocrisia procrastinada que valoriza gente mal amada...

As aparências são iscas valorizadas.

Mas só se dá, o que se tem.

E quem com tão pouco se faz, com menos percebe o que o outro traz.

Mesmo que seja a raridade de maior valor!

 

 

E assim... Nascer e viver no interior de um país nos dá raízes distintas das que têm o homem metropolitano. Nem melhores, nem piores, diferentes, apenas. O Ser Caipira é ingênuo, é bondoso, sabe dar valor. Essas características, apesar dos deboches que as consagraram como motivos de piada, em nada, são motivo de vergonha. Ao contrário, são fortalezas das quais se devem orgulhar aqueles que as nutrem.

Viva o domingo! Viva!

Um beijo. Fabiana Silbor.