Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Chic&Choc

ACESSIBILIDADE: A A A A
Fabiana Silbor 20/12/2015
Fabiana Silbor
fabianasilbor@gmail.com
Chic&Choc por Fabiana Silbor

Olá!
Bem vindo.
Bem vinda.
Tum... Tum...
Bate à porta.
Bate o coração.
Bate o bolo.
Bate a consideração...

 

Eu sou uma apaixonada pelo natal

O melhor ganho é esse espírito de união.

Os presépios são lindos, porque bela é toda a família.

Como, também, é adorável a decisão de Maria e José.

Dos dogmas se extrai um conflito tão grande.

Resolvido de maneira, ainda, maior, com a aceitação.

E nasce um menino símbolo de construção.

Nas traduções e parábolas um universo de motivos para amar.

Dobre os joelhos para celebrar o tempo de fé.

Faça de suas orações uma prática na vida.

Reze de maneira que seus atos sejam dignos...

Tanto dos seus pedidos como, também, dos seus agradecimentos.

 

Cuidar para enternecer

Sentir singularidades em ser adorável pelos caminhos, até com o estranho.

Coragem para manter o equilíbrio levando o estandarte da esperança.

Saber que o infinito se resume a sorrisos e corações aquecidos.

Melhor se receber o troco de atos generosos.


Belíssimos Administradores em fase final de formação. Feitas do grande talento terão sucesso e prosperidade. Parabéns a todos os formandos da FACTHUS. Eles merecem celebrações pelos fantásticos resultados. Alegria nesse tempo de realizações. Destaques para o curso com mais estrelas do interior de Minas Gerais.

Linda Michelle Iglesias celebra a formatura com muita emoção. Uma grande especialista em tecnologia da informação que inicia a nova carreira construindo 2016 com o máximo de resultados positivos. Parabéns bonita e mais, sempre!

Hostilidade conduz gente ingrata ao léu

Mas até chegar lá, esse tipo causa muito estrago.

É preciso dizer não a quem danifica.

Quem sempre teve, mas não faz nada pelo próximo.

É gente que passa pela existência usurpando.

Desconhece a prática da gratidão.

Argumenta com fraudes para justificar direito falso.

É inaceitável o culto ao egoísmo. Basta!

Cedo ou tarde, paga-se para a vida e quem nela transita.

Deve-se combater quem abusa, sempre!

 

Além da liberta vontade está como se faz para ser!

Não gosto de obscenidades. Prefiro a palavra que se busca com afinco.

Não gosto de teimosias. Prefiro o uso da faculdade do compreender.

Não gosto de grosserias. Prefiro o dom da amabilidade.

Não gosto de vulgaridades. Prefiro a presença elegante nas escolhas.

Não gosto de mentiras. Prefiro o hábito franco da lealdade.

Não gosto de inconstâncias. Prefiro permanências.

 

Malandragem cara essa escolha de uma vida rasa

A pessoa cresce abonada.

Estuda nas escolas mais caras.

Vai para o exterior.

Recebe formação cultural.

Faz parte da ‘suposta’ nata intelectual, elite.

Se autodenomina um ás, mas na prática...

Como diz o bom mineiro: não consegue fazer um “a” com o copo.

Triste envelhecer de tentativa em tentativa descobrindo o breu lasso.


Bela especialista que constrói importantes progressos acadêmicos, Doutora Heliodora Collaço é Diretora da Faculdade de Talentos Humanos e celebra os excelentes resultados nas aprovações dos alunos em diversos concursos e seletivas. Trabalho de excelência em uma educação de qualidade. Parabéns.

As três são um espetáculo. Débora, Sônia e Karime. Lindíssimas, elas representam a mulher moderna e poderosa que coloca em prática projetos profissionais para o desenvolvimento sustentável! Sucesso a esse trio fantástico.

Valorizar é destino para o entrelaçar

Alegoria que traz o amanhecer para aprender a arte da autenticidade.

Às vezes o caminhante precisa contemplar para enxergar além do brilho.

Enquanto dietas de esperanças constelam a humanidade...

E a cumplicidade é tesouro abandonado na decisão pelo fácil.

Ah, se os detalhes tivessem a grandeza que representam os sentimentos.

 

Que vergonha lapidar para escolher se embrenhar na fofoca

Disseminar mentiras contra outrem que, verdadeiramente, se desconhece...

Deve ser triste estagnar no tempo de se assistir, em parca produção. E reconhecer que de uma obra sonhada ficaram restos mortais feitos de frases incompreensíveis destinadas a uma vingança desleal, em troca de migalhas pervertidas.

E não interessam os elogios externos quando falta admiração por si mesmo dentro do próprio coração.

 

Voar é estar contente consigo próprio. Também isso é paz!

Tornar-se presente.

Essa frase é tão grande!

É para os opositores ao ancorado.

O contrário de quem imita o que poderia ter sido.

Sublime modo de viver.

Prismas deleitados de potente gratidão!


Fantástica Elen Alberto é a celebrada aniversariante desse fim de ano. Linda e amada comemora a data ao lado da família, dos amigos e do amado Thiago Angotti. Grandes realizações e máximas oportunidade para continuar mais e mais feliz! Viva!!! Feliz Aniversário.

Que a imagem da sagrada família traga esperança a todos os corações demonstrando que o amor é e sempre será o melhor presente! Feliz Natal!

A imagem da promiscuidade é um quarteto em dó

Antes fosse uma nota musical, mas é mesmo, só, pena.

Poderia se pensar que é felicidade.

Mas não passa de perfídia disfarçada de patusco.

Que triste reprodução: Falseantes.

Nossa! Confesso: alguns achariam interessante escrever uma ode.

E desmascarar as tramas escusas que a covardia revela.

Deixe o tempo e voz da consciência que soam alto e para sempre.

 

E o resumo poderia ser uma citação em latim: “dura lex, sed lex”

Pais abnegados deveriam, pelo menos, ter como herança nata, sucessores competentes. Todavia, o que se impera é o ditado popular: “Em casa de ferreiro o espeto é de pau”. Enquanto louvores sociais lançam aplausos aos honoráveis, no seio familiar...

Sobrevivendo nas adjacências, coadjuvantes que tiveram cerceados seus direitos de papel principal, espreitam numa fresta de cortina tentando encontrar uma luz que lhes devolva o que nunca será dado. E o palco, cenários de tantos sonhos, torna-se, na realidade, um covil de redenção.

Mas tem um outro viés, que nem sempre, se mostra. Talvez a equidade desabitava a residência. E o ditado “Por fora bela viola, por dentro pão bolorento” seja a cruz no existir do filho pródigo. Vai saber o que estão nos porões.

 

Viva daqueles que deixam o coração giratório

Interrogações e incertezas poderiam acabar devido a um acesso de ternura.

Existe uma perfeição no cuidado que é algo grandioso e agradável.

Que possam desobrigar de despedidas e obrigar novas possibilidades.

Existe poder em uma vida em Gerúndio.

 

Entregas merecem verdades

Daí mais escudos. Renovem os selos sobre o sagrado, avante brasões.

Voltemos a ser nobres, em tese, em requinte saboroso de viver.

Ninguém deve desistir por particularidades temperamentais.

O verdadeiro é intraduzível por palavras. Poetas tentam eternamente em vão...

O tempo é soberano, é preciso intensidade para ter direitos ao amor.

Paixões subitamente inventadas são atos de desespero.

A cada um o que lhe é devido. E a cada cal o pagamento da dívida feita.

 

Superar as adversidades com ganhos é uma manifestação de alegria

O que torna sagrado um bem perdido? O desejo de reaver.

Há tanto prazer nos sentidos na singularidade da bonança.

Ajudai a vencer tempestades, sejais amuleto!

Tornai-se um sonho de verão que permanece aquecendo nos invernos vitais!

 

Viva o domingo!

Viva.

E que você seja o natal.

Que em suas atitudes esteja esse espírito de amor.

Beijos. Fabiana Silbor