Busque em todas as seções:
EDIÇÕES ANTERIORES: anteriores

Chic&Choc

ACESSIBILIDADE: A A A A
Fabiana Silbor 11/08/2013
Fabiana Silbor
fabianasilbor@gmail.com
Bem vindo! Bem vinda!

Domingo de festa. Especialmente para o papai!

Felicidades e grandes realizações a esses homens e até a essas mulheres (que fazem o grande papel de cuidarem sozinhas dos filhos) nessa data que revela essências aprofundadas de uma relação que é para sempre. Cada dia mais, os machos mostram a evolução de um compreender sobre essa tarefa de compartilhar a construção da vida de outra pessoa. Mais do que sustentar, educar e participar das decisões, quem leva esse título por condição genética ou não, tem o desafio de abraçar as novas necessidades da era globalizada e ter um posicionamento responsável na família e no disseminar dessa missão. Parabéns aos verdadeiros nesse caminho!
Teorias vagam prontas. E as fugas apressam os medos para evitar libertações. Os campos de batalhas retalhados de capitalismos ficaram tão apropriados que as armadilhas sempre sedutoras agora se transformaram em proteção. 

Os legítimos da lei
11 de agosto é, ainda, o dia do advogado. E nessa data que celebra a importância desses profissionais no mercado, palmas aos éticos. Temos um grande desafio na consolidação das leis pensadas por mentes brilhantes. E cada vez que amplio minha convivência com os "Doutores da Lei" me surpreendo com as capacidades múltiplas que nascem das argumentações previstas nas brechas que os interesses prospectam nas interfaces dos códigos. É um desértico tempo de idealismos, mas muitos nobres estão nesse ofício que, sem dúvida, é um dos mais bonitos que se pode exercer. Claro que o revés, também, é fato. Dotados de inteligências a serviço de interesses duvidosos e profundos conhecedores das égides da justiça, muitos usam essa sapiência para finalidades escusas. Mas a vida foi, é e será feita de doces e podres. É essa dualidade que nos remete ao benefício maior: o direito a escolha. E essa verdade não tira o mérito daqueles que levantam suas oratórias a favor do exercício nato e sagrado do direito. Mais cedo, ou mais tarde, todos nós aprenderemos a lição: "Dura lex, sed lex".
Mesmos quando um coração queima por respostas, e as dores se enobreceram tanto que a verdade apodrece em outra dimensão, o tempo encontra suas pistas nas ações que deixam rastros impossíveis de disfarçar.


O Professor e Publicitário, Fabiano Oliveira, vai revelar dicas e técnicas para o aproveitamento de todo o potencial da fotografia. “Olhares Digitais” é o curso que a Livraria Alternativa está promovendo a partir deste mês e traz a oportunidade de aprendizado com esse grande talento que é Fabiano Oliveira. O programa atende a todas as áreas em que a fotografia está presente e inclui um módulo de edição de imagens. Além disso, o Professor Fabiano conta que a formação será finalizada com a 1ª Mostra Fotográfica Alternativa Cultural, que vai apresentar os trabalhos dos alunos. Que bacana!


Kaissor Saad é o nome em cirurgia plástica. Apontado como uma referência em saúde o especialistas brilha cada dia mais. Com uma carreira de sucesso, ele eleva o nome de Uberaba entre as dezenas de pacientes que vem até de outros países em busca de mais bem estar e beleza. Parabéns nessa data especial.


Duas datas para comemorar em família: pai e advogado. Nesse dia as homenagens ao Doutor Guido Bilharinho que há mais de cinco décadas promove o Direito pelo exemplo. Um homem de coragem, que traz na bagagem o conhecimento e a cultura. Escritor consagrado que orgulha os intelectuais de brio. Na foto com ele,  Marcos Bilharinho, Sérgio Bilharinho, Mariana Bilharinho, Ismar Fernandes Pinto e Wendylândia Borges que formam uma equipe de sucesso.


Doutor Luciano Borges Santiago ganha as páginas das mais famosas publicações nacionais com o lançamento do Manual de Aleitamento Materno. O organizador é Presidente do Departamento Científico de Aleitamento Materno da Sociedade Brasileira de Pediatria, e é uma das maiores autoridades sobre o assunto no mundo. Quem tem a honra e o privilégio de conviver com o Doutor Luciano sabe da luta dele em favor da promoção da saúde. Um idealista, um homem de fé que não se curva diante dos desafios e da falta de políticas públicas de incentivo ao crescimento saudável. O pioneiro livro é um marco na construção de uma nova cultura em favor de famílias e bebês. Parabéns. A foto é de Francis Prado.


Muitíssimo bem acompanhado da elegante esposa Sílvia, o empreendedor Marco Mello, prepara bons acontecimentos para comemorar o dia dos pais. Com uma família linda, o Administrador tem muito para celebrar. A frente de projetos importantes para a promoção da educação profissionalizante, o especialista é um homem visionário e com habilidade para uma gestão humanizada e produtiva.  


Papai de primeira viagem, o escritor, professor e advogado François Ramos está comemorando duplamente a data de hoje. E não lhe faltam motivos para isso. Ele e a esposa Leilane Penariol, também formada em Direito, preparam com todo amor a chegada do primogênito (ou da primogênita). Um tempo de realizações e de esperança. Feliz dia dos pais!

Greve e demissões
Existe uma nova ameaça de greve rondando empresas com braços internacionais. Os movimentos reivindicativos amparados pela lei ganham volume nas identidades sindicais mais, também, no viés das forças partidárias nessas organizações. É certo que demissões continuarão e a produtividade sofre interrupções que deságuam na queda dos lucros. Cada lado tem sua defesa pronta, mas a força da decisão da massa sempre supera pressões. A semana promete.
Pessoas que temem sorrisos se assustam com o brilho no olhar. Elas sofrem com a felicidade que o outro constrói com tanta esperança. Donas da moeda mais vil: a inveja, elas dedicam tempo e investimentos para a destruição.

Sem programação
Enquanto nos grandes centros é comum uma programação diversificada e até visitas guiadas partindo de projetos culturais, em Uberaba os museus estão esquecidos. Apesar de algumas ideias baseadas nas construções idealísticas de poucos, os programas para que a população vivencie essa oportunidade permanecem engavetados. Ainda me admiro em ouvir quem viaja ao exterior declamando odes aos recintos que mantém a história em evidência. Temos lindos espaços que poderiam ser trabalhados com diferenciais. Todavia os guerreiros de sempre, que nunca desistem, andam cansados. E não é para menos. Será que teremos um olhar precioso para esse segmento permitindo a verdadeira exploração dos ditos arquitetônicos, naturais, da expressão imemorial?
As pessoas acreditam que suas ficções vão encobrir tantas incapacidades, pensam que vão abençoar as perdas e a amizade dilacerada. Mas, falsidades nunca foram boas companhias.

Números x realidade
O que os números comprovam a realidade condena. Mesmo tendo a maioria dos diplomas dos cursos universitários mais populares no Brasil, as mulheres continuam ganhando menos. É assim no Brasil. É assim em Uberaba. Elas (nós) têm mais pós-graduação. É de novo o IBGE dizendo que estamos na frente, mas ainda, em cargos mais baixos. Já era assim há mais de 10 anos. O mercado é sexista. A cultura idem. Agora as consultorias apontam: o que faltam as mulheres para validarem essa posição? E a constatação mais expressiva é que Elas (nós) não sabem negociar. Mais uma tarefa de casa para quem já tem compromisso de sobra.
Há um milagre que os vilões não destroem: o amor! Esse é meu escudo, meu passaporte, minha resposta.

Faz de conta
Fernando de Noronha está entre as 10 trilhas mais lindas da América do Sul. E tem grupo de turistas desse promissor município de malas prontas para embarcar para o paraíso. Na turma, político envolvido em escândalo da vida privada que ninguém conta em voz alta, mas todo mundo sabe. Na Zebulândia essa prática é mesmo admirável. E o ser humano, também. Com a vida caindo pelos barrancos, lotada de cenas mais dramáticas que a novela Maria do Bairro, o casal segue encenando lua de mel em santuário ecológico. Uai, atire a primeira pedra, quem nunca...
Idealismos sequelados transbordam de uma rede de invenções. E, ultimamente, as mentiras servem tão bem que calam qualquer convicção.

Palhaçada
Algumas repartições públicas estão especialistas na equação de deixar para depois. Amparadas na burocracia real de um sistema falido, muitas abusam dessa tendência e usam a procrastinação para levar o cidadão aos extremos da paciência. Se fosse, apenas, o tempo para conseguir liberação de papeladas, ainda era possível experimentar certa condição de aceitação, mas o retrabalho gerado pelos equívocos nesse contexto é algo inacreditável, até para os padrões brasileiros. Com o tal do "jeitinho brasileiro" funcionando melhor do que nunca, o indivíduo que tem valores fica seguindo um rumo de "Zé ninguém" crônico. Que vergonha de uma massa que reivindica, mas se conforma motivada por um singelo gol. 
Assim me construí: Imune às seduções baratas. Estou protegida dos enredos maltrapilhos. Aprendi a caminhar entre serpentes e reconheço as tentações. Sou alquimista e transformo fragmentos em construções.  Faço dos venenos bons antídotos.  

Esse é o melhor domingo.
Bjxxx Silbor